Últimas

Segunda-Feira, 02 de Abril de 2007, 07h:12 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

VARIEDADES

Vereador interpela professor por comentários em sala-de-aula

    O vereador por Cuiabá, Lúdio Cabral (PT), encaminhou uma notificação extrajudicial ao diretor-executivo da Fundação Educacional de Cuiabá (Funec), professor Sérgio Cintra, por este, em sala-de-aula, ter dito que, "ao invés de fazer críticas ao Cuiabavest, Lúdio deveria trabalhar". O parlamentar entendeu os comentários de Cintra como calúnia, injúria e difamação. Sérgio Cintra se diz indignado com a interpelação do vereador e avisa que não vai fazer retratação. Confira matéria acima.

   Na notificação, Lúdio conta que ficou sabendo das críticas do professor de Literatura por meio de alunos que frequentam o cursinho pré-vestibular, o Cuiabavest, ministrado no espaço cultural Silva Freire, pólo Coxipó. O fato se deu em 21 de março, no período noturno. Estavam presentes cerca de 250 pré-vestibulandos. Segundo o parlamentar, Cintra afirmou que "o vereador Lúdio Cabral não trabalha, que é contra e quer acabar com o Cuiabavest".

   O petista afirma que as "acusações imputam qualidade negativa, fato inverídico e que ofende a dignidade da pessoa do parlamentar, cometendo crime de calúnia, injúria e difamação". No documento, Lúdio enfatiza que "atua a favor da educação, pois entende que só assim o cidadão se libertará de toda a forma de exploração". Diz ainda que "desde 2005 é membro da Comissão Permanente de Educação, Cultura e Saúde da Câmara Municipal de Cuiabá e atualmente seu presidente".

   Em outro trecho da notificação de duas páginas, Lúdio Cabral escreve o seguinte: "como representante do povo cuiabano exerço o meu dever de fiscalizar os atos do poder executivo municipal, além de formular e debater proposições legislativas com o objetivo de garantir e ampliar direitos aos cidadãos e cidadãs que vivem em Cuiabá". Em seguida, conclui" "Além disso, através da forma da comissão permanente, cumpro a finalidade regimental de dar parecer e debater através de audiências públicas o mérito de projetos educacionais, culturais, desportivos, de saúde pública, saneamento básico, assistência e previdência social do município".

    Por fim, o vereador oposicionista requer que Sérgio Cintra, faça retratação na mesma sala, com texto lido e previamente elaborado pela assessoria do parlamentar, para quem é vítima das acusações, sob pena de impetrar ação por responsabilidade civil e penal contra o professor.

Confira abaixo a íntegra do texto que Lúdio exige ser lido por Sérgio Cintra em sala-de-aula como retratação

     "Diferente do que afirmei aqui, o vereador Lúdio Cabral, do Partido dos Trabalhadores, não é contra e não quer acabar com o cursinho pré-vestibular, o Cuiabavest. Tudo o que disse contra o vereador não é verdade e não tem qualquer fundamento.

    Lúdio Cabral é médico sanitarista formado pela UFMT, estudou durante toda a vida em escolas públicas, trabalha exclusivamente no sistema público de saúde e defende toda iniciativa que vise ampliar direitos e oportunidades à população trabalhadora.

    Como vereador, cumpre o seu dever de fiscalizar com rigor as ações do Poder Executivo municipal e a tarefa de produzir leis que garantam e ampliem direitos à cidadania.

    Ele está à disposição de todo cidadão e cidadã para prestar contas do seu trabalho médico da rede pública municipal e como representante da população na Câmara Municipal, tarefas públicas que exerce com dedicação, responsabilidade e obstinação".

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.