Últimas

Quinta-Feira, 27 de Setembro de 2007, 08h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

CÁCERES

Universitários condenam a falência da Unemat

Na sede da Unemat, estudantes protestam contra sucateamento da instituição

  
    Revoltados com o sucateamento da Universidade do Estado (Unemat), cerca de 200 estudantes de vários campis resolveram acampar na sede da instituição, em Cáceres (a 210 km a Oeste de Cuiabá). Desde esta quarta (26), os universitários mantêm plantão permanente no prédio onde funciona o setor administrativo.

    A Unemat passa pela pior crise desde sua fundação, em 1993. Seu orçamento sofreu corte superior a 20% e muitos professores aprovados em concurso público desistiram devido à defasagem no plano de carreira. Alguns cursos estão sem laboratório. Falta incentivo à pesquisa. Os estudantes entendem que a instituição, da maneira precanizada que está sendo conduzida, não cumpre seu papel social.

   O orçamento da Unemat para o próximo ano é de R$ 66 milhões e, desse montante, R$ 62 milhões já estão comprometidos com a folha de pessoal. Despesas com água, luz e telefone chegam a R$ 3,5 milhões. Outros R$ 2,5 milhões estão comprometidos com serviços terceirizados. Para piorar, a Unemat, sob Taisir Karin, teve as contas rejeitadas do exercício de 2006.

  Os acadêmicos avisam que só vão desocupar a sede da Unemat mediante compromisso formal do governo de atender as reivindicações. O governador Blairo Maggi deve escalar o secretário Chico Daltro, da Ciências e Tecnologia, a qual a instituição está vinculada, para iniciar as negociações.

Acadêmicos vão manter plantão permanente na sede da Unemat


Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Plinio Teixeira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse é o retrato da educação e do descompromisso do governador para com as outras coisas do Estado, preocupado que está querendo colocar Pagot no Dnit, visando interesses próprios.
    Se forem olhar, não só a Educação está ruim, mas a saúde, a segurança e principalmente o meio ambiente, sendo devastado para o plantio de soja.
    Dizem que a segurança está boa. Oras, prá eles que tem seguranças, mas para o povão, é só olhar as manchetes de quantos assassinatos e roubos aconteceram no último fim de semana.
    Dizem que Mato grosso reduziu queimadas e desmatamentos: oras, vejam as reportagens a níveis nacionais e internacionais que desmentem tudo oque dizem tentando enganar o povo.
    Esse é o governo da ousadia e transparência (como está sendo transparente a venda da dívida do Estado, que a população nem imagina como isso está ocorrendo).
    Esse é o governo, que mantém a isenção para a venda da soja, quando o pequeno agricultor se quiser vender sua pouca produção tem que pagar impostos.
    Esse é o governador, que dias desse vi o deputado zé carlos do pátio dizendo que ele destinaria 3 milhões e meio de reais para o estudo e melhoramento da soja - a Mensagem se encontra na Assembléia -, quando não concede nenhum incentivo para a agricultura familiar, a nãoi ser o governo federal através do pronaf. Esse é o governador que a meu ver, governa visando atender as necessidades onde se encontram suas empresas, em detrimento às melhorias na educação, saúde, etc...

  • Pablo Rodrigo Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ...Pra quem ainda insiste em dizer que o Movimento Estudantil esta morto ou fraco...esta é a prova de que é faltar com a verdade. As recentes ocupação na USP, o dia Nacional de ocupação das reitorias puxado pela UNE e esta agora na UNEMAT mostra que os estudantes não vão aceitar o desmonte da Educação publica...
    Por issso todos nós cantamos em uma só voz que:
    A UNE...reuni, futuro e tradição..
    A UNE, a UNE, a UNE é união...
    A UNE somos todos nós, nossa força e nossa voz!!!

  • Filgueira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que falta de responsabilidade de um governo com os nossos filhos . Deixar uma Universidade Pública como a UNEMAT chegar a um estado de total abondono é no mínimo irresponsabilidade que o povo de MT precisa reagir. Com certeza Ele não precisa que nenhum filho, sobrinho, neto e demais parentes estudem na UNEMAT PORQUE tem dinheiro para mandar para fora Pais . E os nossos filhos como ficam? Ele não precisa de pesquisa da Unemat porque as multinacionais já fazem para Ele. Um Estado como MT que essencialmente agrícola e que a Agropecuária responde indiretamente com 70 % da arrecadação de ICMS o Governo Estadual iguinora os cursos da UNEMAT é no Mínimo querer chamar todos Matogrossenses de Idiotas. Vamos dar apoio aos jovens que estão à frente deste movimento em defesa da Educação Pública e Gratuita dever dos Governantes conforme a Constituiçaõ do Brasil.

  • Paulo Lemos/UNE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa é uma luta legítima e necessária, que ocorre em prol de toda a comunidade acadêmica da Universidade do Estado de Mato Grosso, bem como de toda a sociedade, tendo em vista o papel fundamental que uma instituição como essa deve ter para o impulsionamento e direcionamento do desenvolvimento sócio-sustentável do nosso Estado, além da responsabilidade que tem com a formação cidadã de homens e mulheres de Mato Grosso.

  • Filgueira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Solicito do RDNews a divulgação do meu comentário por favor

  • Ricardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse fato é o retrato do governo Blairo Maggi, onde educação é 0, pesquisa é 0.
    A UNEMAT sucateada e a EMPAER sucateada trabalhando no limite de suas forças.
    O que poderiamos esperar de um governador que não se importa com educação e pequenos produtores.

  • ENIO ZANCANARO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    realmente a unemat ta dificil de levar os professores exigem muito e nao dao as aulas necessarias principalmente se forem aulas campo a uns dois semestres nao as temos!!!
    sem falar nesse vergonhoso semestre, de tres meses isso se der tres meses de aula ta ficando dificil e ai gente vamos reclamar isso ai, isso nao pode continuar nao, e vergonhoso, para um estado com tamanho pib!!!!

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.