Últimas

Quinta-Feira, 21 de Maio de 2009, 20h:07 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

TRE

Vereador em Paranatinga recupera cargo junto ao TRE

   O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) acatou nesta quinta (21) o recurso do vereador eleito por Paranatinga, Marcello Dias Pereira (DEM), que foi cassado em primeira instância por compra de votos e multado em R$ 10,6 mil. Com essa decisão, ele assume o posto de parlamentar. Eleito com 484 votos, o democrata acabou denunciado pelo Ministério Público Eleitoral por envolvimento em uma suposta negociação para compra de votos na residência do prefeito eleito Vilson Pires (PRP).

   Conforme a denúncia, uma pessoa conhecida por Rosimeire anotou em um caderno dados de aproximadamente 80 eleitores, com número de título de eleitor e seção eleitoral. Segundo testemunhas, os votos eram comprados por R$ 50. Na defesa, o prefeito eleito contestou os depoimentos, negou gastos irregulares na campanha e garantiu que Rosimeire não pertencia ao seu comitê financeiro, assim como o candidato a vereador Marcello Pereira. No entanto, em depoimento à Justiça Eleitoral, o vice-prefeito Jaime Dias Pereira afirmou que Rosimeire foi auxiliar da campanha de Marcello Dias com a incumbência de remunerar as pessoas contratadas. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Ze Maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E justiça só em Brasilia, porque aqui no Mato Grosso, a justiça passou longe...tá tudo liberado de novo... pode distribuir dinheiro, material de contruçao a vontade...Essa decisao do TRE é um tapa na cara dos Homens honestos de Paranatinga, que ainda tem a sensibilidade de se indignar com as coisas erradas.Começou muito mal na política né SR Marcelo Dias.

  • maria joão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    isso é o cúmulo, com tanta pro va contundente de compra de votos ele foi liberado! só falta mesmo é liberarem vilson pires...socoooooorrrrooooo!!!

  • claudio teodoro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Povo_de_paranatinga | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não merece nem comentários.
    O Ministro estava certo...
    em MT ainda mandam os corruptos.
    até quando...Deu Deus.

  • Paranatinga vale tudo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Paranatinga, mais uma vez ficou provado na que na politica mandar quem tem poder de fogo ou melhor dinheiro para gastar com a JUSTIÇA. Assim não sabemos se esta certo comprar votos, mais aqui vale ate fazer caderno com nomes dos eleitores.

  • Ze Maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    VEJA A PARTE DA DECISAO DO PRESIDENTE DO TRE-MT:quem ja atuou no interior do estado sabe como sao comuns essas reunioes politicas, ate mesmo para contrataçao de pessoal para atuarem como cabo eleitoral no dia da eleiçao...Sr: Presidente poderia me explicar: porque anotar o numero do títulos das pessoas?????????e comum também reter os titulos das pessoas????????unica coisa que ta si tornando comum nesse TRE é a enrolação pra votar os processos que interessa a sociedade.

  • Ze Maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Atençao Jaiminho: Caminho livre pra voce:::::: como o Marcelo passou, agora vocês passam o Vilson fassim fassim Como ele já tá batendo recordes de processos por improbidade, Você será nosso Prefeito:rsrsrs Qualquer um é melhor do que esse sadan: pode ser Jaiminhio ou Carlinhos tanto faz. o importante é esse prefeito e sua amasiada, persiguidores: vassar fora da prefeitura: lá e lugar de Homens Digno, fora demagogo.

  • Paranatinga sem rumo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    EH, Esta e a Paranatinga que nois conhecemos, não vai ser uma cidade seria nunca, pois aqui em alguns caso o poder não vem com o voto, mais sim com o dinheiro. sera que um dia vai mudar essa triste realidade?

  • maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Ser. Presidente do TRE que vergonha, pessoas como vc que o nosso pais precisa banir do poder, levou quantos R$R$R$R nessa? Pior de tudo e a sua justificativa, poderia pelo menos ficar de boca fechada. Bem se ve que vc nao sabe de nada de Lei Eleitoral.

  • Rosa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.