Últimas

Terça-Feira, 22 de Janeiro de 2008, 09h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VARIEDADES

TRT limita jornada de trabalho do caminhoneiro

     Os caminhoneiros terão de trabalhar somente 8 horas por dia e 44 horas por semana. A determinação é do juiz Ângelo Henrique Peres Cestari, da 1ª Vara do Trabalho de Rondonópolis. Mas a decisão que visa combater o excesso da jornada de trabalho e o uso de drogas gera resistência entre os próprios caminhoneiros e proprietários de transportadoras. Eles argumentam que poderão perder oportunidades de trabalho por demorarem a entregar cargas.

     A mudança prevê a identificação dos discos do tacógrafo dos caminhões com a placa do veículo, data e nome do motorista. O controle da jornada caberá  às empresas, que deverão arquivar as fichas com os horários por cinco anos. O desrespeito à regra resultará em multa de R$ 1 mil por cada motorista irregular e por cada mês em que não for adotado o sistema de fiscalização. Uma pesquisa do Ministério Público do Trabalho aponta que caminhões estão envolvidos em 70% dos acidentes nas rodovias do país. (Simone Alves)

     Clique no play e confira a reportagem.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • ivan medis | Domingo, 29 de Julho de 2012, 18h11
    0
    0

    ivan medis, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • clemente | Quinta-Feira, 21 de Junho de 2012, 13h58
    0
    0

    quem esta tentando com que os motoristas rodo somente 8 horas logo logo vai ter dinheiro e não vai ter o que comer, é um abesurdo oque estão querendo fazer, pagamos os impostos mais caros do mundo pedagio que é um robo não temos estrutra nas rodovisa para estacionar e ter um pouco de paz, se vc parar é roubado por ladrão ou multado por guardas que resebe orde dos governos pra multar e arecadar mais dinheiro paras politicos ter onde pegar, temos que fazer uma greve de 30 dias e parar tudo dai vamos ver quem sustenta este paiz, nos que não temos valor nem hum,

  • Evandro Aldir Mittanck | Sexta-Feira, 15 de Junho de 2012, 16h08
    1
    0

    O que talvez não tenham se dado conta com a aprovação desta nova lei é que o país não possui estrutura para que se cumpra essa Lei. Antes de aprovarem a Lei, algum Magistrado ou Parlamentar, pelo menos teve o capricho de fazer uma pesquisa de Campo? Acredito que não. Hoje não há Locais o suficiente (Postos ou Estacionamentos) para comportar tantos caminhões parados. Hoje sem o controle de Horário já é um caos conseguir um lugarzinho para o motorista poder descansar (falo isso, porque meu pai é Caminhoneiro e realizei muitas viagens com ele, e senti na pele a dificuldade), imagina só os motoristas poderem viajar apenas 8 horas diárias. Vai ter caminhão parado até nos acostamentos. Acredito que quem elaborou a lei e quem aprovou, nunca tenho rodado pelas estradas brasileiras para ter uma noção, andam sempre de automóveis, aviões, helicópteros. Poderiam realizar estes controles de formas diferentes. Gostaria apenas que algum dia, antes de se tomarem decisões desse porte, os que tem poderes, apenas pesquisassem mais, se aprofundassem mais na situação atual antes de colocar alguns absurdos no papel para que os outros fiquem cumprindo.

  • geni zanettin | Sábado, 02 de Junho de 2012, 13h52
    0
    0

    o governo cria as regras,obriga a obedecê-la e não oferece condiçoes,só aumenta a arrecadaçao, sugando de quem trabalha,com esse horario vai ter motorista morrendo de fome. vão fazer uma viagem por semana vão ter que procurar outro emprego quer ver tatos desempregados por ai e os donos de caminhãoes vão ter que negocias com os bancos porque não vao dar conta de pagar as prestação acho que vem uma crise por aaaaiiii ai quero ver.........

França, a gritaria e as contradições

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto) sempre fez campanha eleitoral na gritaria. É daqueles populistas que fazem cara feia, falam alto e batem na mesa para tentar assustar e intimidar adversários e posar para o eleitor como "cabra macho", "valente" e acima de qualquer suspeita. Foi assim que se elegeu e se...

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...