Últimas

Quinta-Feira, 20 de Agosto de 2009, 12h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

RONDONÓPOLIS

Vereador é investigado por agressões e porte de arma

Patrícia Sanches
Enviada Especial a Rondonópolis

João Gomes (PR), vereador e apresentador de TV   Mesmo denunciado pela ex-esposa, Veronice Alves dos Santos, pelos crimes de pedofilia, contratação de funcionários fantasmas na Câmara, distribuição irregular de casas populares e de agressão, o apresentador de TV e vereador mais votado por Rondonópolis (a 210 km ao Sul de Cuiabá), João Gomes (PR), responde criminalmente, ao menos por enquanto, por porte ilegal de arma. O Inquérito 210/2009 foi aberto em 14 de agosto, um dia após o parlamentar ser preso em flagrante depois que discutiu com Veronice, na rua Paulino de Oliveira, no bairro Cascalinho, em frente ao bar Nivas, por volta das 19h45. Outras denúncias feitas por Veronice não foram oficializadas junto à polícia, mas ganharam espaço nos veículos de comunicação. Segundo relato dos PMs que atenderam a ocorrência, estava havendo uma briga.

   Ao chegarem no bar perceberam que João e Veronice estavam exaltados. Ela portava uma faca de cozinha e chegou a ameaçar uma outra mulher que estava em companhia do vereador. Como os dois se nervosos, os policiais decidiram encaminhá-los ao Cisc. No trajeto, Veronice contou aos PMs que o apresentador de TV portava uma arma. Após a revista na caminhoneta S-10, de cor cinza, foi localizado um revólver Taurus calibre 38, sem origem conhecida, municiado com cinco balas.

   A arma estava acondicionada numa maleta embaixo do banco do passageiro. Ali, os PMs localizaram outras 6 munições. A arma não estava legalizada, apesar do parlamentar ter direito ao registro para portá-la, principalmente por atuar também como repórter policial. João Gomes foi preso e apresentado ao delegado plantonista Sebastião Lopes. Foi enquadrado no artigo 14, da Lei 10.826, de 2003, que veda o porte de arma de fogo a pessoas não credenciadas. Na presença de seu advogado, Ibiraci Nascimento da Silva, o apresentador de TV e radialista declarou que utiliza a arma por temer por sua segurança e que já planejava providenciar a sua regularização até dezembro, quando, segundo ele, vence o prazo legal para o registro.

  Com base nessas informações, o delegado Juliano Silva Carvalho, que assumiu as investigações, determinou a instauração do inquérito, requisitou a perícia na arma e munições, além de exames de corpo e delito. Carvalho encaminhou toda a documentação à Delegacia de Defesa da Mulher para que seja investigado possíveis agressões de João Gomes à ex-esposa. O apresentador de TV saiu da prisão após pagar fiança de R$ 2,5 mil. O alvará de soltura foi expedido pelo juiz Luis Antônio Sari. Segundo o inquérito, foi apreendido com João R$ 1,8 mil em notas de R$ 50, e ainda um canivete, 11 munições e um revólver. Já com Veronice foi encontrada uma faca de cozinha.

    Oitivas

    Agora o delegado está ouvindo as testemunhas. Deve finalizar o inquérito até a primeira quinzena de setembro. Caso indicie João Gomes, caberá ao Ministério Público denunciá-lo ou não. Já no âmbito do Legislativo, o vereador enfrenta investigação da Comissão de Ética. Pesa contra ele acusação de quebra de decoro parlamentar em decorrência dos incidentes e denúncias feitas por Veronice. Nesta quarta (19), a Câmara recebeu três representações e deve dar início aos trabalhos já na próxima semana. Em verdade, agora o futuro político do republicano, que é um dos afilhados políticos do deputado federal Wellington Fagundes (PR), está nas mãos de Veronice e dos demais vereadores. A tendência é que a pressão popular seja cada vez maior para que as denúncias sejam apuradas. No caso do porte de arma, João Gomes pode ser condenado a reclusão de 2 a 4 anos, além do pagamento de multa.

-------------------------------------------------------
Clique aqui e leia a íntegra do BO registrado pela PM contra o vereador

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • João Traira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Querem uma sugestão para minar o pedófilo e o Deputado? comecem aí em ROO um movimento para a população boicotar o programa que ele apresenta na rede record. Isso para eles dói mais do que perda de mandato.

  • dejanira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    População não vamos confiar nos colegas vereadores do João Gomes, senão vai dá em nada, já ouvimos o Mohamed e Pitione falarem
    Vamos procurar o Ministério Público e pedir uma investigação pois alí é sério.
    Não podemos deixar passar esta oportunidade
    de investigar todos os vereadores da câmara.

  • abgail | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    romilson esse cara nao pod ficar impune e ja fez muita maldade na tv acusando inocentes so por dinheiro e sensacionalismo. Todo mundo em rondonopolis sabe que ele sai com criancas mas ficam com medo de denunciar pois e protegido do deputado welleton

  • Miguel Gurgel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0




    SOMOS MAIS UMA VEZ VÍTIMAS DE UM DEMAGOGO Q UTILIZOU DO TRAMPOLIM DA TELEVISÃO, PARA DAR VEXAME AO POVO DE RONDONÓPOLIS!

  • Beatriz Castro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O VEREADOR E APRESENTADOR DE TV JOÃO GOMES É UM HOMEM DE HÁBITOS POPULARES, FOI ELEITO VEREADOR, MAS CONTINUA COM A SUA VIDA DE HOMEM COMUM. ACORDA CEDO APRESENTA O SEU PROGRAMA DE RÁDIO, APRESENTA NO HORÁRIO DO ALMOÇO O SEU PROGRAMA DE TV, NO PERÍODO VESPERTINO DÁ EXPEDIENTES DA CÂMARA MUNICIPAL E NOITE SE REÚNE SEUS AMIGOS E ACESSORES PARA TOMAREM AS SUAS CERVEJINHAS. ATÉ AÍ...TUDO NORMAL. O PROBLEMA É QUE O VEREADOR NÃO SE DEU CONTA QUE ELE É UM HOMEM PÚBLICO. UM HOMEM PÚBLICO TEM QUE DAR EXEMPLOS. EXEMPLO COMO HOMEM, MARIDO, PAI, POLÍTICO E HOMEM DE RÁDIO E TV. AMIGOS LEITORES DO RD NEWS, NA ATUAL SITUAÇÃO EM QUE VIVEMOS EU DIRIA QUE ESTAMOS VIVENDO O SINAL DOS TEMPOS. TEMOS QUE FECHAR TUDO... CÂMARAS MUNICIPAIS, ASSEMBLÉIAS LEGISLATIVAS, CÂMARA FEDERAL, SENADO FEDERAL E EXECUTIVOS MUNINCIPAIS, ESTADUAIS E FEDERAL. A CULPA DE TUDO ISSO QUE ESTÁ OCOREENDO NO NOSSO PAÍS??? É NOSSA!!! POR QUÊ??? PORQUÊ VENDEMOS O VOTO POR QUALQUER MICHARIA, IDOLATRAMOS NOSSOS POLÍTICOS, NÃO COBRAMOS PROMESSAS FEITAS E POR AÍ VAI... !!! O ELEITOR PRECISA APRENDER A VOTAR, NÃO SE VENDER, SABE QUANTO CUSTA UM ELEITOR PARA O POLÍTICO??? 20 REIAS, ESTOURANDO 50 REIAS QUE É O VALOR QUE OS POLÍTICOS PAGAM POR UM VOTO. NO DIA EM QUE OS PROGETOS E IDEOLOGIAS POLÍTICAS VENCEREM A CORRUPÇÃO TEREMOS UM PA´SI SÉRIO. O BRASIL PRECISA DE HOMENS SÉRIOS, NÃO SÓ POLÍTICOS, MAS ELEITORES TAMBÉM.

  • José Virgulino Assis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    ainda tem a cara de pau de ter um programa de televisão para falar de moral e bons costumes!
    niguém merece esse cara!

  • emihlio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    estava vendo alguns comentários de colegas falando da impresa local essa imprensa aceita tudo porque ela não faz nada . não afasta este pedófilo.não ele trás muita audiência será que o deputado vai compartilhar isso tem tantos proficionais bons por aí,

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

Deputado agora pula de palanque

elizeu nascimento 400 curtinha   O ex-vereador e hoje deputado estadual Elizeu Nascimento (foto), que amargou a oitava colocação na disputa ao Senado na eleição suplementar do último dia 15, mudou de lado, como se troca de camisa. Em princípio, era apoiador do projeto de reeleição do prefeito...

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...