Últimas

Sexta-Feira, 17 de Outubro de 2008, 15h:19 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

RONDONÓPOLIS

Único vereador do PPS pede atenção a Maggi


Sindicalista Reginaldo afirma que terá atuação independente
Foto: Guilherme Filho

  O único vereador eleito pelo PPS em Rondonópolis, sindicalista Reginaldo dos Santos, afirmou em entrevista ao RDNews nesta sexta (17) que manterá apoio ao prefeito eleito, deputado Zé do Pátio (PMDB), assim como fez durante toda a campanha eleitoral. Reginaldo participou, juntamente com a Executiva do PPS, de uma reunião a portas fechadas com o governador Blairo Maggi (PR) no Palácio Paiaguás. Maggi foi o principal cabo eleitoral do prefeito Adilton Sachetti, derrotado à reeleição.

   Segundo o vereador novato, um dos pedidos que fez ao governador durante a reunião foi para que este não deixe de investir em obras e ações em Rondonópolis. "Ele (Maggi) garantiu que não irá abandonar o município, inclusive disse que investirá em ações que beneficiem Rondonópolis. Maggi me garantiu que continuará tendo o mesmo carinho pela cidade". Reginaldo faz questão de frisar que é o único vereador eleito e que nunca ocupou um cargo eletivo entre os parlamentares rondonopolitanos. Para ele, essa é sua diferença em relação aos demais parlamentares.

  Na terceira maior cidade do Estado, o PR, partido do prefeito derrotado nas urnas, Adilton Sachetti, conseguiu eleger 6 das 12 vagas na Câmara Municipal. Já o PMDB "abocanhou" 4 cadeiras, enquanto o PPS e o PP têm apenas um parlamentar eleito cada. Segundo Reginaldo, 15 candidatos do PPS brigaram pela vaga. "Eu fui o segundo vereador mais votado em MT. Perdi somente para Ivan Evangelista, de Cuiabá", destaca. Dirigente do sindicato que representa o funcionalismo público municipal, Reginaldo teve 2.817 votos. Destaca que terá atuação independente. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Tereza Izabel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Romilso eu fui em reuniao que estava este vereador onde a maioria era Adilton e ele falou que era candidato independente e portanto as pessoas podiam votar no adilton ou no ze.

  • Jucelino de roo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Reginaldo na igreja que ele frequenta era a maioria adilton e ele nunca exigiu pra nao votar ,nos servidores municipais a maioria era ze e ele nunca exigiu pra nao votar agradando todo os dois lados ,esperto ganhou votos dos eleitores dos dois candidatos.E quando alguem apertava ele dizia que o PPS tinha ficado liberado pra prefeito. TO de olho VER.REGINALDO.OPORTUNISTA.

  • Carlos Eduardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Allan Kardec, ou Allan pau mandado, ou Allan puxa-saco, você não tem opinião própria, você fala o que os outros mandam você falar. Você fique esperto, sua mesada será cortada, assim que o Zé Carlos assumir a prefeitura, viu João da Contas...!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • edilson da silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O tal Allan Kardec vc e um ser sem principios, mas tudo bem o que o povo queria ja foi feito o sacanetti ja sai do senario politico em 2009 e se o ze carlos nao corresponder o povo tbm tirará ele ou vc tem duvidas? darao uma chance a esse moco o ze carlos se ele nao for bom titraremos tbm e se o sacanetti realmente se tornar humilde e for um ser humano que ao inves de um coracao tem uma pedra de gelo entao ate eu votaria nele isso foi o que faltou nele e em vc allan falta vc ser um ser capaz e correr atras de um concurso passar e nao entrar na administracao pelas portas do fundo....Viva a democracia tudo bem que nem sempre e justa mas e democracia.....

  • josé antônio medeiros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A respeito da matéria: Único Vereador do PPS pede atenção a Maggi, divulgada pelo RDnews, o Diretório Municipal do PPS esclarece que em nenhum momento durante a campanha eleitoral deste ano orientou os 15 candidatos a vereador pela sigla em Rondonópolis apoiassem o candidato a reeleição pelo PR, o prefeito Adilton Sachetti, ou o candidato do PMDB, deputado Zé do Pátio. Portanto, ao contrário do que diz o texto, o vereador eleito Reginaldo dos Santos não contrariou a orientação da sigla.

    Ressalta ainda que o que ocorreu foi que o PPS definiu, inicialmente, no processo eleitoral pela neutralidade em relação à disputa majoritária, ou seja, não apoiaria nem o Adilton nem o Zé. Mas, com o desenrolar do processo, o DM sentiu a necessidade de se posicionar e a maioria deliberou que, entre as duas candidatura postas, o melhor para Rondonópolis seria apoiar o prefeito Adilton Sachetti. Todavia, dos 15 candidatos, três optaram por não apoiá-lo. Entre eles, o então candidato Reginaldo, que seguiu livre para tocar a sua campanha e manifestar sua opinião sobre a eleição marjoritária em nossa cidade.

    Sobre o futuro governo de Roo, esclare também que o PPS não deliberou qual será o posicionamento na Câmara de Vereadores. Esta questão será discutida com o vereador eleito Reginaldo, futuramente, de maneira democrática, como são todas as nossas posições. Afinal, o PPS, filho do PCB - sigla com 86 anos de hitória -, nasceu em 1992, após a queda do Muro de Berlim, apostando na radicalidade democrática como um dos seus prícipios.

    Por fim, reafirma mais uma vez que o Reginaldo não contrariou as orientações do partido. E mais: conhecendo a postura do vereador eleito, que sempre se mostrou leal, franco e aberto ao diálogo, ele fará , acima de tudo, um mandato comprometido com os interesses de Roo e engrandecerá no Legislativo Rondonopolitano o nome do PPS, que já tem muitos serviços prestados ao município e ocupa um papel histórico importante na construção da democracia em nosso país.


    José Antônio Medeiros - Presidente do DM do PPS de Rondonópolis

  • edilson da silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Será mesmo medeiros? por que somente agora que as eleiçoes sao findadas vossa senhoria se manifesta dizendo isso? sempre tive o maior respeito por vossa pessoa mas hoje o vejo como JUDAS que traiu o mestres por meras trintas moedinhas....Nao queremos mais mercenarios aqui em rondonopolis isso ja ficou claro nos resultados nas urnas e em 2010 o povo rondonopolitano dara o troco da traição do PPS coligando com o PR quem vive vera....

  • Marcão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    gostaria de elogiar esse moço que não deixou se curvar pelo poder econômico, diferente do boneco de fantoche da adria muniz, que deixou se manipular pela irmã do deputado, ela tinha razão pois sua empresa estava fazendo material gráfico para o Sachetti, e ele presidente do partido? porque não aceitou a vontade de sua militância, que era de apoiar Zé do Pátio?

  • Lucianon Regis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sou Dirigente do PPS e só quero esclarecer que a orientação do Partido era que cada vereador estava liberado para apoiar quem eles tivessem mais proximidade

  • Carlos Augusto Maia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Allan Kardec | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Rondonópolis e região perdeu uma das melhores empresas que iriam se instalar no município, a Cluster iria gerar 7.900 empregos, mas tudo isto pela desconfiança do governo municipal que virá, governo sem idéias, por exemplo fala de baixar impostos, disse que iria ter o terceiro turno da saúde, e ainda disse que irá dobrar os salários funcionários municipal. Isto é uma aberração, tudo isto é impossível administrar uma cidade como Rondonópolis, ele o candidato 15 fez de tudo para ganhar a eleição, mesmo com propostas impossíveis de cumpri-las, inclusive, instalando 20 pontos de compras de votos em Rondonópolis, uma foi descoberta e esta trará problemas sérissimos para o 15.
    Então meu povo voltando ao assunto da Cluster, o empresário sabe que tudo que foi falado não tem condições de cumprir, por isto não confia no futuro prefeito, pois não merece credibilidade. Mas vamos aguardar a apuração da compra de votos.

Mauro e vitórias na briga de decretos

mauro mendes 400 A estratégia do governador Mauro Mendes (foto) de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, discordou e fez...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...

Setasc doou 330 mil cestas básícas

Rosamaria 400 curtinha   A Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (Setasc), sob Rosamaria de Carvalho (foto), já entregou mais de 330 mil cestas básicas desde o inicio da pandemia, sendo 110 mil em Cuiabá e Várzea Grande. E como assistência social foi considerada como serviço essencial,...

Interinos ficam sem cargos no TCE

jose carlos novelli 400 curtinha   Com o retorno dos conselheiros do TCE, Antonio Joaquim e José Carlos Novelli (foto), dois substitutos perderam os postos não apenas nas relatorias, como também ficam sem os cargos na gestão. É o caso de Isaías Lopes da Cunha, que deixou de ser ouvidor-geral, sendo...

MT perde José Afonso Portocarrero

portocarrero-400   Morreu nessa quarta  (3), aos 93 anos, José Afonso Portocarrero (foto). O ex-presidente dos extintos  Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat)  e Loteria do Estado de Mato Grosso (Lemat)  morreu de causas naturais. Viúvo, deixa quatro filhos.  Na vida profissional, foi o responsável...

Secretários filiados e sem pretensões

Beto 2x1 400 curtinha   Presidente do DEM em Cuiabá, o secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 x 1 (foto), disse, em visita ao Rdnews, quando concedeu entrevista à tvweb RDTV, que alguns colegas secretários estão filiados ao partido, mas isso não significa que eles...