Últimas

Sexta-Feira, 16 de Outubro de 2009, 09h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

PRIMAVERA DO LESTE

Vereador afirma que pensão está paga e se diz vítima

  Dois dias após ser detido no gabinete e levado para a Delegacia de Polícia de Primavera do Leste, sob acusação de não ter pago pensão alimentícia, o polêmico vereador e apresentador de TV Messias di Caprio (PP), assegurou, em visita ao RDNews acompanhado de sua atual esposa Naria Rubia Alencar Queiroz e dos filhos Virgílio Amaral Nogueira, 19, e Messias Júnior, 6, que foi vítima do que chama de "grande armação" de sua ex-mulher Meire Angélica do Amaral, que, inconformada com a separação, teria buscado uma forma para denegrir a sua imagem. “Eu nunca deixei de cumprir nenhuma determinação da Justiça. Pago a pensão na data certa e não tinha conhecimento sobre essa ação que corria em Minas Gerais”, assegura o parlamentar.

   A ação foi impetrada na Comarca de Nova Serrana (MG). "Ela sempre soube o meu endereço e, mesmo assim, sonegou essas informações à Justiça de lá. Sempre converso com minha ex-esposa, mas ela nunca me disse nada sobre uma ação por pensão alimentícia", enfatiza Messias, vereador primaverense mais votado no pleito de 2008, com 1.550 votos. Ao lado do filho Virgílio, que tem direito à pensão, Messias afirma que a ex-mulher tem feito de tudo para prejudicá-lo por causa da separação judicial. “Meu filho resolveu morar comigo em Primavera do Leste, pago a pensão para a mãe e, quando ele pede o dinheiro ela não quer dar".

    Disse que foi detido na quarta (14) e levado à cadeia pública e, no momento da detenção, estava na Câmara Municipal quando foi avisado de que quatro policiais civis e um oficial de Justiça estavam a sua procura para cumprir mandado de prisão por falta de pagamento de pensão alimentícia. “Quando fui comunicado sobre o assunto não entendi nada. Disse ao oficial que pagaria a pensão e que não haveria necessidade de me prender, mas ele fez questão de me levar para a delegacia”. Enfatiza que ficou preocupado com aquela situação e telefonou para seu assessor jurídico Luiz Carlos Rezende, que o acompanhou à delegacia.

   O vereador fez questão de ressaltar que possui "uma excelente relação com os dois filhos", apesar de não se dar bem com a ex-mulher. Lembra que apenas sua filha de 17 anos mora com a mãe em Minas Gerais e que, mesmo assim, paga a pensão integral. “Amo meus filhos, nunca tive nenhum problema com eles”, ressalta. O parlamentar lembra também que possui "uma grande família e que ajuda a todos". “A minha família é grande e muito humilde. Eu me sinto na obrigação de ajudá-los”, conta. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Saulo Baraldi | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Entao...Assim caminha a Humanidade... rumo ao arcaismo e a era da pedra lascada...Messias caso lamentavel esse não to aqui pra julgar ou deixar de julgar a justiça ta ai, claro que esta cega manca e um trapo, porem ainda é a justiça, mas como algumas pessoas sao mais perseguidas que outras faz o seguinte paga em juizo.... ou pega recibo dos pagamentos so assim ficara mais tranquilo... um grande abraço... nao gosto de vc como apresentador mas como pessoa nada contra....felicidades e sucesso ai nessa ardua tarefa de fiscalizar...

  • paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Fico pensando como deve estar a cabeça desse menino
    sim menino pode ter 19 anos ja pode ser um homem
    mais se vê claramente q o tratam como um fantoche querendo q ele se esponha á essa verdadeira humilhaçao, nao sei mais quem sabe as vezes tendo ate q mentir, tendo q fazer esse teatro essa atuaçao falsa, fico realmente com dó desse garoto me identifico muito com o seu problema ate pq tbm nunca tive um pai !!!

  • Cara de Pau | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Cara de Pau II | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • cara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acredito totalmente na versão do vereador porque bem sei do que é capaz uma ex-mulher e na incrível capacidade que um juiz, sempre conservador e preconceituoso, possui em ser o instrumento de vingança de uma magoada e irracional ex-mulher.

  • dejanira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Merece óleo de peroba.

  • FLORISBELO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • pedro bang bang | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    nao vou comentar a briga conjugal, ate porque isso pode muito bem ser armação contra o vereador... agora.vou comentar sobre esse vereador, um demagogo, um verdadeiro enganador do povo.

  • Alterio Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Político é uma raça estranha, levam ao pé da letra o ditado: faço uma limonada com o limão que me atirares.
    O cara foi preso pela falta de pagamento de pensão (coisa corriqueira nos dias de hj), e usa isso para conseguir espaço na mídia. Fica criando factóides, se dizendo um justiçeiro contra a gauchada que manda em Primavera do Leste, se fazendo de perseguido. É a escola zérriva de fazer política. Lamentável.

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.