Últimas

Sexta-Feira, 20 de Fevereiro de 2009, 18h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CARNAVAL

Túlio impede palco paralelo montado por Henry


Prefeito de Cáceres, Túlio Fontes, em seu gabinete nesta 6ª

  Em meio à disputa por popularidade na realização do carnaval, o prefeito de Cáceres (a 210 km a Oeste de Cuiabá), Túlio Fontes (DEM), impediu o que chama de administração paralela dos irmãos Ricardo e Pedro Henry, ex-prefeito e deputado federal, respectivamente. A prefeitura montou estrutura para sediar a festa do Rei Momo. Contratou por R$ 50 mil a banda Swing, da Bahia, com 17 componentes, e também a Conexão, de Cáceres, para animar cinco noites de carnaval e duas matinês.

   Havia promessa, não formalizada, do deputado Henry de contratar cinco bandas para animar o carnaval alternadamente entre Cáceres, Chapada dos Guimarães e Araputanga. O parlamentar anunciou uma emenda junto ao Orçamento-Geral da União de R$ 1 milhão para investimentos no carnaval. Tanto Pedro Henry quanto o ex-prefeito Ricardo fizeram chamamento à população, pela TV Descalvados (afiliada do SBT), para o carnaval que eles estariam organizando.

   O problema é que nenhum documento nesse sentido foi formalizado junto à prefeitura, principalmente quanto à reserva de espaço para o evento. Existe, de forma explícita, uma briga política entre os Henry e Túlio Fontes, que ficou em segundo lugar nas eleições, mas virou prefeito porque Ricardo teve o registro cassado por compra de votos.

   Túlio determinou que não houvesse montagem de palco paralelo, o que frustrou os irmãos Henry, que tinham encaminhado de Araputanga para Cáceres um caminhão com aparelhagem de som. Os equipamentos nem foram retirados do caminhão. O prefeito emitiu uma nota, explicando que há cerca de um mês busca parcerias e que não houve comunicado oficial por parte do grupo do ex-prefeito no sentido de ajudar na realização do carnaval.

   "Aqui não é terra de ninguém. Existem leis que precisam ser cumpridas. Existem pessoas que não querem entender que no Brasil tem leis". O prefeito democrata afirma que os adversários fizeram propaganda de um carnaval paralelo com o objetivo de prejudicar a sua gestão, jogando-a contra a população.


Sob patrocínio da prefeitura, palco é armado para carnaval
Fotos: Bárbara da Mota

------------------------------------------------------------

  • Aqui a íntegra da nota do prefeito sobre o carnaval

Postar um novo comentário

Comentários (27)

  • Manoel Garcia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Enquanto isso Guaresqui ta no litoral. vida boa, dinheiro de sobra, gado no pasto e a justiça nem aí pra ele.

  • Francisco Antônio Hurtado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bem feito pra esse povo de Cáceres que votou no Tulio, agora vão ter um carnaval com duas bandinhas mixurucas. saudades dos 04 anos de folia, com bandas de qualidade, vindas da Bahia, com muito axé e samba no pé.

  • Paulo César Venceslau | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu ia com a familia pra Cáceres, gastar meus Reaiszinhos, mas vou ficar por aqui, pelo jeito, lá em Cáceres a festa ta mais pra cerimonia budista...rss

  • Silvia Midori | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Povo de Cáceres, esse é o carnaval que queria o Kish, Tulio, Alan do Ó, TRE, Bretas, Da Silva, Altamiro e outros

  • Antonio Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não sou de caceres, mas parabenizo o prefeito Tulio pela ação, tem que mostrar que existe ordem, e nao estamos mas na era dos coroneis ou tera sem lei, manda que tem mais, PARABENS PREFEITO.Queria que os demaist tivesse coragem assim...

  • Josué Alcántara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esses henry até agora não entenderam que ninquém mais quer mais saber de ditadura.
    O dep Pedro henry foi cassado e seu irmáo também.
    será que não tá na hora de pararem e mudarem de profissão.
    até quando heinnn?

  • Ney da Costa e Faria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que temiamos já começa a acontecer, a Justiça com sua demora em resolver essa questão da efetivação de um ou de outro, vai fazer nossa cidade pagar um alto preço por isso. Essa situação é filme que já assistimos em outras cidades da federação, quando se chega de resolver o municipio ja esta em frangalhos. Cáceres por sua historia e sua gente, não merece isso. Sempre tivemos disputas politicas, mas não no nivel que esta se apresentando, os dois litigantes poderiam provar para a população que amam realmente esta Terra de Luiz de Albuquerque deixando os interesses da cidade fora desta nojenta Luta Politica.

  • João Otávio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vamos trabalhar minha gente. Vamos deixar de lado essas pecuínhas políticas.
    Cáceres urge por mudanças e muito trabalho!
    Chega desses Henrys e desses Fontes!

  • orlandir cavalcante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bem, os que acompanham meus comentários neste democratico blog sabem muito bem minha tese.....
    ) Pedro Henry perdeu o dominio politico da cidade ao ter a cassação de seu irmão ( que nunca foi prefeito!!!!!!)
    ) Para se vingar ele monta uma estratégia, quer provar que ele ainda é onisciente, onipresente e onipotente nestas terras de S. Luis de Cáceres.
    ) a estratégia consiste em criar uma adminitração paralela, onde ele , e somente ele, asfalta ruas na cidade, traz carnaval e fornece a politica do pão e circo, tão bem cortejada e festejada pela turma do tecoletecotelo, fuck fuck e soca soca.
    NUNCA DEFENDI TULIO.... mas acredito que ele agiu certo. O prefeito é ele. Ele tem que ser comunicado de tudo o quem entra e sai da cidade, O deputado não é mais que o prefeito, alias se eu fosse Tulio processaria este deputado que vive dependurado em liminares por falsidade ideológica.
    Ele eage como se fosse membro do executivo ele esquece que pertence ao legilativo federal!!!!!
    aliás esta corja é uma aberração em todos os sentidos.....

  • Vera A. C. Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os Henry (2) foram cassados porque fizeram coisas erradas. será que ainda duvidam disso? até que ponto temos que assistir a impunidade? até que ponto os seus seguidores não entendem que eles erraram feio e atrapalharam a vida do povo de Cáceres? E a montanha de dívidas que deixaram? CHEGA. DEZ VEZES MELHOR SEM ELES.

Leverger e ex em palanque separado

francieli magalhaes 400 curtinha   Dois candidatos em chapas majoritárias em Santo Antonio de Leverger, hoje em palanques diferentes, já estiveram juntinhos na vida particular. O empresário Ademilson Dantas de Matos (PV), vice da chapa de Franklin Luis Carvalho (PSDB), foi casado com a petebista Francieli Magalhães...

Prefeito cuiabano vira saco de pancada

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto), que busca a reeleição e havia iniciado a campanha como grande favorito, inclusive com expectativa de ganhar no primeiro turno, se transformou em saco de pancada. Além de Abílio Júnior que o critica e ataca o tempo todo, o que acabou o...

Dal Bosco com 3 na disputa em Sinop

dilceu dal bosco 400 curtinha   Neste pleito eleitoral, a família Dal Bosco se dividiu em três grupos de apoio em Sinop, a chamada capital do Nortão. O ex-deputado estadual Dilceu Dal Bosco (foto) coordena no município e região a campanha à reeleição do senador Carlos Fávaro (PSD). O...

Tentativa de ser 1ª prefeita de Barão

margareth munil 400 curtinha   A candidata à prefeita de Barão de Melgaço, Margareth Gonçalves da Silva (foto), é tão conhecida nas ações conjuntas com o marido nas áreas da saúde e assistência social que está levando para as urnas a combinação do seu...

Froner segue com o vice de Gilberto

osmar froner 400   Osmar Froner de Mello (foto), escalado de última hora para a disputa em Chapada dos Guimarães, manteve de vice o mesmo que estava na chapa de Gilberto Mello (PL), o vereador Carlos Eduardo, que era conhecido como Carlinhos do PT e agora é do PDT. Froner e Carlinhos não têm afinidades...

Ministro Tarcísio rasga elogios a Fávaro

tarcisio 400 curtinha   O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas (foto), em vídeo de congratulações, só faltou pedir voto para Carlos Fávaro, senador interino que busca à reeleição e que completou 51 anos nesta segunda. Disse que Fávaro, com quem possui bom...