Últimas

Terça-Feira, 07 de Agosto de 2007, 19h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

SABATINA

Tucano queria que Pagot devolvesse R$ 428 mil

    Na avaliação do senador Mário Couto (PSDB), a  aprovação do nome do economista Luiz Antônio Pagot para o DNIT prejudica ainda mais a já "chamuscada" imagem do Senado. Como principal porta voz do PSDB na sabatina, Couto reclamou diversas vezes pelo suposto desrespeito à Lei 8112/90, que impede que servidores públicos sejam sócios ou trabalhem em empresas privadas.

    O caso aconteceu com Pagot entre 95 e 2002, quando foi assessor do senador Jonas Pinheiro (DEM) e superintendente de uma das empresas do Grupo Amaggi, a Hermasa. "Ou o Secretário dos Recursos Humanos do Senado está mentindo ou ele (Pagot)", exclamou Couto. A única coisa que pedi foi um documento comprovando que ele avisou o Senado sobre seus dois empregos, e ele não tem", criticou. Para Couto, num momento em que se investiga até mesmo o presidente do senado Renan Calheiros (PMDB-AL), o mínimo a se fazer para manter a imagem da instituição seria uma devassa nas irregularidades apontadas contra Pagot.

    "O PSDB mostrou sua posição, não compactuou (com a aprovação), alguém terá que responder por isso", disse. O senador ainda questionou o fato de Pagot ter recebido R$ 428 mil durante o período que foi assessor de Jonas Pinheiro "sem ter sequer uma falta". "Quero saber se vai devolver esse dinheiro para os cofres públicos?", indagou.

 Defesa

   Com tranquilidade, Pagot alegou ter prestado diversos serviços para o senador Jonas Pinheiro entre 95 e 2002, principalmente serviços de campo. "O senador naquele momento quis se lançar como liderança nacional, e eu o inserí em diversos fóruns ligados à questão ambiental, à agricultura e agropecuária". Pagot ainda revelou que as folhas que constavam em seu currículo, atestando a duplicidade de empregos, foi enviada ao Ministério dos Transportes, mas não foi repassada "curiosamente" à comissão de Infra-estrutura.

     Também garantiu que preencheu os formulários do Senado referentes à sua duplicidade de empregos, além de constar os rendimentos de maneira transparente no imposto de renda. "Se não tivesse feito isso eu teria sido demitido pela comissão que analisa a duplicidade dos empregos", conclui. (Severino Motta, de Brasília - especial para RDNews)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

PEC da Previdência na pauta nesta 5ª

dilmar dal bosco 400 curtinha   A polêmica e controversa PEC da Previdência, apresentada pelo governador Mauro, deve ser apreciada nesta quinta, em primeira votação, pelos deputados. O Executivo conseguiu os votos mínimos necessários para conseguir aprovação. Deputados da oposição...

Caminho bem consolidado à reeleição

leonardo 400 curtinha   Dos prefeitos que podem ir à reeleição de cidades pólos, o que encontra situação mais confortável é Leonardo Bortolini, o Léo (foto), de Primavera do Leste. Bem articulado e habilidoso politicamente e com uma relação extensa de obras e...

PSDB e balão de ensaio para prefeito

paulo borges 400 curtinha   Bastante enfraquecido e fragilizado, após perda do comando do Executivo estadual e de quadro de filiados, o PSDB anuncia que terá candidato a prefeito de Cuiabá. E até lista três "prefeitáveis", sendo eles os empresários Luiz Carlos Nigro e Dorileo Leal, além do...

Grupo de Fabinho ávido pelo poder

fabio tardin 400 vereador   Uma ala do DEM de Várzea Grande, que se sente excluída do Paço Couto Magalhães, está torcendo pela cassação da prefeita Lucimar e do vice Hazama. O placar do julgamento no TSE está em 2 a 1 pela manutenção do mandato. Esse bloco anti-Lucimar é...

Vereadores oficializam 2 férias por ano

emerson 400 alta floresta curtinha   Os vereadores de Alta Floresta, no Nortão, aproveitaram este período de pandemia, com as atividades presenciais suspensas, para garantir dois períodos de "férias" por ano. Em decisão desta segunda, a Câmara Municipal, presidida por Emerson Sais Machado (foto), alterou o...

Comissão da Câmara sob efeito-Covid

renivaldo 400 curtinha   Em meio às discussões sobre transparência e compras emergenciais de medicamento, insumos e equipamentos às unidades de saúde, na luta contra a pandemia da Covid-19, a Câmara de Cuiabá criou uma Comissão Especial, composta por três vereadores. Tem a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Até dezembro, o IFMT terá eleição para Reitoria. Quem você acha que será eleito dos candidatos abaixos?

Deiver Alessandro

Julio Santos

Nenhum deles

Não tenho ideia

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.