Últimas

Terça-Feira, 21 de Agosto de 2007, 10h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

INVESTIGAÇÃO

Vereadora recolhe panfletos para evitar processo

Vereadora Enelinda Scala tenta evitar processo    Na tentativa de não ser denunciada por propaganda extemporânea e por uso indevido da logomarca do governo federal, a professora aposentada e vereadora petista por Cuiabá, Enelinda Scala, mandou recolher cerca de cinco mil panfletos que havia produzido sobre o programa Farmácia Popular do Brasil. O material distribuído traz a logomarca do governo, com o símbolo do PT, e também a logomarca de campanha de Enelinda. O panfleto destaca também o endereço eletrônico da parlamentar - clique aqui e confira.

    Em 2004, Enelinda não conseguiu se reeleger. Teve 2.371 votos e ficou na primeira suplência. Com a eleição do então vereador Valtenir Pereira (ex-PT e hoje no PSB) para deputado federal, Enelinda se efetivou na vaga a partir de fevereiro deste ano. Assim que soube, por meio de matéria no RDNews, da representação prestes a ser protocolada na Justiça, a vereadora começou a se articular, sob orientação do seu advogado Hélcio Correia Gomes, membro da atual diretoria da OAB/MT.

     Enelinda manteve contato com alguns membros do Movimento Cívico de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), no sentido de demovê-los da idéia de denunciá-la. Ela teme desgaste e também o constrangimento de enfrentar processo, como já ocorreu com os seus colegas petistas, vereador Lúdio Cabral, deputado estadual Alexandre Cesar e o federal Carlos Abicalil. Os três foram denunciados pelo MCCE também por propaganda extemporânea e por uso indevido da logomarca do Programa Universidade para Todos (ProUni).

     Reação

Antonio Cavalcante, o Ceará, do MCCE    Um dos coordenadores do MCCE, Antonio Cavalcante, o Ceará, disse que Enelinda, de fato, ligou para algumas pessoas para se explicar e convencê-los a não protocolar a denúncia junto à Justiça Eleitoral. "Mas, para mim, ela (Enelinda) não ligou. Se há provas claras e contundentes se faz ,sim, a representação, não importa quem seja". O coordenador observa que, mesmo que a parlamentar tenha determinado o recolhimento dos panfletos com propaganda irregular, isso não impede de ser denunciada à Justiça. "Se ela retirou os panfletos de circulação que explique isso para a Justiça", avisa Ceará, disposto a protocolar a representação contra a vereadora. Ele destaca que o MCCE já tem em mãos os panfletos tidos como prova da propaganda eleitoral fora de época, do uso irregular de símbolos e do programa do governo federal.

    Resta saber agora, diante do pedido de Enelinda para se submeter, caso necessário, ao ajustamento de conduta, se Ceará vai se compadecer da Madalena arrependida.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Ricardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    De novo essa fotografia??? é prá acabar mesmo. Romilson, vc está fazendo sacanagem.
    Tem muitos políticos que usam fotografias de 20, 30 anos atrás. Porque ela não faz o mesmo???

  • GILMAR | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Calma apresadinhos o companheiro Ceara é so um, mão tem vencimentos de R$ 15.000,00 ou 20.000,00,nem secretária e acessores,depende das horas vagas do poreta Advogado Vilson Neri,existem muitas representações a serem feitas,os criticos vão dar com a LINGUA nos dentes,aguardem....
    Que tal vários Cearas na Justiça Eleitral,TRE,Mnistério Público Eleitoral e outros. Com aquela estrutura.
    Cadê a turminha do PT que era contra a Corrupção?Tomaram DORIL ou gostaram do Poder.como diz o ditado quer conhecer o Cidadão de a ele um CARGUINHO.



  • Antonio Cavalcante Filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cada dia que passa aumenta o sentimento de repugnância que venho sentindo pelas disputas políticas partidárias. A luta pelo o poder que é a única razão de ser das intrigas, retaliações e paixões mesquinhas entre todos os partidos, está bem ai, expostas, como as vísceras de um cadávere. Quem observar com atenção os argumentos feitos pelos comentadores desta matéria, verá que não passa de picuinhas de politicoides gladiando-se pelo o poder. É lamentável, mas, o que parece, é que, como nunca, estamos entregues à fome insaciável dos urubus. É de dá nojo e repulsa os sentimentos rasteiros desses debatedores.

    !Para a intranqüilidade e maior desespero de todos, quero afirmar que, seja a vereadora Enelinda, ou qualquer outro que infringir a legislação, o MCCE irá apresentar denuncias aos orgãos competentes. É só esperar pra ver.

  • Kelly Correa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson, prezo muito pelo seu site, mas voce se prestar a fazer trabalho para o PT ai já é demais. Em falar nisso eu tbem quero saber de onde sai o ganha pão dos paladinos da moralidade Gilmar Bruneto e Ceará, inclusive este último não paga pensaão as suas ex-mulheres há mto tempo seria até bom que ele se lembrasse disso e desse um pulinhho até elas para ver os teus filhos passando fome. Concordo com a moralidade porem partindo de gente decente e ão de falsos moralistas como estes.Eles negociam as denúncias e é assim que eles sobrevivem. É uma pena.

  • Helena Maria Bortolo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Na condição de presidente do Sintep Subsede de Cuiabá - Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público- não poderia me furtar neste momento, de esclarecer e defender as atividades e posições dos membros do MCCE. Oxalá se todos os cidadãos deste país tivessem a coragem e ousadia destes nobres companheiros.Com certeza, as representações das mais altas instituições teriam outras posturas diante da sociedade. Precisamente quero esclarece que, o senhor Antonio Cavalcanti Filho, mais conhecido como Ceará, é funcionário registrado deste sindicato, com uma jornada de 40horas semanais. Além de cumprir as demandas pertinentes a sua função, parte da sua jornada é destinada também as atividades do MCCE,uma vez que este sindicato é parceiro do movimento. Nada mais justo garantir a sua atuação nos momentos mais importantes do movimento, visto que a direção do Sintep Subsede de Cuiabá atua fortemente também na fiscalização dos recursos destinados à educação deste município. Fiscalizar, fazer cumprir as leis e melhorar os mecanismos de controle social é um exercício de cidadania.É preciso dar um basta na corrupção neste país e cobrar efetivos mecanismo de punição dos corruptores. Portanto, tenho orgulho de ter no sindicato da qual presido, um funcionário assíduo, eficente, comprometido e mais, um verdadeiro cidadão brasileiro- o senhor Ceará.

  • Thaynã Cailos Cavalcante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É engraçado como se diz ex-mulheres com naturalidade. Vindo de uma pessoa que não se identifica por completo. Um ataque direto desses deveria ser formal e não às escondidas.
    “Kelly Correa”, se é que vem a ser seu nome mesmo. Quem está passando fome? Fico surpreso com tal notícia. Acabo de descobrir que venho a estar passando fome juntamente com minhas irmãs.
    Sabe? É uma coisa que vem a ser engraçado, pois faz um debate sério se tornar coisa de criança. Ataques impróprios à vida pessoal de pessoas que nada mais faz do que procurar resolver os problemas sociais cortando os males pela raiz.
    Esses ataques diretos ao meu pai, a sua própria vida pessoal apenas me angustia. Acredito que não encontram mais a onde ataca-lo, sabendo-se que não existe brecha em sua vida publica em que possam estar usando contra ele. Recorre-se assim a velhos golpes conhecidos politicamente, que é o ataque a vida pessoal. Isso é e sempre foi nada mais nem menos do que uma velha tática de esquiva ao assunto principal, em que se tenta desviar a Síntese principal e amenizar os olhares ao que realmente se deve ser prestado atenção.
    Olha "Kelly Correa", não fale da vida pessoal de meu pai, pois se nem eu nem minhas irmãs nunca tivemos o que reclamar dele, quem você acha que é para tocar em tais assuntos?
    Eu como um filho que ama seu pai, sempre o vi como um grande Herói. E é assim que irei lembra-lo sempre.
    "Um Homem que não virou as costas aos problemas do povo, nem mesmo quando o povo, a quem defende decidiu lhe atirar Pedras."
    Eu realmente não gostaria de me expor, mas já que insiste más línguas desinformadas estou aqui, filho mais velho do Antonio Cavalcante Filho (o Ceará), aberto a debates de "Meros Falastrões"!

    Obs: Tenho certeza que o que falo aqui, não será nem mais nem menos do que o mesmo que se pensa minhas três irmãs.

  • Silvia Marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que a população não sabe é que a Vereadora Enelinda Scalla do PT faz parte da mesma tendência Utopia e Vida do Advogado Vilson Nery um dos coordenadores do MCCCE e membro da OAB-MT, e que são declarados inimigos do campo político Articulação Unidade na Luta ou Campo Majoritário do PT como é mais conhecido, e que tem nos Deputado Federal e Estadual Carlos Abicalil e Alexandre Cesar, respectivamente e também no Secretário de Estado de Educação Ságuas Moraes, seus principais representantes. Agora é que eu quero ver, se não denunciar a vereadora ficará público e notório que a denúncia protocolizada anteriormente contra Abicalil, Alexandre Cesar e contra o vereador Lúdio, todos do PT, integrantes da outra tendência que não a do Vilson Nery, não passou de retaliação, perseguição política, jogo sujo por parte daquele que está aproveitando de um movimento como o MCCCE para travar disputa que deveria ser restrita à agremiação partidária para fora do PT na tentativa de desgastá-los perante a sociedade, ou seja, assumir uma postura oportunista para lançar o chamado "FOGO AMIGO". É LAMENTÁVEL A POSTURA DESSE ADVOGADO VILSON NERY, A OAB/MT NÃO PODE SE OMITIR FRENTE ESSA VERGONHA, SOB PENA DE TOTAL DESCRÉDITO NESTE MOVIMENTO QUE ATÉ ONTÉM PARECEU SER "SÉRIO"...

  • Luiz Artur | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Duvido o MCCE levar isso adiante....aposto com quem quizer...e queria que o RDNEWS ficasse de olho para ver se realmente vai ser protocolado essa denúncia na justiça...
    estou no aguardo...

    abraços

    Luiz Artur Ribeiro

  • Joaquim Latorraca | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Silvia

    Você devia deixar de mentira. O Vilson Nery não é do "Utopia e Vida".

    E você deveria assumir que você é ASSESSORA de Carlos Abicalil...

    Vc acha que o carlos Abicalil NÃO deveria ser processado só porque paga seu salário.

    Joaquim

  • Liz Maria Moura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pessoal a Vereadora Enelinda deve ter recebido orientação de sua "Nova Assessora Parlamentar": Girlene Ramos

    Girlene Ramos foi presidente do PT Estadual e é a Capa da "Unidade na Luta"- Grupo de Carlos Abicalil e Alexandre César.

    Girlene e Enelinda foram colegas de Direção no PT. Quando a Girlene foi Presidente a Enelinda foi sua Vice- Presidente com muita competência.

    Enelinda apoiou Girlene contra a candidata Serys em 1999 quando Serys perdeu a eleição para Girlene.

    Fui filiada no PT e me lembro muito bem disso!

Comitê chama órgãos fiscalizadores

emanuel pinheiro 400 curtinha   Para colocar fim às críticas sobre suposta falta de transparência na aplicação dos recursos transferidos a Cuiabá pelo governo federal com vistas ao enfrentamento à pandemia, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) determinou que seu secretário de Saúde, Luiz...

PT sob risco de não eleger ninguém

marcos viana 400 curtinha   Mesmo tendo cabeça de chapa para prefeito, no caso o ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva, o PT dificilmente elege um vereador em Cuiabá no pleito deste ano. A chapa de pré-candidatos proporcionais é fraquíssima. O "grande" nome do partido é da professora Edna...

Único da família Oliveira pra vereador

luluca 400 curtinha   Na queda-de-braço entre irmãos, venceu, por enquanto, Luiz Arthur Oliveira Ribeiro, o Luluca (foto), que será candidato a vereador pelo MDB em Cuiabá, carregando o espólio político da família Oliveira. Irmão de Luluca, o ex-vereador Leonardo Oliveira, que procurou e...

2 nomes do DEM avaliam desistência

ivan evangelista 400 curtinha   A chapa de pré-candidatos do DEM a vereador pela Capital corre risco de sofrer duas baixas consideráveis. Os ex-vereadores Ivan Evangelista (foto), que atuou na Câmara por 13 anos, e Leonardo Oliveira, por dois mandatos, podem vir a desistir do teste das urnas. Mas, por enqanto, ambos garantem...

Sexto suplente na Câmara por um mês

aluizio leite 400 curtinha   Aluízio Leite (foto), filiado histórico do PV, tomou posse como vereador pela Capital na último dia 2. Mas vai ficar na cadeira por somente 31 dias, até o retorno do titular, delegado Marcos Veloso, que se afastou para cuidar de assuntos pessoais e hoje se encontra hospitalizado com...

No TCE pra tentar receber da prefeitura

flavia mesquita 400 curtinha   Flávia Mesquita (foto), da Luppa Administração de Serviços, pediu socorro ao TCE para tentar receber por serviços prestados à secretaria de Saúde de Cuiabá, alegando que o município está inadimplente há oito meses. E apontou quebra da ordem...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.