Últimas

Sexta-Feira, 23 de Novembro de 2007, 18h:43 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EMBATE JURÍDICO

Tribunal cassa o mandato do deputado Fabris

Gilmar Fabris perde cargo de deputado por crime eleitoral   Por unanimidade, o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral acaba de cassar o mandato do deputado licenciado Gilmar Fabris. Todos os seis juizes-membros votaram pela perda do mandato. A juíza Maria Abadia Aguiar havia pedido vistas na sessão de ontem, o que provocou a suspensão do julgamento. O processo foi retomado nesta sexta.

   A vaga de Fabris fica com Wagner Ramos, primeiro suplente da coligação PPS/PFL, que elegeu 10 deputados no pleito do ano passado. Fabris é acusado de ter usado Sandra Rosângela Soares da Silva, moradora de Poxoréo, para comprar votos. Ela ofereceu R$ 25 por voto em favor de Fabris, na campanha do ano passado. Sandra foi presa em sua casa. Na cozinha, dentro de uma caixa de isopor, foi encontrada uma caderneta contendo 99 nomes, números de títulos eleitorais e seções e alguns telefones. Para o MPE, a caderneta foi a prova de que o parlamentar cometeu crime eleitoral gravíssimo.

(Atualização às 19h55) - A cassação de Gilmar Fabris proporciona ao suplente Wagner Ramos, de Tangará da Serra, se efetivar na cadeira de deputado estadual. Ele já atua hoje na Assembléia em lugar de João Malheiros (PR), atual secretário-chefe da Casa Civil.

(Atualização às 19h08) - O relatório do juiz-membro do TRE, Antonio Horácio da Silva, foi contundente em defesa da cassação do mandato de Fabris por compra de votos na campanha de 2006. Eis abaixo os juizes-membros que votaram pela cassação de Gilmar Fabris:
Antonio Horário da Silva
Maria Abadia Pereira de Souza Aguiar
Renato Cesar Vianna Gomes
Leônidas Duarte Monteiro
Alexandre Elias Filho
Adverci Rates Mendes de Abreu

(Atualização às 19h20)Fabris sai de vez na próxima semana

A perda do mandato de Gilmar Fabris é de imediato, assim como aconteceu com o deputado federal Pedro Henry e com a estadual Chica Nunes, cassados na sessão nesta quinta. O TRE revela que deve demorar 3 dias úteis para publicar o acórdão. Em seguida, fará o comunicado à Mesa Diretora da Assembléia sobre a cassação de Fabris. Isso deve ocorrer na próxima semana. Depois, o suplente Wagner Ramos já se efetivará no cargo. Fabris já está licenciado, pela terceira vez. Dessa forma, nem precisa ir à Assembléia limpar as gavetas. Dará adeus à distância. Mesmo que seus advogados recorram ao TSE, não tem efeito suspensivo, ou seja, continua fora do cargo.

(Atualização  às 19h38) - Satélite fica na 1ª suplência

A perda do mandato de Gilmar Fabris, que teve 20.057 votos, conduz  o terceiro suplente Pedro Satélite, derrotado à reeleição no ano passado, à condição de primeiro suplente. Ocorre que Wagner Ramos agora se efetiva na vaga de Fabris e o segundo suplente Roberto França continua deputado não mais na cadeira do parlamentar cassado, mas de João Malheiros, que está licenciado. Dessa forma, Satélite, que teve 19.452 votos, fica na expectativa de um rodízio para voltar à Assembléia.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • SILVIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUE FINAL DE SEMANA MAIS ALEGRE E FELIZ PARA OS CIDADÃOS MATOGROSSENSES, A JUSTIÇA ESTA SENDO APLICADA COM O RIGOR DA LEI.

    ATÉ AGORA O TRE-MT ESTA DANDO EXEMPLO AO BRASIL.

    JA DISSE ANTES NÃO EXISTE ESPAÇO PARA OS POLITICOS CORRUPTOS E A COMPRA DE VOTOS.

    A DEMOCRACIA GANHOU MAIS UMA VEZ HOJE, VIVA O TRE-MT

  • Anabella Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até que enfim parece que os juizes do Tribunal Regional Eleitoral acordaram para a vida. Quem sabe agora começa a caça as bruxas eacaba com essa vergonha de compra de votos. Será que não tem como julgar logo os processos contra Bosaipo e evitar que ele se torne vitalício do TCE?
    Em tempo ... se o MPE tivesse feito uma visitinha aqui na Chapada no dia das eleições iria ver o que é compra de votos. Ah! a melhor compradora e que pagou votos mais caro aqui a propósito foi a Chica Nunes, muito bem assessorada pela Professora Mabel...

  • Phelipe | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O resultado deste julgamento e o de ontem cassando no total o mandato de 3 deputados só mostra que a cada dia, a justiça vem sendo feita nesse país e neste caso em MT. E que irregularidades políticas não estão ficando mais sem consequências.

  • Phelipe | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O resultado deste julgamento e o de ontem cassando no total o mandato de 3 deputados só mostra que a cada dia, a justiça vem sendo feita nesse país e neste caso em MT. E que irregularidades políticas não estão ficando mais sem consequências.

  • Jeovaldo Rosa de Magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tai uma boa medida, o cara já não trabalhava mesmo e ainda por cima recebendo, tudo que era de direito, e "Veja Bem" e o que não era de direito. Mais para uma coisa serviu os outros tres se redimiram perante a sociedade. Esses Juizes estão de parabens, o POVÂO merece ficar com a alma lavada, chega de corrupto, gora só falta a eleição do ano que vem, e o povo reagir e eliminar os outros corruptos que ainda ficarão. Sujando o nome de Mato Grosso. Que esse povo "politicalhada" fique por muito tempo sem poder se eleger denovo. Fui....

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A sociedade começa a respirar justiça, parabéns Ministério Público Federal, TRE e Lei 9480 de iniciativa popular. Valeu Juiza Maria Abadia e Renato Viana. Esperamos que o TC também cumpra com sua missão, Bosaipo não, e muitos que la estão também não. Nobres parlamentares da AL-MT vamos aproveitar os bons áres de Justiça e tomar providências referente aos R$ 65 Milhões desviados dos cofres da AL pelos Dep. Riva e Bosaipo.

  • Eduardo De Lamonica Freire | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    As decisões da Justiça Eleitoral- fidelidade partidária e, sobretudo, estas de ontem e de hoje, ditadas pelo TSE e pelo nosso TRE, respectivamente-começam a fazer brotar no coração do brasileiro uma grande esperança de abertura de novos caminhos na Polítia, pela trilha da Ética e do respeito à Democracia. Há uma ótima sensação de que algo bom e novo paira sobre esta Nação, apesar dos atuais políticos.

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Democracia está em festa pelo TRE-MT mostrar ao povo que há segurança no direito basta de impunidade,agradeço a Deus e os ilustres magistrados porque as próximas eleições serão limpas e finalmente o bem venceu o mal,como deve está sorrindo Rui Barbosa lá no céu.terei um dos melhores finais de semana da minha vida pois sei que o meu sono será embalado pela fé nas leis do meu Brasil que tanto amo.

  • Suenir C Martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até que enfim vamo começar a ver algo a ser feito, já chega de Renan e tantos outros. Precisava era fazer um limpa também no senado. Tenho uma pagina na internet o www.altogarcas.com e la tem a frase da semana, e toda semana pego pelas calças esses corruptos filhos da P.. que só rouba o povo e não faz nada pelo nosso Brasil. Acorda Brasil vamos colocar um basta nisso. Parabém para os juizes do TRE.

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Uma homenagem ao TRE ao MPE do mais humilde funcinario ao mais alto posto:
    OUVIRAM DO IPIRANGA AS MARGEM PLÁCIDAS
    DE UM POVO HERÓICO O BRADO RETUMBANTE
    E O SOL DA LIBERDADE,EM RAIOS FÚLGIDOS
    BRILHOU NO CÉU DA PATRIA NESSEINISTANTE ........




Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...