Últimas

Terça-Feira, 28 de Abril de 2009, 13h:21 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CÂMARA DE CUIABÁ

Vereador Levi rebate denúncias sobre formação de caixa 2

   O vereador Levi Pires de Andrade (PP) rebateu nesta terça (24) a declaração feita pelo também vereador Ivan Evangelista (PPS), que atribuiu ao progressista a coordenação da campanha do candidato a prefeito de Cuiabá derrotado nas urnas em 2004, Alexandre César. “Segundo ele, quem deu as declarações e quem escreveu a reportagem deve estar com o cérebro afetado pela febre suína e, por isso, delirou”, disparou.

  Já por telefone, em entrevista ao RDNews, o parlamentar se mostrou mais tranquilo. Ele reforçou que o PMDB, partido a quem era filiado à época, não definiu candidato de apoio para o segundo turno. “Como fiquei livre, apoiei o prefeito Wilson Santos, por isso não poderia ter coordenado a campanha de Alexandre César”. Após ser acusado pelo líder comunitário Marcrean dos Santos Silva de ser um dos articuladores da campanha do petista em 2004, o vereador Ivan Evangelista jogou a “batata quente” nas mãos do deputado Roberto França (sem partido), de Cláudio Pires, ex-presidente do Iomat, e dos vereadores Francisco Vuolo (PR) e Leve Levi (PP) - confira mais aqui. Todos negaram qualquer tipo de envolvimento com a campanha de Alexandre César e na formação de caixa 2.  Marcrean, que aparece na contabilidade do caixa 2 da campanha de Alexandre César, confirmou o pagamento de R$ 100 a 60 pessoas. Ele alega, porém, que seguiu apenas ordens de Evangelista, de quem era assessor na época - saiba mais aqui. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • jean bruno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • FRANK SABIÁ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FUI VOLUNTÁRIO NA CAMPANHA DE WILSON SANTOS EM 2004, E LEMBRO-ME BEM DO PROF.LEVE LEVI NA COORDENAÇÃO, JUNTO COM EDIVÁ E ANDELSON GIL, LÁ NA FILINTO MULLER PRÓXIMO DO PARQUE MÃE BONIFÁCIA, INCLUSIVE FOI AMEAÇADO NA ÉPOCA DE EXPULSÃO PELO PMDB, COMANDADO POR TOTÓ PARENTE, QUE FOI APOIAR A.C. NO FIM WALTER RABELLO,QUE ERA DO PMDB, DECLAROU APOIO AO EX-GALINHO, AÍ ESQUECERAM A HISTÓRIA CONTRA O VEREADOR LEVI, QUE NA ELEIÇÃO DE 2004 TEVE MAIS 4.000 VOTOS E NÃO FOI ELEITO. E TENHO DITO.

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.