Últimas

Sexta-Feira, 13 de Fevereiro de 2009, 19h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

INCRA

TRF derruba nova decisão de Julier e solta 14

  Servidores e ex-ocupantes de cargos comissionados no Incra-MT, que tiveram prisão decretada novamente pelo juiz federal Julier Sebastião da Silva, da 1ª Vara da Justiça Federal, serão libertados ainda nesta sexta à noite. Não vão ficar 12 horas detidos. Eles recorreram ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília, e obtiveram habeas corpus deferido pela desembargadora Assufete Magalhães.

   O pedido foi protocolado por Petan Pizza, advogado dos procuradores Anildo Braz do Rosário e Antonio Reginaldo Galdino Delgado e se estendeu aos demais que voltaram para a cadeia nesta sexta pela manhã, entre eles o ex-superintendente regional do órgão João Bosco de Morais. Por telefone, Petan disse ao RDNews que o juiz Julier decretou a prisão dos servidores do Incra porque entendera que o indeferimento de duas liminares pelo TRF da 1ª Região aos pedidos apresentados por Manoel Joaquim da Silva, que reside em Cáceres, e por Ana Carmem Viana Vidal, poderia estender aos demais acusados que tiveram a prisão decretada.

   Com o habeas corpus em seu poder, o advogado estava, às 19h40, no aeroporto internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, aguardando o horário do embarque para Cuiabá. Revelou que o juiz federal já tinha sido comunicado da decisão é que autorizou a libertação dos servidores recolhido em celas na Polinter. "Houve erro de interpretação. Todos serão liberados nesta sexta à noite", assegurou Petan Pizza, para quem os acusados são inocentes das acusações de participação em esquema de fraude em processos de desapropriação de terras.

  Apesar dos acusados negarem, o Ministério Público Federal sustenta que eles estariam envolvidos em seis processos irregulares de desapropriação de terras entre 2004 e 2005, referentes a áreas que totalizavam 7.024,25 hectares. Avaliadas pelo Incra em R$ 14,7 milhões, as terras seriam devolutas, ou seja, pertencentes ao Estado ou à União. Os funcionários são suspeitos de obter vantagem indevida, de estelionato e de formação de quadrilha.

Postar um novo comentário

Comentários (21)

  • Ângela Cristhina de Alencar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Só digo uma coisa..... Este JULIER SEBASTIÃO....É LINDO....UM GATO......BOA SORTE....(além de ter coragem de peitar estes reizinhos-Riva e Bosaipo.

  • Amazon | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Infelizmente os órgãos de controle e o poder judiciário são condescendentes muitas vezes com LADRÕES GRANDES, os pequenos são trucidados, mofam nas cadeias medievais deste país. Os LADRÕES GRANDES são celebrados, ganham pracas de honra ao mérito, subsídios, contratos superfaturados, termos de parceria para sua OSCIP caixa 2, aparecem na mídia como autoridades públicas. Para ilustrar o que digo relato que fiz uma representação no TCU, este tribunal não quis conhecer a minha representação sobre ingerências em comissão de correição, dentro de um certo órgão público, bastante famoso pelos descalabros com a verba pública. Coloquei na representação meu nome completo e CPF, assim mesmo o TCU não quis conhecer. Meu superior Hierárquico já profetizava que eu não conseguiria insurgir contra seus atos arbitrários, me assediou moralmente, ameaçou, mandou os puxas-sacos me amedrontar. Fui ao ministério público e na Policia Federal espero ter mais sorte nestes órgãos. Desta experiência, proporcionada por não me submeter ao abuso de poder de gestores corruptos, ficou a lição pessoas como AVELAR e JULIER são heróis, até dentro dos órgãos de controle existe uma inércia para atuar em casos onde o resultado não é seguro ou incontroverso, querem muitas vezes que quem denuncie leve a confissão do acusado para começa a ação corretiva. Os corruptos estão formados com pós-doutorado em não deixar evidencia de suas irregularidades, mesmo que os recursos sejam dos contribuintes é o cidadão que tem que provar que o gestor aplicou mal a verba, quando o correto seria ele provar que teu boa e regular aplicação do recursos na finalidade planejada, posto que o recursos não é dele, posto que para nós confiarmos a fazenda pública a alguém este tem que firma o juramento de prestar contas dos gastos realizados, pelo menos em tese. Assim admiro servidores como AVELAR e JULEIR pela coragem. Não ganham nada com isso, assim como eu, muito pelo contrário serão alvos de injurias e difamação, os LADRÕES GRANDES ferem os cidadãos de bem atingindo a sua imagem e desqualificado seu trabalho. Os servidores honestos do INCRA/MT sabem o que estou falando. Gostaria que eles denunciassem as irregularidades nos contratos e convênios.

  • EMCA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mas que fora em senhor Julier??!!! O senhor acha que ficar encarcerado e esculachado nessa mídia carniceira é brincadeira?!!

  • Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Valeu Dr Julier, pelo menos o Sr está tentando, o Povo torce por voce, pena que a banda podre ainda está nos vencendo, mas, um dia, venceremos.

  • Marcelo Dantas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muitos idiotas acham que processo não é culpa, só quando transitado em julgado. Vejamos, crime de formação de quadrilha: Alguém investigou, e concluiu que há crime.

    Outro Orgão independente analisa todo o processo, e denuncia acreditando no crime cometido e sua autoria.

    Outro Orgão independente recebe a denuncia, e dá início a ação penal.

    Como que se passa por vários orgãos diferentes e independentes, e todos após analisar o processo, concluem q há crime.

    Há idiotas q enche o pulmão e diz: tem a exceção da verdade, belo comentário heim??????????

    Em alguns orgãos do estado se comentam isso diariamente, NÃO FOI JULGADO AINDA, MERECE TODO NOSSO RESPEITO. voooooote cho mano, voces todos podem ir pro céu.

  • Valdevino Shmdit | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dr parabéns pelo trabalho, não importa o resultado, valeu a tentativa.

    Um dia enviaremos um relatório completo ao Sr sobre algumas irregularidades gravíssimas num setor do governo, é gente grande, é formação de quadrilha, mas o fato está concretizado, e documentado, de fácil apuração, não se intimide pelo amor de DEUS, aguardem...........

  • Otavio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quando é que o conselho da majistratura vai mostrar a este meretissimo que a vontade dele nao é a lei, e que mesmo ele tem que se submeter a lei.

    É bricadeira uma justiça feita desta forma, a vontade ou ao humor de um cidadao.

  • jorge | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Julier, vem ja algum tempo estrapolando em suas decisoes, baseando em alegaçoes,e infelizmente emmotivação polica..

  • Dondomax | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens para o Julier.
    Mas gostaria de fazer uma pergunta para ele.
    Porque ele nao consegue fazer a mesma coisa na Assembleia, no TCE, no governo Maggi, no tribunal de justiça e no MP.
    Porque seu Julier, estes sao fraco nao ~e.

  • francisca Miranda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

Rei do Gado entra numa difícil disputa

mauricao 400 curtinha   O leiloeiro Maurição Tonhá (foto), chamado por muitos de "Rei do Gado", está de volta à disputa eleitoral. O pecuarista com bens avaliados em R$ 19 milhões é candidato pelo DEM a prefeito de Água Boa, muncípio já administrado por ele por dois mandatos. Em...

Ajudando a enterrar CPI do Paletó

luciana zamproni 400 curtinha   O Palácio Alencastro está convicto de que, assim como na primeira votação, o relatório da CPI do Paletó que propõe punição ao prefeito Emanuel e vai ser votado nesta terça, será arquivado pela maioria dos vereadores cuiabanos. O desfalque do...

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.