Últimas

Quinta-Feira, 30 de Julho de 2009, 08h:19 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

RUMO A 2010

Turma da botina frita Silval; Maggi vai "ressuscitar" Pagot

  Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação
Governador Blairo Maggi assiste ao processo de fritura de Silval para, depois, lançar Pagot ao Paiaguás

  Mesmo já tendo lançado pré-candidatura e, depois, desistido, o nome de Luiz Antonio Pagot (PR) se tornou a única carta na manga da turma da botina para a disputa a governador. A estratégia é deixá-lo fora do páreo até abril do próximo ano, uma forma de não ser bombardeado de críticas e evitar desgaste político, como aconteceu da primeira vez do lançamento prematuro do seu projeto majoritário. Principal referência política do PR, o governador Blairo Maggi voltou a conversar com o seu afilhado político e hoje diretor-geral do Dnit em Brasília sobre a possibilidade de retomar a pré-candidatura. Apesar de negar publicamente, Pagot se mostrou entusiasmado com a proposta.

   Para não contrariar o seu vice-governador Silval Barbosa (PMDB), a quem diz apoiar na corrida sucessória, Maggi manterá o discurso de que continua firme com o peemedebista, mas ressaltando que este precisa se viabilizar em todos os aspectos. No fundo, lança ou se mostra conivente com emissários, que já entraram no chamado fogo amigo. Enquanto Maggi declara que seu candidato é Silval, a sua esposa, primeira-dama e secretária Terezinha Maggi, defende o nome do empresário Mauro Mendes para o Paiaguás. O pecuarista e prefeito de Água Boa Maurício Tonhá, o Maurição, também do mesmo grupo, reforça o nome de Mendes e se empolga ainda mais quando se refere a Pagot. Mendes já está descartado, inclusive ele próprio avisa que seu projeto é concorrer a prefeito da Capital de novo em 2012.

    A turma da botina, que comanda o Estado desde janeiro de 2003, não fechou integralmente em torno do nome de Silval. Ao mesmo tempo, não conta com candidatura a governador e vive batendo-cabeça. A exemplo de outras eleições, Maggi, prefere dar tempo ao tempo. Em 2002, ele entrou na disputa para governador a 90 dias das eleições. Antes, havia ensaiado, assim como aconteceu com Pagot no início deste ano, e, depois recuou. Adilton Sachetti, que integra o grupo de Maggi, também aceitou ser candidato a prefeito de Rondonópolis, em 2004, de última hora. No ano passado, em Cuiabá, o governador lançou Mauro Mendes para prefeito, também a poucos dias das eleições.

   A estratégia tende a se repetir para 2010 na corrida pelo Palácio Paiaguás, com Pagot, tanto que a turma da botina já começou a fritar a pré-candidatura de Silval. É tudo jogada para tentar inviabilizá-lo e, ao final, se juntar ao nome do diretor-geral do Dnit. Trata-se de um executivo que foi considerado trator do governo Maggi enquanto secretário de Infraestrutura, da Casa Civil e de Educação. Depois, assumiu o cobiçado cargo de diretor-geral do Dnit, que detém um orçamento anual superior a R$ 10 bilhões, fora as fatias milionárias relacionadas às obras do PAC.

    Reviravolta

    Uma eventual retomada da candidatura de Pagot provocaria reviravolta no próprio PR. O deputado federal Wellington Fagundes, novo presidente regional do partido, certamente desistiria do projeto ao Senado. Acontece que, mesmo se tratando da maior sigla do Estado, teria dificuldades nas composições políticas e na busca da ampliação do arco de alianças se lançar dois candidatos majoritários. Enquanto o cenário permanece no campo das conjecturas, principalmente na arena da turma da botina, a oposição começa a se organizar em torno do nome do prefeito cuiabano Wilson Santos (PSDB), com o senador Jayme Campos (DEM) correndo por fora.

Postar um novo comentário

Comentários (40)

  • Adalto Menezes Darold | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ô Pedro... antes de criticar o Souza, me responda o que quer dizer a palavra DESBRAVOU ? então quem merece o motossera de ouro é o Jayme e não o Blairo.

  • Cláudio Fernandes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Infelizmente, o já conhecido Comitê da Maldade voltou a atuar nos bastidores da política tentando criar intrigas. É uma pena pq num futuro, próximo, tais intrigas vão se mostrar inconsistentes a ponto de ridicularizar quem as criou...

  • ronaldo esmarcci | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tenho certesa que Pagot reune as qualidades necessarias para adm esse estado, precisamos de pessoas técnicas e sérias, não como o Wilsom Santos que da tapinha nas costas comprimenta todo mundo, mas não honra as calças que veste e não cumpri suas palavras; o povo quer ver trabalho e não demagogia.
    É isso ai Pagot, não precisa ser simpatico nem arreganhado, precisa fazer, e honrar o que fala, vc vai ser o melhor governador deste estado.

  • Marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Está certo sim, Pagot deve ser candidato para dar continuidade aos trabalhos do Blairo!

    Mato Grosso deve dizimar os Campos, chega de vermes sangue-sugas em Mato Grosso, como o colega disse acima, será que a população se esqueceu de quanto Mato Grosso sofreu na era Campos, o q essa família contribuiu para Mato Grosso?

    E o Coronel Bezerra, esse foi tão ruim quanto os Campos!

    Voto, apóio, e trabalho por Pagot, acredito e amo Mato Grosso, por isso tenho essa atitude!!!

  • Junior Rodrigues | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não tenho nada contra o Pagot, porém acredito que para ser candidato a goveno de MT nos tempos de hoje tem que ter serviço prestado, o Blairo foi uma exceção nunca fez nada e hj governador graças ao dinheiro.
    Para a infelicidade do PR o partido não tem nome para substituir o Blairo, ou seja o futuro governador vai ser de outra sigla.

  • Junior Rodrigues | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não tenho nada contra o Pagot, porém acredito que para ser candidato a goveno de MT nos tempos de hoje tem que ter serviço prestado, o Blairo foi uma exceção nunca fez nada e hj governador graças ao dinheiro.
    Para a infelicidade do PR o partido não tem nome para substituir o Blairo, ou seja o futuro governador vai ser de outra sigla.

  • EDI | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eh.eh.eh.....alguns dias atraz eu fiz um comentário se GOV.BLAIRO INVESTIR EM SILVAL sem densidade eleitoral SERIA ESQUECIDO POS DEIXAR GOVERNO. Por outro Lado fosse alguém de GRANDE DENSIDADE ELEITORAL ( JVC), e assumindo a DIREÇAO EXECUTIVA da COPA 2014, sairia do GOVERNO como um grande ESTRATEGISTA e seria dificil esquecer de BLAIRO MAGGI até a nivel NACIONAL, por muito tempo. ACHO QUE ELE esta começando a empurrar a pedra do CHEQUE MATE. Vamos aguardar......PAGOT é prá VALORIZAR O ULTIMO LANCE DOS FAMOSOS MOMENTOS DO CHEQUE MATE.

  • Antonio Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pivetta vem aê,PIVETTA NELES,educacionismo=CAPITAL SOCIAL!MT MERECE!

  • ANONIMO@HOTMAIL.COM | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DEUS ME LIVRE.... JAIME GOVERNADOR???? ANTERO SENADOR????? SOMEM TODOS OS SALARIOS QUE JAIME GANHOU TODOS ESSES ANOS NA POLITICA, SE ELE POUPASSE TUDO QUE GANHOU NAO DAVA NEM PRA ELE COMPRAR O AVIAO QUE ELE TEM.... DE ONDE SAIU TAMANHA FORTUNA???? ELE NUNCA FOI NADA A NAO SER POLITICO.... QUEM ME EXPLICA ISSO??? E AINDA TEM GENTE QUE QUER UM HOMEM DESSE NO GOVERNO.... A TETA DEVE SER MUITO BOA.... QUEM SABE TEM UMA TETINHA PRA MIM...ANTERO DE BARROS.... LEMBRO DE QUNDO ELE BATIA NA PORTA DE MINHA CASA PEDINDO DINHEIRO PRA IR NARAR JOGO ALI EM SINOP... QUE CAPACIDADE UM HOMEM DESSES TEM P/ SER SENADOR... DE ONDE SAIU O DINHEIRO P/ COMPRAR FAZENDAS??? ESSE BRASIL MEUS AMIGOS INFELIZMENTE SÓ PADECE QUEM TRABALHA COM HONRA E DIGNIDADE....

  • cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    se não for o carequinha (riva) WS vai nadar de braçada ....

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

Morre mais um pastor da Assembleia

pastor jose alves de jesus 400   A Covid-19 transforma mais um pastor da Igreja Assembleia de Deus em vítima fatal. Morreu nesta terça José Alves de Jesus (foto), que presidia há vários anos o Campo Eclesiástico Autônomo da Igreja de Primavera do Leste e região. Ele estava hospitalizado com o...

Mauro e os "cabeças chatas" do CE

mauro mendes 400   O governador Mauro Mendes está disposto a conhecer a experiência da  educação pública  do Ceará, que há anos apresenta os melhores índices no Ideb e é orgulho dos irmãos Ciro e Cid Gomes, ex-prefeitos de Sobral e ex-governadores. Até pretende...

Seduc e microônibus para municípios

alan porto 400 curtinha   A secretaria estadual de Educação, sob Alan Porto (foto), tem buscado parcerias com prefeituras para construir quadras poliesportivas, laboratórios de informática e escolas, além de ampliar salas de aula, adquirir ares condicionados e microônibus escolares, de modo a atender...

Emanuel é quem mais realizou obras

emanuel pinheiro 400 curtinha   Um levantamento da empresa Percent Pesquisa & Consultoria, feita em Cuiabá entre os últimos dias 13 e 14, destaca que, na percepção de 49% dos cuiabanos, o prefeito reeleito Emanuel Pinheiro (foto) foi o que mais fez obras e serviços. Em segundo lugar, com 19,8%, é citado...

Emendas ajudam Unemat de ROO

thiago silva 400 curtinha   Em reunião com o reitor da Unemat, Rodrigo Zanin, e com o pró-reitor Alexandre Porto, o deputado estadual Thiago Silva (foto) tratou da emenda de R$ 1 milhão para manter o curso de direito e abertura do de jornalismo em Rondonópolis neste ano. E, juntos, definiram o modelo de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.