Últimas

Domingo, 14 de Junho de 2009, 08h:58 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

CÂMARA DE CUIABÁ

Vereadores expõem incompetência com projetos "bizarros"

 Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação
Paulo Borges (PSDB), Adevair Cabral (PDT) e Néviton Fagundes (PRTB) apresentam projetos "esdrúxulos"

  Levantamento sobre projetos e seus propósitos apresentados neste primeiro semestre pelos vereadores cuiabanos revela que a maioria, a julgar por esse item, está com atuação pífia. Não bastasse os escândalos políticos que vêm manchando a imagem da maior Câmara Municipal do Estado, os parlamentares lançam, da tribuna, cada proposta que, muitas vezes, motivam até gozação. Depois da polêmica em torno do projeto dos tucanos Antonio Fernades e Paulo Borges, obrigando identificação de todos frequentadores de motéis em Cuiabá, surge uma "avalanche" de propostas bizarras. O próprio Borges é um dos campeões em projetos considerados sem relevância social.

----------------------------------------------
Paulo Borges quer Dia do Mixto e que salão de
beleza fixe cartazes com informações profiláticas
contra hepatite, defende janelas translúcidas
nas obras e o "Estatuto da Liberdade Religiosa"
--------------------------------------------------

   O vereador do PSDB apresentou um que institui o Dia do Mixto Esporte Clube. Enfrentou a ira dos torcedores de outros times de Cuiabá. Um outro projeto pedia a obrigatoriedade de salões de beleza na fixação de cartazes com "informações profiláticas contra hepatite e outras doenças dermatológicas". Paulo Borges apresentou também a proposta que obriga publicação do cardápio da merenda escolar oferecida aos alunos da rede municipal de ensino. O líder do prefeito Wilson Santos  (PSDB) no Legislativo sugeriu ainda que fossem colocadas "janelas translúcidas em todas as obras realizadas pela prefeitura". Num outro projeto, Borges tenta criar o "Estatuto da Liberdade Religiosa".

-----------------------------------------
Néviton Fagundes quer disciplinas de Cururu
e Siriri nas escolas, hidrômetro individuais nos
condomínios e controle na circulação de animais
-----------------------------------------

   O também estreante Néviton Fagundes (PRTB) é outro que figura na lista dos que apresentam propostas "estranhas". Ele tenta transformar em lei o projeto que cria as disciplinas de Cururu e Siriri nas escolas. Quer também a instalação de hidrômetros individuais nos condomínios. O vereador defende também a regulamentação da circulação de animais caninos de médio e grande porte nos locais públicos.

----------------------------------------
Adevair Cabral cobra que bares e restaurantes tenham
cartazes alertando sobre risco de contrair leptospirose,
propõe Calçada da Cuiabania e que escolas abonem
faltas de alunos adventistas em dias específicos
-----------------------------------------

   O pedetista Adevair Cabral, que está no primeiro mandato, apresentou projetos esdrúxulos. Ele quer, por exemplo, que bares e restaurantes coloquem cartazes alertando sobre o risco de se adquirir leptospirose através da ingestão de bebidas diretamente de latas ou garrafas. Em outro projeto, o parlamentar pedetista defende a criação da "Calçada da Cuiabania". E não para por aí. Adevair apresentou recentemente uma proposta para que os adventistas matriculados na rede municipal de ensino sejam dispensados de avaliação curricular e que suas faltas em dias "específicos" sejam abonadas, como no caso do sábado.

   O vereador-jornalista Toninho de Souza (PDT) pediu para que sejam criados estacionamentos pagos em vias, logradouros e terrenos públicos de Cuiabá. O mais votado nas eleições do ano passado, também apresentador de TV Éverton Pop (PP), apresentou projeto que dispõe sobre tratamento diferenciado às pessoas obesas nas filas de bancos. Pop propôs ainda a troca de materiais recicláveis por peixe durante a Semana Santa, em abril. O vereador licenciado Clóvis Hugueney (PTB), o Clovito, tentou instituir o programa antipichação em Cuiabá. Já Ivan Evangelista (PPS) apresentou projeto para proibir novas aquisições de ônibus com motor dianteiro para operar no sistema de transporte coletivo.

    Estrutura

   Cada um dos 19 parlamentares ganha quase R$ 10 mil mensais. Tem direito a "torrar" também R$ 9,2 mil que será reembolsado pelo erário, conta com até 15 assessores e controla R$ 14 mil de verba indenizatória. A Câmara Municipal, sob Deucimar Silva (PP), recebe R$ 1,6 milhão por mês de duodécimo. Quase tudo é gasto com folha de pagamento. São mais de 500 servidores. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (31)

  • Ademir Ferlin | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os projetos do vereador Adevair Cabral, estão mais que corretos, ou voces acham que ele só deveria homenagear pessoas com nomes de ruas e avenidas?

  • israel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Interessante e bem útil a matéria, mas o autor foi bem infeliz quando incluiu no Rol de projetos bizarros, a proposta onde propõe que se abone as faltas dos alunos adventistas. É um direito já adquirido por razão de convicção religiosa. Pesquise mais e encontrarás muita informaçao a esses direitos, ok.

    Obrigado

  • Aloisio Póvoas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acho o projeto dos hidrômetros individuais em
    condominios uma bôa pedida para coibir os abusos. No prédio onde mora um amigo meu, o que mais pesava na conta do condomínio era a conta de água. Investigação feita para verificar qual o motivo da conta alta, descobriu-se que um morador fazia do seu apto uma pequena lavanderia. Com esse projeto isso acaba, além do que precisamos economizar água, que é um produto finito.

  • Gerson Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • adriano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    GENTE COMO PODE UM VEREADOR GASTAR R$2500,00 DE GASOLINA EM UM MES, ISSO DÁ PRA ANDAR 21000KM POR MES, OU 700 KM POR DIA, E AS FOTOCOPIAS DO LUTERO DÁ PRA TIRAR 3000 FOTOCÓPIAS POR DIA, TÃO CHAMANDO TODOS NOS DE OTÁRIOS MESMO, IMAGINA O QUE ACONTECE NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA ENTÃO, COM UM DUODÉCIMO DE MAIS DE 160 MILHOES.

  • Dicão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A cada dia que passa a Câmara Municipal demonstra quanto está sendo inútil para a sociedade cuiabana.

    Se os Vereadores fiscalizassem seus pares e o executivo municipal que é outra vergonha para Cuiabá, já seria o suficiente para melhorar a imagem da Câmara Municipal e quem sabe melhorar a administração municipal.

    Até agora, tanto o executivo municipal quanto a Câmara Municipal são motivos de DECEPÇÃO. Tem muito dinheiro fruto dos impostos pagos pelo povo e muito pouco investimento na cidade.

    O pronto socorro precisa ser reformado, os funcionários da saúde tem que ser mais valorizados, entenda-se ganhar mais, a prefeitura tem muitas secretarias e pouca efetividade, nosso trânsito está um caos, a Prefeitura está gastando muito dinheiro na TV, o PAC de Cuiabá virou uma vergonha nacional, as escolas municipais estão acabadas, os bairros estão abandonados, as ruas esburacadas, nas ruas onde passou o tapa buraco o serviço é muito ruim deixaram muita sujeira no asfalto, nas calçadas, temos muitos terrenos baldios que são verdadeiros lixões, ESSES SÃO APENAS ALGUNS PROBLEMAS para os quais esperamos a a atuação da Câmara Municipal.

    Projetos desprovidos de inteligência, sem resultados positivos para a sociedade deviam ficar apenas nos rascunhos dos nobres vereadores. Alguém que se dispõe apresentar esse tipo de projeto e fazer de conta que a cidade não tem problemas devia ter vergonha e de preferência pedir para sair. Um vereador custo muito caro para a sociedade, precisamos de atitudes inteligentes, chega de enrolação.

  • Vanildes Seara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com exceção de um ou dois projetos citados ai em cima, não os achei esdrúxulos ou ridículos, como cita a matéria. Penso que isso é mais opinião do blog do que algo que represente a opinião de qualquer pessoa com bom senso. Não acho ridículo cobrar de bares os cartazes sobre leptospirose, nem de salões de beleza o que o vereador cobrou. Afinal de contas, o consumidor não vê ou tem como se livrar de um monte de problemas.
    Acho que o blog deveria ao menos ouvir as pessoas na rua antes de chegar a conclusões como essas. Com exceção do projeto do abono das aulas e do ensino de Cururu e siriri, não vi nada de esquisito. Acho que o site poderia encontar material mais interessante para criticar a atuação da Câmara. Por que, por exemplo, não mostrar as ligações dos vereadores com outros grupos de poder e como isso se reflete nos projetos!?

  • Cleber Ávila | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Hidrometração Individual.

    Senhor editor, gostaria que vossa exelência se interasse mais dos fatos antes de tentar minar a tentativa do Vereador Neviton, a hidrometração individual é uma das açoes recomendatorias da Associação Brasileira de Engenharia Sanitaria (ABES), afim de tentar diminuir o desperdiço de agua em condominios. O modelo atual distribuiu linearmente os custo do serviços entre od condôminos independetemente do volume de real consumido. Além do mais o estado de Mato Grosso esta em fase de implantação da lei de outorga da agua, onde exige a hidrometração de todos poços tubulares do estado. Termino parabenizado a inicitiva do Vereador e lamento a falta de informação do editor.
    grato

    Cleber Ávila

  • ANSELMO DE SOUZA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ALÉM DE MELHORAREM SEUS PROJETOS TORNANDO MAIS HOMOGENEO NA PRATICA À TODOS , OS NOSSOS VEREADORES TEM QUE MUDAREM A POSTURA DE PRIORIZAREM NECESSARIAMENTE SEUS SEGMENTOS PROFISSIONAIS, SOCIAIS, FINANCEIROS E HOJE O QUE ESTÁ MUITO EM EVIDÊNCIA O RELIGIOSO , ELES PRIORIZAM SUAS CRIAS.
    OUTRA SITUAÇÃO AOS NOBRES VEREADORES É A OBSERVÂNCIA NOSSA PELA CONCORDÂNCIA DE MUITOS VEREADORES NAS AÇÕES DE MUITOS DE SEUS ASSESSORES POLITICOS QUE INSISTEM EM TER AÇÕES EM ARREPIO DA LEI.
    O NOBRE VER. ADEVAIR CABRAL NECESSITA COLOCAR OS OLHOS E ACOMPANHAR DE PERTO O SR. OLINTO DE MAGALHÃES SEU ASSESSOR E OBSERVAR SUAS AÇÕES NO SETOR IMOBILIÁRIO NA NOSSA CAPITAL , O ASSESSOR TEM CONHECIMENTO ESPECIAL OU FAVORECIDO DAS AREAS SOBRE AS QUAIS PASSARÃO O RODOANEL , PRINCIPALMENTE NAS IMEDIAÇÕES DO BAIRRO DO DR. FÁBIO.
    OS VÁRIOS E VERDADEIROS PROPRIETÁRIOS SENHORES POSSUIDORES DAS RESPECTIVAS AREAS NO AGUARDO DESSE MOMENTO DE VALORIZAÇÃO DA REGIÃO DEVIDA A OBRA , ACREDITAVAM QUE É CHEGADA A HORA DE AGREGAR VALORES AOS SEUS BENS ALI PERSERVADOS , FORAM SÃO PEGOS DE SURPRESA , HOJE ELES TEM QUE CONVIVER COM A INVASÃO , DESTRUIÇÃO DE CERCAS, DERRUBADA DE ARVORES , ABERTURA DE BURACOS , DEVASTAÇÃO DE AREA DE PERVERVAÇÃO PERMAMENTE PELOS INVASORES , GASTOS COM ADVOGADOS E OFICIAS DE JUSTIÇA , OU SEJA , O CAIS E O BARRIL DE POLVORA.
    ALIAIS O RODOANEL VAI FICAR PARADO QUANDO CHEGAR POR AQUELAS BANDAS , DEVIDO A DEMANDA JURÍDICA QUE LÁ VAI IMPERAR, EU PERGUNTO AO NOBRE VER. CABRAL O SENHOR NÃO TEM CONHECIMENTO DISSO , SENDO ESSA QUESTÃO JÁ MATÉRIA JORNALÍSTICA EM JORNAL DESTA CAPITAL E SE NÃO O SABE DEVERIA SE POSICIONAR A RESPEITO , PELO ATOS DO SEU ASSESSOR.
    EM TEMPO , QUEM INFORMA O POSSIVEL VÍNCULO DO VEREADOR E O ASSESSOR É A MATÉRIA POSTADA NO JORNAL FOLHA DO ESTADO NO MÊS PASSADO, E AS PRÓPRIAS AÇÕES NO FORUM DA CAPITAL COM O PEDIDO DOS PROPRIETÁRIOS DE IMTERDICIO PROIBITÓRIO E REINTEGRAÇÃO DE POSSE.
    ALERTA IMPORTANTE AOS PROPRIETÁRIOS DE AREAS DE POSSIVEL OBRAS DE GRANDES INVESTIMENTOS , EXISTEM PESSOAS DE OLHOS VIVO NAS SUAS PROPRIEDADES , VOCÊS TEM QUE SE PRECAVEREM PARA NÃO SEREM SER PEGOS DE CALÇA CURTAS.

  • Cleber Ávila | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quanto a proposta que disciplina a circulação de animais o senhor editor tera a compreensão de uma medida desta, o dia que o senhor ou um ente proximo for agredido por um animal.
    Sou favorel a este projeto.

    Cleber Ávila

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

Deputado agora pula de palanque

elizeu nascimento 400 curtinha   O ex-vereador e hoje deputado estadual Elizeu Nascimento (foto), que amargou a oitava colocação na disputa ao Senado na eleição suplementar do último dia 15, mudou de lado, como se troca de camisa. Em princípio, era apoiador do projeto de reeleição do prefeito...

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

MAIS LIDAS