Últimas

Sábado, 13 de Janeiro de 2007, 17h:18 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Várias irregularidades detectadas na Iomat

    As contas do ex-presidente da Imprensa Oficial do Estado (Iomat), Cláudio Pires, foram rejeitadas pelo TCE devido a 20 irregularidades consideradas graves. Então presidente do PPS de Cuiabá, Pires presidiu a Iomat de janeiro a agosto de 2005. Acabou preso, após o Ministério Público e investigações policiais constatarem atos de improbidade e crime de peculato contra Pires e Dilma Mota Cursino, então coordenadora-administrativa e financeira da Iomat.

    O TCE descobriu que na gestão Pires os saldos existentes na conta-arrecadação não eram transferidos diariamente para a conta única do Tesouro do Estado, o que contraria a lei.  Nos cofres da autarquia foram detectados 60 cheques de terceiros, totalizando R$ 13,7 mil, devolvidos principalmente por insuficiência de fundos. Tinham sido emitidos no período de 1994 a 2004. No balanço geral de 2004 já constava devolução de 68 cheques que, juntos, totalizavam R$ 20,6 mi. Ao fazer o confronto entre essas duas relações, o TCE verificou a falta de 6 cheques.

    Foram detectadas outras irregularidades. A empresa Captadora Distribuidora MT de Jornais e Revistas emitiu cheques do Banco do Brasil para pagamento de faturas pendentes na Iomat. Os valores, porém, não foram depositados na conta da autarquia e sim na da coordenadora-administrativa Dilma Corsino. Acabaram parando na conta de Dilma pagamentos feitos à Iomat pela factoring Essencial Fomento Mercantil e JHS Cobrança Ltda.

   Foram a partir desses indícios de desvio de recursos públicos que Pires e Dilma passaram a ser investigados em inquéritos policias e pelo MPE. Ambos foram denunciados por desviar dinheiro da Iomat, mediante a troca, em factorings, dos cheques emitidos pela autarquia para quitar compromissos das empresas captadoras e, depois, investirem em valores obtidos em bens para benefício pessoal. Na gestão Cláudio Pires, a  Iomat tinha para arrecadar R$ 3,5 milhões. O problema é que o controle das emissões e recebimentos das faturas eram efetuados do computador particular de Dilma.

     Diante das graves irregularidades, o TCE aplicou multa a Cláudio Pires correspondente a 100 UPFs/MT, por 'grave infração à norma legal de natureza, financeira, operacional e patrimonial'. O montante deve ser recolhido em 10 dias, a partir da notificação, aos cofres do Fundo de Reaparelhamento e Modernização do TCE.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Rosana reassume Sinop na quinta

gilson de oliveira 400 curtinha sinop   Pela segunda vez, o apresentador de TV Gilson de Oliveira (foto), do MDB, comanda temporariamente Sinop, a chamada capital do Nortão. A prefeita e empresária Rosana Martinelli saiu de licença não remunerada por 12 dias para cuidar de assuntos pessoais. Viajou aos Estados Unidos....

Vereador induzindo as pessoas ao erro

diego guimaraes curtinha 400   O vereador oposicionista pela Capital Diego Guimarães (foto), do PP, está induzindo a erro às pessoas. Mesmo o prefeito Emanuel já tenho anunciado que vetará a proposta da Câmara Municipal de aumentar o seu próprio salário, uma forma de criar o efeito cascata e...

Quitados atrasados da gestão Taques

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes comemora o fato de estar fechando os 10 primeiros meses de mandato já tendo conseguido, mesmo sob crise financeira e uma série de medidas austeras para equilibrar as contas públicas, regularizar todos os pagamentos aos municípios de 2018 empurrados para sua...

Tangará, os indecisos e PSL com Caio

caio 400 tangara da serra curtinha   Em Tangará da Serra, até agora ninguém sabe para onde vão alguns partidos, como PTB, PL (ex-PR), Pros e DC. Há uma chance de que estes, que outrora foram importantes na cidade, nem lancem candidatos a vereador, principalmente porque não possuem nomes suficientes para...

Tangará da Serra com 3 na pré-disputa

reck junior 400 curtinha   Faltando um ano para a escolha do próximo prefeito, Tangará da Serra já sabe praticamente quem serão as opções nas urnas: Wesley Torres (MDB), Reck Júnior (foto), do PSD, e Vander Masson (PSDB). Nos bastidores, as discussões concentram-se nas...

Lei veta atuação de ambulante de fora

marcia alto paraguai curtinha 400   Em Alto Paraguai, a Câmara Municipal, sob Márcia Leite de Oliveira (foto), promulgou uma proposição que está provocando polêmica. Proíbe vendedor ambulante "de fora" de comercializar produto ou mercadoria de qualquer natureza na circunscrição do...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.