Últimas

Quarta-Feira, 26 de Dezembro de 2007, 19h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

JUDICIÁRIO

Vereador Poção vai à Justiça para anular sessão

Luiz Poção (PP), vereador por Cuiabá  O vereador Luiz Poção (PP) ingressou nesta quarta (26) com um mandado de segurança com pedido de liminar junto à 1ª Vara da Fazenda Pública da Capital para anular a sessão da Câmara no último dia 17. Segundo ele, a presidência do legislativo atropelou o Regimento Interno, que determina que os projetos devem ser entregues aos parlamentares 24 horas antes da votação. "Recebi as mensagens do Executivo poucas horas antes da votação", observa.

   Poção, que integra a Mesa Diretora como primeiro-secretário, lembra que nessa sessão os vereadores votaram 20 projetos da administração Wilson Santos (PSDB), inclusive a de suplementação de R$ 29 milhões na Lei Orçamentária Anual de 2007. "Não concordei com essa suplementação, pois já foram liberados 20% de ramanejamento para o prefeito trabalhar e, agora, ele (Santos) pede mais R$ 29 milhões. Isso é um absurdo". 

   O parlamentar conta que solicitou junto à Mesa, através de Comunicação Interna, a cópia do protocolo de entrega das mensagens da pauta das duas sessões extraordinárias realizadas em 17 de dezembro e ainda a cópia da fita ou cd com a gravação em áudio ou vídeo. Até agora, porém, não foi atendido. "Durante a sessão questionei e pedi, na tribuna, mas eles não quiseram me entregar. Quis oficializar o pedido, mas não me atenderam, então resolvi entrar na Justiça para conseguir".

  No pedido de liminar, Poção argumenta que foi comunicado quanto à alteração da Ordem do Dia às 14h47, quando à sessão deveria começar às 14h. "As matérias foram votadas e aprovadas pelos parlamentares que compõem a base de sustentação do Executivo sem qualquer análise mais cuidadosa", argumenta.  Segundo o vereador do PP, a expectativa é de que até a próxima sexta (28) a Justiça já tenha deferido seu pedido de liminar e, assim, torne nulo todas as mensagens aprovadas naquela sessão. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • ANTONIO KUHNEN NETO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro vereador Luiz Poção.
    Parabenizo-o pela louvável iniciativa em devolver aos cofres públicos o dinheiro recebido por duas horas de trabalho extraordinário na Câmara Municipal. É um exemplo a ser seguido por seus pares. Esta prática vergonhosa de sessão extraordinária tem que acabar, para o bem da democracia!

  • Frederico Honório da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É bom saber que ainda temos vereadores sérios como o Luiz Poção. Quero dizer ao ilustre vereador que os comentários contrários à sua posição só podem ter partido de pessoas com o "rabo preso" com o prefeito Wilson Santos. Porque ir contra um vareador que devolve dinheiro recebido de forma injusta por apenas duas horas de sessão extraordinária? Se a Caãmara trabalha o ano todo porque o prefeito não manda as mensagens em tempo hábil? Poção, continue assim: sério e honesto. É de parlamentares como você que nossa querida Cuiabá precisa.

  • Jushi Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os demais vereadores de Cuiabá deveriam tomar vergonha e fazer o mesmo que fez Luiz Poção. Não se pode deixar o prefeito Wilson Santos fazer gato e sapato da Câmara, atropelando o Regimento Interno. Cadê a Democracia? No lugar dele eu também devolveria o dinheiro pago, vergonhosamente, com as duas horas de sessão extraordinária. Isso tem que acabar. Pro Pção eu tiro o chapéu.

  • Rui Matos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro amigo Romilson, enviei um comentário sobre a iniciativa do Poção. Não foi aprovado?

    Grato,

    Rui Matos, jornalista

  • Beto Amorim | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vereador Poção, amadureça, até nós leigo, quanto ao Orçameno, podemos categoricamente afirmar que ele é mutável, é Projetos e Emendas que são liberadas e é necessário a contrapartida do município, obras de extrema urgência, sem contar que a nossa VERDE CAP, cresce em damasia. Quer visibilidade? Faça projetos, ajude administrar Cuiabá.

  • SILVIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ISSO SÓ SERVE PAA ESTAR NA MIDIA, O NOBRE VEREADOR PODERIA SE PREOCUPAR MAIS COM PROJETOS PARA CUIABÁ..... O POVO NÃO VAI ACEITAR ESTAS LOROTAS DE NOVO....

    NOBRE VEREADOR JÁ ESTA QUASE TERMINANDO O MANDATO E NADA... CHEGA DE NEGOCIATAS, VISANDO BENEFICIOS PROPRIOS... WILSON TEVE AS CONTAS DA PREFEITURA APROVADAS PELO TCE POR UNANIMIDADE.... NÃO ADIANTA PRECIONAR PARA GANHAR ALGUNS CARGUINHOS

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...