Últimas

Quinta-Feira, 05 de Novembro de 2009, 07h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

INSTITUTO MARK

Tucano Santos "bate" Jayme e Silval em Tangará da Serra

   O prefeito de Cuiabá Wilson Santos (PSDB) a corrida à disputa a governador em Tangará da Serra, apesar de, em alguns cenários, aparecer empatado tecnicamente com o senador licenciado Jayme Campos (DEM). Segundo o levantamento do instituto Mark, o tucano aparece com percentuais que variam de 25% a 45% das intenções de voto, dependendo dos adversários. Jayme apresenta índices entre 24% a 30%.

   Numa simulação com quatro possíveis candidatos ao Palácio Paiaguás (Santos, Jayme, Silval Barbosa e Mauro Mendes), o nome do prefeito cuiabano aparece em primeiro lugar, com 29,3% (confira na estimulada 1). O vice-governador Silval Barbosa (PMDB) tem 16,1% e o empresário Mauro Mendes (PSB) é citado por 4,8% dos entrevistados. A margem de erro é de 5% para mais ou para menos.

   Numa eventual disputa entre Santos, Jayme e Silval, o tucano também mantém liderança, com 34,5%, seguido do democrata, que detém 25,7% (cenário 2). Na lanterna figura o nome de Silval, com 14,9%. Se Santos concorresse com Silval e Mendes, ele também levaria vantagem sobre o peemedebista: 39,8% a 16,5%. (quadro 3).

   Caso a disputa no segundo turno da eleição ao governo em Tangará da Serra fosse travada entre Santos e Silval, o prefeito cuiabano teria 43,4%, enquanto o peemedebista ficaria com 17,3% (estimulada 4). Num virtual embate entre Santos e Jayme Campos, o placar favorável ao tucano seria de 41% a 28,1% (quadro 5)

   Entre Santos e Mendes, a exemplo do que ocorreu na disputa pela Prefeitura de Cuiabá em 2008, o tucano levaria vantagem: 45,8% a 10,4% (estimulada 6). Se Jayme concorresse no segundo turno contra Silval, teria 30,5% das intenções de voto, enquanto o peemedebista ficaria com 21,7% (cenário 7). Já na disputa com Mauro Mendes, Silval levaria vantagem: 25,7% a 13,3% (estimulada 8). Numa eventual entre Jayme e Mauro Mendes, o democrata venceria por 31,3% a 13,3% (quadro 9).

   As pesquisas estimuladas foram feitas no último sábado (31), com 249 entrevistas. Percorreram 37 bairros, sendo eles centro, Vila Nazaré, Santa Izabel, Parque das Nações, Vila Esmeralda, Jardim dos Ipês e Presidente, Vilas Alta e Horizonte, Jardim do Lago, Monte Líbano, Rio Preto, Dona Júlia, Jardim América, Vila Olímpica, Alto do Boa Vista, Tapirapuã, Jardim Paraíso, Vila Goiás, Jardim São Paulo e Maringá, Santa Lúcia, Jardim Paulista, Alto Alegre, Shangrilá, Vila Londrina, Parque das Mansões, Nossa Senhora Aparecida, Califórnia, Jardim Atlântico, Santa Marta, San Diego, Cohabinha, Tangará II, Araputanga, Tangará I e Vila Progresso. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • edson figueiredo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    cáceres, cuiabá, várzea grande, rondonópolis, e agora tangará. é, há menos de um ano para as eleições está ficando claro que a candidatura wilson santos está ganhando todo o interior do estado, pois aqui na baixada é wilson na cabeça para mudar mato grosso, implantar um estilo de desenvolvimento com forte inserção social, com respeito ao meio ambiente, com infraestrutura voltada para a redução dos bolsões de pobreza no estado, enfim, o povo tá querendo algo novo, um governo voltado para pessoas, quer dar um fim ao governo de negócios, voltado para mercados e para acumulação de riqueza da elite agrária.

  • Zé Betio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK !!!!!!!!!!! KKKKK

  • Hélio Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O meu povo de Tangara ainda não acordou para a verdadeira realidade, ou deixou de ler os principais jornais do estado, ou faz muito tempo que não da um pulinho em Cuiabá para ver o caus que se encontra as obras e a Saude que o atual prefeito prometeu e não cumpriu.

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...