Últimas

Sexta-Feira, 16 de Fevereiro de 2007, 11h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Vereadores indicam secretários-adjuntos

      De 14 cadeiras no 2º escalão, 2 estão vagas; Fabrício tem irmão no governo

     O prefeito cuiabano Wilson Santos mantém vagos dois cargos de secretários-adjuntos. Desde quando Euclides Santos saiu do segundo escalão da pasta de Infra-estrutura para atuar como superintendente do Hospital e Pronto-Socorro Municipal, há cerca de dois meses, que há vacância do cargo. A pasta de Trânsito e Transporte Urbano, sob Oscar Soares Martins, é outra com a cadeira de adjunto desocupada. Dessa forma, dos 14 cargos de adjuntos, 12 estão preenchidos, quase todos por indicação política. Segundo informações no Palácio Alencastro, alguns nem cumprem horário de expediente e nem contam com estrutura.

    Enquanto um secretário de Cuiabá recebe mensalmente R$ 6,4 mil, o adjunto ganha R$ 2,7 mil brutos. Ao todo, são 14 secretarias, além de cinco órgãos e autarquias (Auditoria, Cuiabá-Prev, Ouvidoria, IPDU e Habitação). São cerca de 9,5 mil servidores efetivos, além de aproximadamente três mil contratados e 500 DAS. A folha de pessoal consome R$ 13,5 milhões mensais. 

    Há casos curiosos em relação aos adjuntos. O de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, por exemplo, Gilson Nunes, é irmão do vereador Marcus Fabrício (PP) e sobrinho da ex-vereadora e agora deputada estadual Chica Nunes.  Mesmo atuando como opositor, o vereador Luiz Poção 'emplacou' na administração Paulo Cézar como adjunto de Habitação.

    O adjunto de Planejamento, Orçamento e Gestão é Renato Spinelli (PTB). Na secretaria de Governo exerce o cargo de adjunto o segundo suplente de vereador Manoel Abílio (PSDB). O radialista Dirceu Carlino está no segundo escalão na Comunicação e o servidor de carreira Arlando Henrique atua como adjunto de Finanças. Como adjunto da pasta do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo está Jeferson Arruda (PMDB), ex-marido da vice-prefeita Jacy Proença (PMDB). O médico Euzi Carvalho, ex-diretor do Hospital e Pronto-Socorro da Capital, está lotado agora como adjunto da secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano. Maria Cristina Cataldo auxilia na Cultura e Elzio Virgílio na Saúde.

    A professora Filomena Maria de Arruda Monteiro assumiu, há menos de um mês, o cargo de adjunta da Educação. O coronel José Alonso atua como adjunto da Defesa e Cidadania e, o advogado Fernando Figueiredo, na Procuradoria-Geral do Município.  

     Saiba, a seguir, quem são os secretários-adjuntos da Prefeitura de Cuiabá

Adjunto de Governo – Manoel Abílio

Comunicação – Dirceu Carlino

Planejamento, Orçamento e Gestão – Renalto Spinelli

Finanças – Arnaldo Henrique

Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo – Jéferson Arruda

Assistência Social e Desenvolvimento Humano – Euzi de Carvalho

Cultura – Maria Cristina Cataldo

Infra-Estrutura – vago

Trânsito e Transporte Urbano – vago

Saúde – Elzio Virgílio

Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano – Gilson Nunes

Educação, Desporto e Lazer – Filomena de Arruda

Defesa e Cidadania – José Alonso

Procuradoria-Geral – Fernando Figueiredo

Habitação - Paulo Cézar

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...