Últimas

Sábado, 23 de Fevereiro de 2008, 22h:22 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

ARTICULAÇÃO

Tucanato lança Salles a prefeito de Rondonópolis

   Em reunião neste sábado, em Rondonópolis, com a presença do presidente estadual do PSDB, prefeito cuiabano Wilson Santos, Rogério Salles assumiu a condição de pré-candidato do tucanato à sucessão do prefeito Adilton Sachetti (PR). Admitiu, porém, que está disposto a fazer uma composição, seja com o PMDB do pré-candidato Zé do Pátio, seja com o PPS do deputado Percival Muniz, que ensaia candidatura à sucessão municipal.

   O curioso é que Salles anunciou que não aceita que o seu PSDB venha apoiar à reeleição de Sachetti. No pleito de 2004, o ex-prefeito (94/96) e ex-governador (2002) foi o primeiro a subir no palanque de Sachetti. Por conta disso, acabou até se indispondo com a cúpula regional. Agora, Salles quer distância da atual administração. Tomou o mesmo rumo do ex-prefeito Muniz, que ajudou a eleger Sachetti e virou opositor ferrenho. As intrigas respingam no governador Blairo Maggi, principal aliado de Sachetti.

   Santos fez discurso inflamado em defesa da candidatura de Salles, para quem é humilde e até hoje tem bom conceito de administração, principalmente junto ao funcionalismo. "O Rogério Salles tem serviços prestados. É respeitado, eficiente e honesto e representa um fato novo", destacou o presidente da legenda tucana durante a reunião, que motivou a presença dos peemedebistas Zé do Pátio e Carlos Bezerra. Segundo Santos, o plano A do PSDB em Rondonópolis é concorrer com Salles. Uma segunda opção seria uma tríplice aliança, se juntando ao PMDB e PPS.

     O tucano avalia que o pleito em Rondonópolis, terceiro maior colégio eleitoral do Estado, vai ser difícil. "A tendência é ser muito disputada e espero que não aconteça derramamento de dinheiro como na eleição passada", afirma Wilson Santos, numa insinuação à campanha vitoriosa de Sachetti, que agora pretende concorrer à reeleição.

   Esta pode ser a primeira vez que Salles concorrerá como cabeça de chapa. As duas vezes em que chegou ao poder, foram como vice. Primeiro, se elegeu vice do então prefeito Carlos Bezerra, em 92. Como Bezerra ganhou para o Senado, Salles conclui o mandato de prefeito. Em 99, Salles conquista a cadeira de vice-governador quando Dante de Oliveira garantiu a reeleição. Em 2002, o titular renuncia ao mandato para tentar, sem êxito, uma vaga no Senado e Salles, então, termina os últimos oito meses do mandato.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Valdir | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Povo de Rondonópolis a "Gestão" de um tucano em Cuiabá deve servir de exemplo prá vocês. Aqui em três anos e pouco no poder, o prefeito Wilson Santos conseguiu comprometer desastrosamente o desenvolvimento da capital em 20 anos. A única obra que saiu do papel foi a reforma da beira-rio e graças ao governo Blairo Maggi. Atualmente o prefeito prega que o dinheiro dessa obra saiu do IPTU. MENTIRA !!! Aliás, esse é um ponto forte do atual prefeito, mentir. O dinheiro do IPTU foi pago ao Zezé de Camargo e Luciano para fazer um show no Pedra 90.
    Larga a mão desse povo. Já mamaram demais no poder. Ah, a dívida de R$ 5 bilhões do estado de MT foi construída ao longo de 8 anos da gestão tucana... lembram do Dante de Oliveira !?!? Que Deus o perdoe, porém a dívida, além de não termos como saber onde foi investido o dinheiro, teremos que pagar através de impostos.

  • José Peixoto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    POR FAVOR TUCANOS ROGÉRIO SALLES NÃO. JA BASTA A "AJUDA" DE AMIGO DA ONÇA QUE ELE DEU NA ELEIÇÃO DO ANTERO COM SEU CUMPADRE BLAIRO AMAGGI. TEM ALGO DE PODRE NO REINO DA CIDADE RAINHA DO ALGODÃO PORQUE ROGÉRIO SALLES É UNHA E CARNE DE SACHETTI OU O PREFEITO DEIXOU DE LHE FAZER ALGUMA CONCESSÃO EM SEU ROGÉRIO. Ô PSDB TENHA DÓ É PREFERIVEL APOIAR ZÉ DO PÁTIO, TEM MAIS VONTADE O ROGÉRIO PARECE ESTAR SEMPRE DORMINDO, VIDE A ROUBALHEIRA QUE FOI NA SINFRA NO SEU PERIODO DE MANDATO SOBROU ATÉ PARA O DANTE, MAS NA VERDADE A CAIXA PRETA É NA GESTÃO DE ROGÉRIO, MAIS UMA VEZ ESTAVA DORMINDO OU "BEM ACORDADO" E ACEITOU AS MAZELAS

  • Milton Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eleitores Rondonopolitanos, Blairo náo vai querer deixar o Zé Carlos (Zé do Pátio), levar essa de graça nao!, O Saquetti nao tem cacife para enfrentar o Zé do Pátio, nunca!, de qualquer forma o Zé Carlos será Prefeito, mas o ex Governador e ex Prefeito, jamais entraria no páreo se nao tivesse o apoio do amigo Blairo, aí tem...! tipo, Rogério se lance...se Voce crescer nas pesquisas, vamos te apoiar!, tá evidenciando uma coligaçao PR e PSDB em Rondonopolis, só basta decidir quem seá vice de quem.

  • valmir molina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Queria dizer a este tal valdir,que não se assume,que o governo tucano de cuiabá vem transformando-a em um lugar prazeiroso para se viver.Com obras de revitalização de bens públicos esquecidos,com o pagamento dos salários dos funcionários em dia,com a valorização dos professores(cada um ganhando inclusive um computador),com a realização de eventos que ressaltam a nossa cultura(festival de cururu e siriri),realização de concurso público,cursinho comunitário(que possibilita a concorrência de igual para igual entre o filho do rico e do trabalhador) e outrs pontos positivos,o governo tucano demonstra claramente que está a serviço da sociedade cuiabana.

  • luiz artur | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Disse tudo molina,.,.
    esse é o jeito tucano de governar,....
    parabéns Wilson...continue assim...
    abraços

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...