Últimas

Terça-Feira, 17 de Novembro de 2009, 08h:03 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

ARTICULAÇÃO

Valtenir quer enquadrar Mendes no PSB e dar troco a Muniz

  O deputado federal Valtenir Pereira, que comanda o PSB em Mato Grosso, prepara um trunfo em reação às interferências no seu partido dos parlamentares e dirigentes regionais do PPS, Percival Muniz, e do PDT, Otaviano Pivetta. Os dois foram os responsáveis pelas articulações que tiraram o empresário Mauro Mendes do PR e levaram-no para o PSB, dentro da estratégia de transformá-lo numa candidatura de terceira via ao governo estadual. Mesmo na condição de presidente da legenda socialista, Valtenir foi o último a saber. Na bronca, ele disse aos aliados que não vai permitir uso do partido como espécie de barriga de aluguel para "gestação" da candidatura de Mendes.

 Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação
Dirigente do PSB no Estado, deputado Valtenir Pereira avisa que não aceita ser usado como barriga de aluguel de Mauro Mendes, que segue orientação de Percival Muniz (PPS) e de Otaviano Pivetta (PDT)

   Valtenir observou que Muniz e Pivetta e o próprio Mendes agem nos bastidores como se ele (Valtenir) de nada soubesse. Está aguardando o que considera "hora certa" para enquadrar o empresário nas regras do PSB e coibir as intervenções dos parlamentares do PPS e do PDT. "Eles pensam que eu sou bobo. Estou só acompanhando essa movimentação e vou esperar a época certa para mostrar que o PSB tem estatuto, regra e ideologia", afirmou Valtenir, em diálogo com amigos mais próximos.

  Derrotado à Prefeitura de Cuiabá no segundo turno do ano passado, Mauro Mendes, que preside a Federação das Indústrias do Estado (Fiemt), achou que no partido de Valtenir, outro que perdeu para prefeito em 2008, encontraria caminho livre para tomar a decisão política que achasse conveniente, ou seja, que poderia usar o partido sem risco de boicote ou de "puxada de tapete". Mas, pelo jeito, tende a enfrentar dissabores. Acontece que o deputado abriu diálogo com todos os demais pré-candidatos à sucessão estadual, como o vice-governador Silval Barbosa (PMDB), que assume o Palácio Paiaguás em abril e conta com apoio do governador Blairo Maggi (PR), do prefeito cuiabano Wilson Santos (PSDB) e do senador Jayme Campos (DEM).

    Como presidente, Valtenir tem autonomia para conduzir a política de alianças e, de quebra, tem bom trânsito com membros da cúpula do PSB, como o seu colega parlamentar Ciro Gomes (CE) e o governador e presidente nacional da sigla Eduardo Campos (PE). Hoje, ele sinaliza para levar o partido para os braços de Silval.

    Empolgado com as conjecturas de 2010 desenhadas por Muniz, que o apontou com chances reais de ser o próximo governador se deixasse o grupo da turma da botina, bloco ligado a Maggi, Mauro Mendes se vê agora numa saia-justa dentro do PSB. Vai ter de pedir benção para Valtenir, um defensor público licenciado do Estado, que se elegeu vereador pelo PT, chegou à Câmara Federal pelo PSB como espécie de "azarão" nas urnas de 2006, busca a reeleição e que só tem a cara de bobo.

(14h47) - Valtenir diz que conversas são naturais e que é cedo para falar em 3ª via

   O presidente do diretório estadual do PSDB, deputado federal Valtenir Pereira, garante que as conversas entre o empresário Mauro Mendes e os deputados estaduais Percival Muniz (PPS) e Otaviano Pivetta (PDT) são informais e não partidárias. “Ele não tem participado frequentemente está em Brasília e no interior do Estado”, informa a assessoria.

   Em nota, Valtenir assegura aos militantes que o partido não está centralizado em torno da figura de Mendes e que todas as decisões serão tomadas após consulta às bases. Segundo ele, é cedo para debater a construção de uma terceira via e o momento é de definição de projetos. “Encontros informais são naturais, mas o PSB está atuante em seu processo de reorganização partidária e a ordem é não cochilar. Estamos disponíveis para a construção de uma terceira via, mas o debate ainda é prematuro”. (Andréa Haddad)

   Confira abaixo a nota na íntegra
“A vinda do empresário Mauro Mendes ao Partido Socialista Brasileiro (PSB) de Mato Grosso tem muito que contribuir e somar com o projeto de crescimento. O fato de reuniões pessoais entre o líder empresarial a lideranças de outras siglas terem acontecido  não significa um processo de desconstrução de alianças. O PSB irá discutir internamente um projeto para Mato Grosso, fazendo diversos seminários, conforme iniciado em abril deste ano. Ao todo, foram  28 encontros regionais e nessa segunda etapa estamos no processo formulação de políticas públicas e somente a partir de abril  de 2010 daremos os devidos encaminhamentos.
Quero reiterar  que nada será definido antes de discutir com nossa militância. No último sábado,  14, reafirmamos o debate e a preparação com a militância e colocamos que o PSB tem que ser o protagonista do processo eleitoral de 2010 e não ficar centralizado ou  a reboque de terceiros. Encontros informais são naturais, mas o PSB está atuante em seu processo de reorganização partidária e a ordem é não cochilar. Estamos disponíveis para a construção de uma terceira via, mas o debate ainda é prematuro. A meta agora é definir projetos.”

Valtenir Luiz Pereira
Presidente do PSB de Mato Grosso

Postar um novo comentário

Comentários (29)

  • Rafael Amoedo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Valtenir que manda no PSB. Preside a sigla e impedira a candidatura de Mendes, apoiando Silval. Em troca, Maggi fara de tudo para Valtenir ser reeleito Deputado Federal. Esse o acordo.

  • Paulão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Afinal seu Valtenir, o senhor vai sempre querendo que seu partido seja de aluguel!!! Até quando isso amigo... Chegou a hora de ter um candidato de nome e de verdade... chega..............

  • Joersom Martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SEO VALTENIR PRESTA ATENÇÃO!!!

    RAPAZ O MAURO MENDES É UMA LIDERANÇA ESTADUAL, COM ESTATURA E CUNTEÚDO DE LÍDER...

    MAS VC... COMO DIZER? AH, VC AINDA NEM DESCOBRIU A DIFERENÇA ENTRE SER VEREADOR DE CUIABÁ E DEPUTADO FEDERAL!

    VC NÃO TEM A MENOR NOÇÃO DO QUE SEJA UM PROJETO DE CANDIDATURA AO GOVERNO ESTADUAL!!!

    E ABRA O OLHO! PRQ NEM PIVETA, NEM PERCIVAL PRECISAM NEM DE VC, NEM DE MAURO MENDES ELEITORALMENTE. É O CONTRÁRIO: VCS É QUE CHORARÃO POR ESSES APOIOS!

  • DALMO CUIABÁ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O PSB DE MATO GROSSO VEM SENDO BEM CONDUZIDO PELO DEP. VALTENIR PEREIRA. VALTENIR TEM VIDA PESSOAL IRRETOCÁVEL E VIDA PÚBLICA SEM MÁCULA...ESTRANHA ESTA MOVIMENTAÇÃO DO PPS E PDT, NA PESSOA DO PERCIVAL MUNIZ E OTAVIANO PIVETTA. COLOCANDO O MAURO MENDES JÁ NO CENTRO DAS ATENÇÕES, COM TODO O RESPEITO QUE O PRESIDENTE DA FIEMT MERECE...RESPEITO É BOM E VALTENIR MERECE...VAMOS COMEÇAR DO COMEÇO PESSOAL...SEM ATROPELO...

  • ESPERANÇA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Prof. Luis Carlos Ferreira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Sr. Valtenir [Franciscano] Pereira segregou o PSB/MT num gueto, onde lá só tem acesso - de bom grado seu - pessoas que lhe dizem amém, sem quaisquer contestações. Quando é procurado, precisa-se registrar com seus cortesãos e nem sempre se chega até ele. E quando se chega é para ouvir suas lamúrias de candidato paupérrimo, como se todos que lhe achegam é para tirar-lhe algo. Anda sempre de pires na mão, alegando dificuldades financeiras para manter sua estrutura político-administrativa. Quiçá, (como é dito em alegoria) com Patinho Feio na ninhada do PSB, possa despertar um belo Cisne ou, quem sabe, um Condor que alcance simpatizantes - além da familiocracia do Sr. Valtenir. Partido não deve ter dono, como são algumas igrejas... Partido é: Partido (dividido para somar)!

  • Mariozan Pereira da Mota | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Para nós, militantes do PSB, o S de nossa sigla é carregado de significados, simbologia e história. Ele resume séculos de luta social, de avanços, sofrimentos e conquistas, principalmente a partir da Revolução Industrial (1780).

    Entre nós do PSB, esse S remonta a João Mangabeira, nosso fundador cuja memória queremos honrar e sua luta de toda a vida em defesa da comunhão entre socialismo e liberdade. Remonta ao nosso refundador (1985) e presidente de honra, Jamil Haddad que bem soube traçar nosso caminho. Remonta a Miguel Arraes, cuja memória temos o dever de honrar, e sua luta em defesa dos oprimidos, dos pobres e dos excluídos. Este S, portanto, nos é muito caro, e para ele exigimos o respeito de todos, de particular DAQUELES QUE PRETENDEM ENGANADAMENTE OU NÃO, militar em nossas fileiras.

    Uma sociedade igualitária, sonho do qual jamais abriremos mão.

    Parabéns Dep. Valtenir pelo despertar !

  • sonia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • José Carlos de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse é outro que acha que sabe tudo é igualzinho o seu padrinho político Maggi, Mauro Mente é farinha do mesmo saco e banana do mesmo cacho. Nunca foi socialista e não será agora.

  • Jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Valtenir, montou a entrada de Mauro Mendes, sabendo os riscos que corria, só errou quando descobriu o tamanho de Mauro Mendes e este espaço , que hoje ocupa Mauro Mendes, é maior do que o de Valtenir e esta constatação alem de deixa-lo em situação de enferioridade, o enxeu tambem de medo.
    Na sua insegurançã tenta dar um grito de revolta, que soa mais como um lamento de quem nada pode mais fazer.
    Este é mais um dos seus julgamentos de espertinho que da errado.

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.