Últimas

Quinta-Feira, 01 de Novembro de 2007, 08h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CONVENÇÃO DO PR

Trio faz barulho e já incomoda Sachetti e Maggi

   Os deputados Zé Carlos do Pátio (PMDB), Percival Muniz (PPS) e Rogério Salles (PSDB) se transformaram no trio do barulho, estão infernizando a administração de Adilton Sachetti (PR) e ainda trazem ruídos aos ouvidos do governador Blairo Maggi, principal aliado do prefeito rondonopolitano. Eles anteciparam a sucessão municipal e, por interesse puramente eleitoreiro, começaram a "detonar" o governo Maggi. A estratégia e fechar o cerco na Assembléia e tirar proveito político em Rondonópolis.

    Pátio e Muniz tentam se juntar com o ex-governador Salles (2002) para formação da tríplice aliança. A tendência é que o peemedebista seja o candidato do grupo a prefeito da cidade-pólo da região Sul. De um dos principais aliados de Sachetti e de Maggi, Muniz se tornou oposição ferrenha. Na Assembléia, defende até criação de CPI para apurar as razões do tamanho volume de concessão de incentivos fiscais às empresas. Antes, quando Maggi estava no PPS, Muniz não via defeitos no governo. Agora, na opinião dele, trata-se de uma administração que mudou o rumo e está decepcionante. Usa o mesmo argumento em relação ao ex-colega de partido, Adilton Sachetti.

   Pátio sempre teve posição mais dura em relação à turma da botina, tanto que não apoiou à reeleição de Maggi no ano passado, mesmo o seu PMDB estando na chapa majoritário com o vice Silval Barbosa. O deputado é outro que ataca o governo. Salles, mas cauteloso, começa a comprar o discurso dos dois opositores, em que pese a amizade com Maggi e Sachetti.

   As eleições municipais tendem a ser empolgante e acirrada na maioria dos 141 municípios mato-grossenses, mas a de Rondonópolis, onde reside o governador Maggi, reserva um capítulo a parte. O resultado terá influência na sucessão de 2010.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Marcio C. do Nascimento | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O prefeito ditador Adilton Sachetti não deverá ser o candidato a prefeito de Roo pelo PR devido a sua grande rejeição que chega a ser a segunda rejeição maior do estado segundo as pesquisas ficando atrás apenas de Chaparral de Barra do Garças, o prefeito dos ricos Adilton Sachetti está pagando o preço pela sua arrogância, estão comentando aqui em Roo que o candidato da soja deverá ser Welinton Fagundes.

  • maria antonieta | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vocês não sabem quem é Adilton Sachet..Esse homem e a turma da botina acham que governar é com arrogância,prepotência.Nós os nativos somos burros preguiçosos,eles acham que tem a solução para os problemas da cidade.Os sulistas só cuidam dos interesses de outros sulistas.O Blairo faz a mesma coisa no governo do EstaDO..governa para ele mesmo e para os interesses dos amigos.A gente de bem de rondonópolis quer que verdadeiros matogrossenses,ou pessoas que pensem em toda a população,governem o estado e o municipio.Vocês verão os resultados das urnas.É pena que teremos que perder alguns anos para recuperar o estrago feito por essa turma.Um exemplo é o que vimos ontem denunciado nesse blog a farra com recursos do estado quando custeamos as despesas do governador e executivos do grupo nas andanças aéreas.E a farra com incentivos fiscais,e a SEMA que só serve para atender interesses deles.A saúde um ~´aos.E a educação que embora Verinha e Ságuas tenham boas intenções irão sair arrebentados dessa administração....E os Sachet que estavam falidos,depois que um foi para o DETRAN,orgão que deixou depois de alguns anos administrando,acabado,envolto em milhares de irregularidades,e o outro assumiu a nossa prefeitura,estão novamente em boa situ~ção financeira.que venha a triplice aliança para salvar o nosso municipio

  • Valmor Mangabeira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu sou favorável que os três se unam mesmo para derrotar esse Sacheti que subiu o iptu em 100% e a água em 70.74% e não fez uma obra com o dinheiro arrecadado no município porque todo mundo sabe que as obras feitas aqui são de recursos federal e estadual, aí eu pergunto para onde está indo todo este dinheiro arrecadado com este aumento.

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Apesar de não morar na querida Rondonópolis,acredito que o dep.José Carlos do Pátio têm muito mais a faZer por esta cidade que barulho,basta ver a sua firme e intransigente atuação no legislativo estadual em defesa dos interesses maiores do povo.Tive com este parlamentar idealista um breve contato quando numa madrugada estávamos em busca de tratamento médico no hospital São Mateus aqui em Cuiaba,duas coisas me causaram admiração:
    -A primeira é que ele como poucos políticos olha nos olhos do povo e aceita críticas voltadas para um Estado melhor,mais justo e igualitário para todos os natos e os que aqui chegaram em busca de sonhos
    -A segunda que apesar do adiantado da hora estava já pronto para ir cumprir o seu papel de legislador,pois sabia que como membro de uma importante comissão a sua presença era importante para debater com os seus pares assuntos de extrema importância para a sociedade naquela semana.
    Pelos dois exemplos acima que acredito que este homem público de exemplar conduta será um prefeito a altura do povo ordeiro de Rondonópolis.

  • Carlos Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso é verdade, na época do Percival a água era baratinha e o IPTU também.. E ele ainda conseguiu fazer muitas obras, apesar do governo Dante não ter ajudado a cidade.. 90% das obras feitas em Rondonópolis são dinheiro do estado e do governo federal.. Esse Sachetti vai tomar é uma taca bonita na próxima eleição! Que a triplice aliança se una e faça com que Rondonópolis volte ao período de prosperidade dos bons tempos de Percival Muniz.

  • silvio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é ano eleitoral, quem era aliado vira oposição, quem apoiava vira acusador, quem estava quetinho vira a voz da verdade, TUDO ISSO É PODER, CADA QUAL USA A ARMA QUE TEM.
    O POVO VAI SABER ENTENDER TUDO ISSO.
    MAS SE UM POLITCO É TÃO RUIM ASSIM, ENTENDO QUE NÃO PRECISA UNIÃO DE FORÇAS PRA DERROTA-LO. OU É AO CONTRÁRIO, O MOÇO É BOM DEMAIS.

    RONDONOPOLIS TEM GENTE SUFICIENTEMENTE CAPAZ DE TOMAR ESTA DESCISÃO.

    ISSO FAZ PARTE DA DEMOCRACIA. INCLUSIVE O VOTO CONSCIENTE

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que tripice aliança é essa com Dois Partidos PMDB e PPS que são os Partidos dos Movimentos demagogos do Brasil e Partido do percival sozinho , o Rogerio e o PSDB naum entrou e nem vai entra nesse barco pois ele sabbe que afunda

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...