Últimas

Segunda-Feira, 07 de Janeiro de 2008, 18h:46 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

DEBATE

Vereadores defendem consenso sobre Soares

  A escolha do novo secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Soares, vem causando polêmica. Entre os vereadores, que recebem R$ 7,5 mil mensais para, entre outras atribuições, fiscalizar os atos do Poder Executivo, as opiniões se dividem. Domingos Sávio (PMDB), por exemplo, critica a postura do prefeito Wilson Santos (PSDB) e o modo como a pasta tem sido administrada. “O prefeito tem de parar e ouvir a categoria. Todos estão cansados de fisiologismo e indicações políticas, critica o vereador peemedebista.

    "São passos errados que matam pessoas. O prefeito não vai acertar, enquanto não acabar com os desmandos na Saúde. Com certeza não é a indicação política que vai resolver. Vai resolver, sim, se a escolha for por alguém competente e técnico e que tenha amor pelo próximo”, completou.  

     Já Lúdio Cabral (PT) acredita que o prefeito fez uma escolha e que agora deve ser avaliada ações que Soares tomar assim que for nomeado. Ele mantém uma posição neutra, mesmo sendo médico sindicalizado. Prefere esperar as primeiras ações na prática do futuro secretário. “O sindicato dos Médicos (Sindmed) merece ser ouvido, mas em cima das ações que ele tomar”, ponderou.

     O vereador Luiz Poção (PP) defende a categoria ao afirmar que toma como referência o pensamento dos funcionários da Saúde, que rejeitam a nomeação de Soares. “O sindicato tem lutado de uma forma muita clara pela infra-estrutura da Saúde. Tomo como base o corpo da Saúde. É preciso que eles entrem em um consenso”, declarou. 

    Defesa

    Os parlamentares da base reforçam a decisão do prefeito. Permínio Pinto (PSDB), por exemplo, disse que o que estão fazendo com Luiz Soares é uma crueldade e que ele tem uma experiência política e que vai ajudá-lo a gerenciar a Saúde. “Discordo dos juízes de valores que propagam por aí. Acima de tudo Soares é uma figura política competente. O que as pessoas fazem é confundir exigência com arrogância. É isso. Soares vai cobrar mais trabalho dos profissionais”, pontuou o tucano.

     Dilemário Alencar (PTB) defende o entendimento entre o prefeito e a categoria. “Eu acredito que deve fazer uma espécie de mesa-redonda e quem sabe até o Sindimed indicar o secretário-adjunto", sugeriu o parlamentar.

    Soares toma posse no próximo dia 14, sob protesto dos sindicatos e associações que representam os cerca de cinco mil servidores da Saúde. O clima é de tensão. Os sindicalistas temem que Soares adote o estilo austero e antidemocrático. Segundo eles, esse é o verdadeiro perfil do futuro secretário, o mesmo que teria apresentado enquanto secretário de Saúde da administração Roberto França. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • JEOVALDO ROSA DE MAGALHÃES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu tenho a solução para esse problema, tudo que é polemico não e resolvido no voto!!!! Então vamos fazer como nas creches que renovou, vamos decidir no voto, que o PESSOAL DA SAÚDE ESCOLHA SEU NO LIDER, DIGO SECRETÁRIO NO VOTO. E pronto está resolvido. Bom ou ruim delhe tempo 1, 2 ou 3 anos de mandato. Se não pestar, nos votamos denovo não e assim na politica??? Temos de esperar 4 anos para resolver a parada do MUNICIPIO, ESTADO E PRESIDENCIA DA REPUBLICA. A sujestão está dada. Fui....

  • Maria Aparecida Tomazzini | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Sou funcionária pública há 15 anos, e realmente precisamos de gestores firmes, porém, coerentes e equilibrados.

    Na realidade, o descontentamento da maioria dos servidores da saúde não está vinculado à pessoa do Luis Soares; mas em relação às pessoas que fizeram parte da sua equipe, e que certamente retornarão com ele. O Prefeito disse que estava indicando o ex-secretário porque ele tem equipe.

    Não generalizando, mas ninguém merece trabalhar com pessoas arrogantes, prepotentes, que pensam estarem acima do bem e do mal. São repugnantes!!!!


    Uma coisa é certa, com a ajuda do Luis Soares e sua "equipe", o prefeito Wilson Santos terá a resposta nas urnas.

  • Simone | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O prefeito está certo, Luiz Soares conhece todos os meandros da saúde de Cuiabá, incluindo as malandragens de muitos médicos (faltas a plantões, permanência de poucos minutos nas unidades enquanto recebem por 8 ou 12 hs, maus tratos a pacientes, drenagem de pacientes para consultórios particulares, etc) e das máfias que sugam o desvio do setor, fazendo transfusões de verbas públicas para seus próprios bolsos. Os sindicatos nunca fizeram nada contra esses abusos e temem a fiscalização efetiva que Luiz Soares faz.

  • Carlos Eduardo de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prefeito Wilson Santos, parabens pela excelente escolha, o futuro secretário Luiz Soares é uma pessoa de carater, acima de qualquer suspeita, trabalhador, honesto e competente, diferente de muitos ( nem todos ) médicos que atendem nas unidades de saude e policlinicas de Cuiaba, quanto ao sindicato dos médicos, deixe pra lá , nunca fez nada pela saude publica de Cuiaba, só querem ganhar sem trabalhar, talvez por isso eles gostam do atual secretário Guilherme Maluf, que passa maior parte do dia em seu hospital particular ou em suas contrutoras e deixa a secretaria sob comando de assessores, quanto aos vereadores que estão criticando a escolha, mande-os trabalhar, e parar de ficar fazendo barulho para fins eleitoreiros.

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.