Últimas

Sábado, 16 de Junho de 2007, 09h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

Vale lutar!

     A população de Cuiabá quer reduzir a tarifa do transporte urbano, apesar de a Câmara Municipal ter mantido o decreto do Executivo. O último aumento, para R$ 2,05, acirrou os ânimos. As inúmeras manifestações nas ruas e as ações junto aos poderes Legislativo e Judiciário demonstram a luta não somente contra as vantagens às empresas que operam no setor, como também o quanto pesam no bolso do cidadão as altas no preço da passagem. Desde o começo dessa discussão a universidade está presente, fez parte da comissão que realizou o estudo sobre o valor da tarifa e não poderia agora, deixar de se posicionar. E, pensando no conjunto maior da sociedade, é que nos colocamos a favor daqueles mais de 200 mil que já eram excluídos do transporte público devido ao preço de R$ 1,60.
     O movimento pela redução da tarifa, que esteve a um passo de reverter o aumento com apoio da Câmara Municipal, viu os eleitos para defender os interesses da sociedade lavarem as mãos na sessão da última terça-feira, dia 12. Todos os 19 vereadores deram suas assinaturas para que o projeto de decreto legislativo fosse a plenário em regime de urgência, em contraposição ao decreto do Executivo que majorou a tarifa, mas ali mesmo o derrubaram. Revoltados, manifestantes invadiram o saguão da Câmara na última quinta-feira, dando mostras do que é possível ocorrer quando os ânimos se exaltam. Foi esse, até o momento, o resultado da disputa entre Legislativo e Executivo e entre o interesse empresarial e o direito da população. A argumentação utilizada pelos vereadores foi o parecer da Comissão de Constituição e Justiça, que considerou ilegal a utilização do decreto legislativo nesse momento, por não estar regulamentado. É preciso, então, dar celeridade a esse processo de regulamentação. O Poder Legislativo deve, também, chamar para si a responsabilidade estabelecida pela Lei Orgânica do Município de Cuiabá, de definir a tarifa pública e, ao fazê-lo, observar com rigor os direitos sociais.
     A Universidade vem contribuindo ao longo de seus 36 anos para o desenvolvimento de Mato Grosso de forma sustentável e com a preocupação de que os conhecimentos aqui construídos se revertam para a qualidade de vida da população. Desta vez o fazemos com base nos estudos preliminares para o plano de transportes do Aglomerado Urbano Cuiabá-Várzea Grande, em 2005, que demonstrou que 30% da população das duas cidades não utilizavam o transporte coletivo devido ao valor da tarifa, e frente à necessidade do cumprimento, pelas concessionárias, de suas obrigações e de aplicação das sanções, pelo Executivo, pelo não-cumprimento do que está nos contratos.

     Novamente queremos contribuir nesse sentido, apoiando a luta pela redução da tarifa, nas instâncias onde ainda correm processos, e, também, na argumentação com o prefeito, que tem nas mãos a possibilidade de reverter a posição em relação ao decreto. Apoiamos, também, a luta popular, que tem expressiva participação estudantil, de forma pacífica, por enxergarmos as atividades dessa natureza como parte do processo formativo nos planos acadêmico, ético e cidadão.

Paulo Speller é reitor da Universidade Federal de Mato Grosso ( reitor@ufmt.br )

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Joaninha se afasta da Câmara de Sinop

joaninha 400 sinop vereador curtinha   O vereador por Sinop Joaninha (MDB), conforme a coluna Curtinhas adiantou, se licenciou do cargo por 60 dias para se recuperar do acidente que sofreu durante manobra na Competição Duelo de Motos, em Atibaia (SP). Enquanto isso, o suplente Mauro Garcia (MDB), ex-secretário de...

Manifestação de apoio deles para ele

elizeu nascimento 400 curtinha   Mesmo com o apoio dos deputados Elizeu Nascimento (foto), Xuxu Dalmolin e Ulysses Moraes que levaram até assessores, em pleno horário de expediente, a manifestação pró-Abílio na Câmara de Cuiabá foi considerada fraca. Investigado por quebra de decoro...

TCE cria estrutura para atender a AL

maluf 400 curtinha   A Assembleia Legislativa saiu de Guilherme Maluf (foto), mandando-o para o TCE, mas ele não saiu da AL. Alçado à presidência com menos de um ano na cadeira vitalícia, Maluf acaba de criar uma assessoria parlamentar para promover o intercâmbio com as comissões da AL e ainda um...

Cassação de Abílio depois do Carnaval

abilio junior 400 curtinha   Por mais que Abílio Júnior (foto) implore e grite por socorro, na esperança de escapar da cassação, inclusive se colocando como vítima de perseguição política, perderá mesmo mandato. Mas isso só vai ocorrer após o Carnaval. A...

PGR monitora delação de ex-deputado

jose riva 400 curtinha   Membros do alto escalão da Procuradoria-Geral da República, que rejeitou a proposta de delação de José Riva (foto) na esfera federal por causa de omissão de crimes, estão monitorando os bastidores do acordo de colaboração, agora entre o Ministério...

Fritado no PDT e buscando o Aliança

antonio galvan 400 curtinha   Fritado no PDT, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), pretende agora procurar espaço em um partido considerado de direita. E está se movimentando para assumir em MT o comando do Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado pelo presidente Bolsonaro. O sojicultor se mostra,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.