Últimas

Quinta-Feira, 17 de Setembro de 2009, 13h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

CÂMARA DE CUIABÁ

Vereador apresenta projeto para impor regras à vigilância


A irmã de Reginaldo, Daniela Aparecida, e a mãe, Odaísa Queiroz, cobram Justiça e aprovação de projeto
Foto: Patrícia Sanches

   A morte do vendedor ambulante Reginaldo Donnan dos Santos Queiroz, 31, espancado por dois seguranças do Shopping Goiabeiras em 29 de agosto, motivou o vereador Levi Pires de Andrade, o Leve Levi (PP), a apresentar um projeto de lei que obriga as empresas de vigilância armada a arcar financeiramente com o acompanhamento psicossocial dos profissionais.

   Mãe do vendedor ambulante, Odaísa Queiroz esteve nesta quinta (17) na Câmara de Cuiabá para acompanhar a votação da proposta em caráter de urgência. “Nós esperamos que haja Justiça e que os responsáveis paguem por tudo o que aconteceu”, pede Odaísa. Segundo ela, o shopping não pagou até o momento qualquer tipo de indenização por danos morais. “A única coisa que o shoping nos ajudou foi com o pagamento do funeral. Mas se os seguranças não tivessem matado meu irmão, não precisaríamos disso. Ele era novo e saudável”, diz Daniela Aparecida Queiroz, irmã de Reginaldo.

   Ela garante que o acompanhamento psicossocial vai impedir que novas tragédias aconteçam. “Essa lei é muito importante para que não aconteça isso com mais ninguém. O meu irmão era uma pessoa honesta que só queria comer”, afirmou.

   Conforme Levi, a proposta vai complementar a legislação federal que estabelece os parâmetros para a atuação de empresas de segurança privada. “Esta lei regulamenta uma determinação federal. Não haverá ônus para a prefeitura porque os fiscais existentes podem ser responsáveis para que a lei seja cumprida”.

    O projeto determina que os estabelecimentos comerciais contratem apenas empresas de segurança devidamente autorizadas pela Prefeitura de Cuiabá e fiscalizadas pelo Ministério da Justiça, por meio da Polícia Federal. “A secretaria municipal de Esportes e Cidadania, após análise dos documentos, emitirá alvará de acompanhamento psicossocial do vigilante, com validade de 90 dias”, diz o projeto. Os empresários que não cumprirem a determinação, poderão ter o alvará de funcionamento cassado. (Patrícia Sanches e Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Luan | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    olha tem que mudar mesmo!!!!
    começando pelos uniformes dessa turma de segurança, tem algumas que ate confundem com a da PM, e nas boate os segurança so sabem bater e abusar dos frequentadores, tem que fiscalizar mais essa turma ai, por que pensam que são policia......

  • João batista(locutor JB) | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    diantes dos fatos ocorrido e comprovados
    pela polícia civil e de um trabalho brinlhante da delegada,vem a doutora juíza e concede
    prisão especial para o Jeffersom sem conferir se ele tinha ou não direito a esse beneficio.
    a pergunta que fica é seguinte:ele(Jeffersom)é policial?...tem curso seprior concluido e reconhecido pelo mec? só no Brasil isto acontece.

  • Carlos Roberto de Aguiar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse vereador deve contratar uma assessoria, pois nenhum edil pode legislar sôbre segurança, ele está querendo é aparecer e abocanhar um pouco de notoriedade a custa alheia. Tambem é de mau alvitre usar as inocentes parentes da vitima do shopping em legitima propaganda imoral e leviana, pois qualquer idenização a que fizerem jus, independe de qualquer lei municipal. Esse vereador deveria é enfiar a viola no saco e deixar de enganar.

  • Claúdia de Aquino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Família do Reginaldo: esse vereador demagogo está querendo usar vocês ÚNICA e EXCLUSIVAMENTE para fins político-eleitoreiros. Quando a secretária de tal vereador ligar para vocês façam o seguinte: desliguem o telefone na cara, pois é isso que aproveitadores desse porte merecem.

  • ROBSON ANTUNES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESTÁ USANDO A DESGRAÇA ALHEIA PRA SE PROMOVER ESTE LEVI LEVI...APROVEITANDO A OPORTUNIDADE O POVO IRÁ LEVAR ESTE OPORTUNISTA PRA BEM LONGE DA REPRESENTAÇÃO POPULAR !!!!!

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

4 com as maiores chances ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   Todos os principais candidatos ao Senado, na suplementar de 15 de novembro, para eleger quem ocupará a cadeira da cassada Selma Arruda, estão trabalhando com tracking eleitoral, metodologia que consiste, basicamente, em realizar pesquisas de intenção de voto por telefone de forma...

Polarização entre Gustavo e os Maia

gustavo mello 400 curtinha   Em Alto Araguaia, três disputam a prefeitura, mas a briga eleitoral está mesmo polarizada entre o prefeito Gustavo Melo (foto), do PSB, e Martha Maia (PP), irmã do ex-prefeito por quatro vezes Maia Neto. Júnior da Farmácia (PSL) corre por fora, mas sem chance de êxito nas urnas....

MAIS LIDAS