Últimas

Quarta-Feira, 27 de Junho de 2007, 11h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

ARTICULAÇÃO

Vereador se diz surpreso com a decisão do PT

Lúdio diz que a Executiva sabia que Enelinda não iria estar presente na sessão que arquivou denúncia contra Lutero

     O vereador por Cuiabá, Lúdio Cabral, disse que sua relação com o PT não está estremecida, admite desgaste por conta da polêmica em torno das investigações contra a Mesa Diretora da Câmara e garante que atua com disciplina partidária. Lúdio está em rota de colisão com a colega parlamentar Enelinda Scala, depois que o plenário, com aval da maioria dos vereadores, arquivou a representação petista propondo investigação contra o presidente da Câmara, Lutero Ponce (PP).

     Os embates se intensificaram no PT por conta das eleições internas e também motivados pela sucessão de 2008. Correntes internas acusam Lúdio de tentar "blindar" Lutero, acusado de supostamente ter cometido atos de improbidade enquanto primeiro-secretário da gestão Chica Nunes (PSDB). Lutero nega terminantemente qualquer ato ilegal.

   "Não quero polemizar com o PT e nem com os demais vereadores", diz Lúdio Cabral, que assegura atuar seguindo orientação partidária. Ele explica que até janeiro deste ano participava da reunião da executiva municipal porque era líder da legenda na Câmara. Com a chegada de Enelinda, que se efetivou na cadeira de Valtenir Pereira, eleito deputado federal, Lúdio fez acordo para a colega assumir a liderança neste ano. "Desde então, não tenho acompanhado a agenda da Execitiva do PT. Só fiquei sabendo dessa decisão de cassar (o vereador Lutero) depois. Há pessoas que falam até que não houve unanimidade na decisão e outras que garantem que sim. Como eu não participei (da reunião da executiva), não sei dizer o que, de fato, ocorreu".

    Lúdio afirma que ficou surpreendido com a decisão rápida do PT. "Fiquei sabendo que o partido estava estudando a possibilidade de entrar com pedido de cassação, mas eu não sabia que seria pautado para isso. Fui surpreendido. Alias, esse encaminhamento poderia ter sido melhor trabalhado. O PT sabia que a Enelinda (que faltou à sessão no dia da apreciação do pedido) não estaria aqui", destacou o vereador. Afirma que, mesmo sem conhecimento do processo, por disciplina partidária votou pela abertura de processo contra Lutero.

    "Esse processo me trouxe uma série de prejuízos para o meu mandato e também para a Enelinda e para o PT. Essa repercussão está sendo negativa para todos", diz Lúdio, que nega qualquer vínculo com a Mesa Diretora. "Se houvesse construção de mais diálogo, a coisa estaria mais tranquila. Para mim, a questão está encerrada", diz o parlamentar petista.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se atenha aos fatos seu Ludio.... Chica Nunes nao esta sozinha nessa. Estao tentando por "panos quentes" se chica abrir a boca ela leva meia duzia com ela, até o prefeito tem medo do que ela pode falar.
    CPI - JÁ.

  • Ronaldo Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O PT está na vala cheio de lama, precisa sair deste mar lama...

Prefeito Beto faz mistério sobre apoio

beto farias 400 curtinha   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (foto), que está no segundo mandato e com a popularidade em alta, não revela quem apoiará para a disputa à sucessão, nem para aqueles aliados mais próximos. Quando perguntado, o emedebista costuma dizer que não está...

Filho de ex-prefeito, enfim, é cassado

thomaz 400 curtinha   Quase dois anos depois de cassado, enfim, o vereador tucano de Chapada dos Guimarães, Thomas Jefferson Xavier (foto), deixa efetivamente o cargo. O juiz Ramon Fagundes Botelho, da 34ª Zona Eleitoral, determinou, em decisão da última quinta (7), que a presidência da Câmara convoque de...

Bolsonaro, partido, Barbudo e Galli

nelson barbudo 400 curtinha   Da bancada federal de MT, composta por 11 parlamentares, apenas um deve acompanhar o presidente Bolsonaro para outro partido: Nelson Barbudo (foto). Ele vai sair do PSL junto com o capitão. A intenção de Bolsonaro é de se desfiliar e ficar um bom tempo sem partido. Até lá...

Prédio da Câmara receberá decoração

misael 400 curtinha   A Câmara Municipal de Cuiabá vai gastar R$ 41 mil com decoração natalina. E quem executará os serviços para deixar o prédio do Legislativo todo iluminado é a Capriata de Souza Lima & Souza, vencedora do pregão eletrônico. Com seus 25 vereadores, 521...

Avalone aposta em Nigro pra prefeito

carlos avalone 400 curtinha   Carlos Avalone (foto), hoje vice-presidente da Executiva estadual do PSDB, está cheio de planos como futuro presidente tucano. Já anunciou que em fevereiro Paulo Borges renuncia ao comando partidário e, então, passa a tocar a legenda no Estado e com a missão de coordenar os trabalhos...

"Choque" de agenda de EP e de MM

mauro mendes 400 curtinha   Prefeitos e primeiras-damas estão sendo convidados para dois eventos programados para o mesmo dia e horário, em Cuiabá. Um partiu do prefeito Emanuel Pinheiro, que entrega 100% do Hospital Municipal de Cuiabá em 18 de novembro, às 20h, e espalhou convites para tanto gestores municipais,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.