Últimas

Sexta-Feira, 13 de Julho de 2007, 00h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

Artigo

Turismo cultural

    Foi através de bandeiras e monções que se deu inicio a colonização da região Centro-Oeste com expedição armada que partia da Capitania de São Paulo com o intuito de aprisionar os índios para poder vende-los como escravos ou como troca de metais e pedras preciosas. Cuiabá teve como degrau de sua civilização a Matriz do Bom Jesus de Cuiabá e a Paróquia do Rosário e São Benedito, que tem como objetivo iluminar o caminho dos Bandeirantes no temido sertão. É uma cidade conhecida por suas badalações noturna que possui de belos pontos turísticos históricos e uma ótima gastronomia.

     Cuiabá esta se tornando conhecida pela badalação noturna, belos pontos turísticos e boa gastronomia, onde a pré-disposição ecoturistica cultural, histórica e religiosa da capital cuiabana esta ficando conhecida e cada vez mais sentindo a necessidade de trazer para o conhecimento dos visitantes e ate mesmo dos moradores dessa região a importância da riqueza histórica, cultural e religiosidade muito forte.

      O culto a São Benedito remota praticamente desde a data da fundação da cidade, em 1.722 ergueu-se uma igreja ao Senhor Bom Jesus, onde os negros levantaram também uma capela a São Benedito junto ao lugar chamado rua do sebo. A Paróquia de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito foi erguida ás margens do córrego da prainha em torno do qual se originou a cidade de Cuiabá.Em 1975 foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional -IPHAN, que teve como base à documentação icnográfica e prospecção arqueológica.

     O Patrimônio Imaterial representa um conjunto de elementos da cultura tradicional, onde a comunidade considera como parte da sua identidade coletiva. As tradições orais, os sons, as festas, os rituais, a língua, a música, a dança, a gastronomia, os objetos, os artefatos e os espaços culturais são herança cultural transmitida de geração em geração, que é uma forma de preocupação com a transmissão aos mais novos o conhecimento e a forma de vida para que aja uma solidariedade de um grupo.

     No Mês de julho, acontece a Festa de São Benedito que é tão cara a alma do nosso povo crente e folgazão que tem a função simultaneamente religiosa e social. A parte social envolve o leilão, o festival de premio, comidas típicas e baile com musica ao vivo e a parte religiosa é realizada através de vários rituais.

      Essa festa é um traço típico da cultura popular e tradicional do povo cuiabano, que devido a uma transformação houve um crescimento desenfreado e foram decisivas para o desenvolvimento dessa festa que tem a chegada de pessoas de diferentes lugares trazendo suas crenças e devoções que possibilitou que essa religiosidade ficasse mais forte. As antigas festas de São Benedito em Cuiabá eram uma festa de negros, que na grande maioria escravos, mas apresentava a beleza e riqueza da sua cultura africana, que durante o semestre que antecede a festa, todas as terças feiras, é realizado no pátio da Paróquia jantares típicos com a finalidade de angariar dinheiro para as primeiras providencias da mesma.

     A Festa de São Benedito permanece cada vez mais forte devido ao diferencial que a Paróquia oferece, pois a Festa conta com a força de 27 comunidades que ficam a vontade para a comercialização de seus produtos nas barracas montadas no largo da Paróquia nos dias de festejos, sendo eles gastronômicos ou artesanais.

      As antigas festas de São Benedito em Cuiabá era uma festa de negros na maioria escravos, mas apresentava a beleza e riqueza da cultura africana. Durante o semestre que antecede á festa, todas as terças feiras após a missa é realizado no pátio da Paróquia jantares típicos com finalidade de angariar dinheiro para a manutenção da Creche fé e alegria e na recuperação de dependentes químicos. Os preparativos são iniciados com a compra dos alimentos, bebidas, fogos de artifícios, a banda de música é contratada, os convites impressos são distribuídos e promove a arrecadação de donativos

       Os trabalhos são divididos em equipes e as atividades religiosas só tem inicio com a limpeza do local para poder ser decorado o ambiente, onde as pessoas responsáveis pela parte da limpeza tem que arrecadar as prendas que são oferecidas pela sociedade para que possa fazer o leilão e a outra equipe fica responsável no recolhimento e seleção das prendas. A imagem de São Benedito durante a peregrinação permanece em vários lugares por uma semana em vários bairros diferentes.

       A peregrinação da Bandeira de Santo começa a partir do mês de maio ate as vésperas da festa, que são percorridos por vários bairros da cidade pedindo esmolas e convidando a população para os festejos da igreja que em seguida realiza-se uma novena na igreja. Nas apresentações culturais são apresentados vários tipos de dança que representa as tradições cuiabana que ao final das danças tem a venda de comidas típicas como Maria Isabel, Paçoca de Pilão e entre outros.

       A Festa tem inicio na quinta feira que antecede ao primeiro domingo de julho com as solenidades principais que se realiza nos domingos. A festa começa com a escolha dos festeiros que são chamados de rei, rainha, juiz e juíza de vara, juiz e juíza de ramalhetes, capitão-de-mastro, alferes de bandeira e festeiros de promessa e são eleitos geralmente em cerimônias realizada no ultimo dia de festa. Alguns meses antes da festa são listados pelos festeiros junto aos membros da Irmandade as providencias necessárias para a sua realização tais como a compra de materiais e alimentos e a contratação das bandas.

     O encerramento da festa acontece a partir da descida do mastro, um evento em que se repetem os rituais da subida e o pipocar de fogos de artifício. Durante todas essas realizações podemos observar os religiosos, que nos dias de tantas festividades também há espaço para religiosidade, pois existem muitas mistura e cada pessoa com seu modo de reverenciar ao Santo Negro.

      Este evento se perpetua graças à religiosidade e a fé de um povo que cada vez mais tem sua devoção voltada para um santo milagroso. As comunidades que operacionam essa festa em seus bastidores estão ali pagando suas promessas e trabalhando para o Santo, além de receber bem as pessoas que estão ali sem saber se são moradores locais ou turistas.

      A Igreja passou por reformas e foi reinaugurada no dia 21 de junho de 2006, onde passou a se chamar Igreja do Rosário e São Benedito com grande show pirotécnico, apresentação de bandas, grandes missa e outras atrações. Situada no centro da capital a Igreja do Rosário e São Benedito permanece aberta para visitação publica de segunda a sexta as 15 hs as 18 hs e a missa são celebradas diariamente e na Igreja de São Benedito as missas é toda as terças a partir das 15hs.

       Karina Rodrigues Taques é acadêmica do 3º ano do curso de Turismo da Unirondon (karinataques@hotmail.com)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...