Últimas

Quarta-Feira, 09 de Abril de 2008, 07h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

ARTICULAÇÃO

Vereadores já montam estruturas de campanha


Permínio, Sávio, Lutero e Ivan fazem de tudo por novo mandato

  Dos atuais vereadores cuiabanos (incluindo o suplente Chico 2000 que hoje legisla na vaga do titular Helny de Paula) vão buscar um novo mandato e já montaram suas estruturas de campanha. Ficam de fora somente Luiz Marinho (DEM), que está no quarto mandato e decidiu não mais concorrer, e o próprio Helny, que continua presidente da autarquia MTGás e comanda hoje o PR de Cuiabá. As primeiras projeções apontam para ao menos 350 candidatos a vereador nas eleições de 5 de outubro, uma média de 18,4 por vaga.

   Uma eleição de vereador pela Capital custa entre R$ 300 mil a R$ 1 milhão, dependendo da inserção do candidato junto à sociedade. Nem todo esse valor, porém, é declarado oficialmente. Cada vereador recebe hoje R$ 7,5 mil de salário mensal e usufruiu de outras vantagens, como verbas indenizatórias e de gabinete.

   A estrutura que alguns já montaram nos bastidores é de assustar. Mesmo a 6 meses do pleito, o presidente da Câmara, Lutero Ponce (PMDB), por exemplo, já conta com espécie de coordenadores de sua pré-campanha em alguns bairros. Além disso, usa a estrutura da própria Câmara para tirar proveito político e eleitoral. Outros recorrem a apoios logísticos. Domingos Sávio (PMDB), por exemplo, busca "patrocínio" de empresas do transporte coletivo. Permínio Pinto (PSDB) tem como trunfo a estrutura da secretaria de Educação, com aval do secretário Carlos Carlão do Nascimento, além do apoio dos secretários Mário Olímpio (Cultura), Zé do Nordeste (Finanças) e José Rosa (Sanecap). Ivan Evangelista (PPS) faz o mesmo na pasta do Trânsito e Transportes Urbano (SMTU), além de contar com a mulher Ana Alencar na área social da prefeitura como cabo eleitoral.

  O tucano Edivá Alves também arrebanha parte dos servidores da Educação, cuja secretaria já conduziu. Ao menos 50 diretores de escolas já fecharam adesão a sua recandidatura. Deputados também se envolvem nas articulações e no apoio a vereadores. O estadual José Riva e o federal Eliene Lima, por exemplo, vão investir na reeleição do ex-tucano Levi de Andrade, que migrou para o PP, assim como Deucimar Silva. Levi ainda aposta na adesão dos segmentos evangélicos e dos estudantes da Cefet (antiga Escola Técnica Federal), onde atua como professor. 

Vereadores e suas estruturas, apoios logísticos e estratégias de bastidores para a reeleição:

 Domingos Sávio (PMDB) - Tem apoio da cúpula do PMDB, como o presidente regional, deputado Carlos Bezerra, e o vice-governador Silval Barbosa, além de segmentos do seu antigo partido, o PT, ligado ao deputado estadual Alexandre Cesar, de quem Sávio é amigo pessoal.

 Lutero Ponce (PMDB) - Conta com estrutura da Câmara Municipal, da qual é presidente. Trocou o PP pela legenda peemedebista e terá respaldo do deputado Guilherme Maluf, de quem é amigo pessoal.

 Mário Lúcio (PMDB) - Está no primeiro mandato e é apoiado pela associação que representa os portadores de deficiências e conta com dinheiro em caixa para a campanha de quando ganhou na mega-sena.

 Levi de Andrade (PP) -  Tem respaldo dos segmentos evangélicos e dos deputados José Riva (estadual) e Eliene Lima (federal). Busca aval também no Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet, antiga ETF), onde atua como professor.

 Luiz Poção (PP) - Conta com ajuda do movimento comunitário, no qual se inseriu por meio de seu programa na TV Cuiabá, intitulado "Veracidade", quando abre espaço aos líderes dos bairros fazerem reivindicações e prestação de contas das ações. É o primeiro-secretário da Mesa da Câmara, condição que o permite controlar o caixa do duodécimo de R$ 1,6 milhão por mês.

 Deucimar Silva (PP) -  Após trocar o DEM (ex-PFL) pelo PP, vive expectativa da promessa de ajuda e apoio do deputado estadual José Riva, um dos caciques da legenda progressista. Também conta com respaldo de alguns empresários e servidores da prefeitura. Tem empresa que presta serviços em algumas secretarias

 Marcus Fabrício  (PP) - Conta com respaldo de um grupo de pecuaristas e de membros da cúpula do seu partido, entre eles do deputado federal Pedro Henry. Exerce o primeiro mandato e já tem estrutura financeiro para a reeleição.

 Chico 2000 (PR) - Legisla hoje no lugar do titular Helny de Paula, que não vai concorrer a um novo mandato. Chico tem a simpatia do diretor-geral do Dnit, Luiz Antonio Pagot, pretenso candidato a governador nas eleições de 2010. Busca arregimentar apoios também junto a algumas associações de moradores de bairros.

 Francisco Vuolo (PR) - Conta com adesão da área cultural, base construída na época em que foi secretário de Cultura da gestão Roberto França. Presidente da recém-criada CPI do Lixo, ele busca ganhar maior visibilidade eleitoral.  Tem apoio da chamada cuiabania e o respaldo do governador Maggi, principalmente após acompanhá-lo do PPS para o PR.

 Júlio Pinheiro (PTB) - Tem a simpatia do conselheiro do Tribunal de Contas, Antonio Joaquim, que sempre o ajudou na vida pública e que hoje é o presidente do TCE. Nos bastidores, recebe apoio também do deputado Chico Galindo e do presidente da Agência de Habitação, João Vieira, que o sucedeu no cargo.

 Clovito Hugueney (PTB) - É ligado à cuiabania e tem como principal cabo eleitoral o ex-vereador, deputado licenciado e secretário-chefe da Casa Civil, João Malheiros, de quem é sobrinho. Também tem promessa de respaldo na campanha do petebista Moisés Dias, secretário municipal de Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo.

 Éden Capistrano (PSDB) - Deixou a secretaria de Meio Ambiente de Cuiabá, construiu base junto aos servidores da pasta e tenta novo mandato. Saiu da Igreja Carismática, mas fincou força na Sara Nossa Terra, de onde espera ter alicerce para se reeleger. Além do segmento evangélico, conta ainda com apoio do presidente do Detran, Teodoro Lopes, o Dóia, de quem é cunhado.

 Enelinda Scala (PT) - Professora aposentada, conta com respaldo da senadora Serys Marly e do ex-deputado Gilney Viana e da associação de moradores da bairro Boa Esperança, onde já foi presidente e reside há vários anos.

 Lúdio Cabral (PT) - Um dos opositores na Câmara, ele está no primeiro mandato e tem adesão do Sindicato dos Médicos (Sindimed) e das equipes do Programa Saúde da Família (PSF). Aliás, o petista é médico e integra o PSF do bairro Osmar Cabral.

 Permínio Pinto (PSDB) - Terá ajuda explícita de alguns secretários, como Carlos Carlão (Educação), Mário Olímpio (Cultura), José Rosa (Sanecap) e Zé do Nordeste (Finanças). Eles devem capitalizar votos em nome da reeleição do colega vereador.

 Edivá Alves (PSDB) - Também tem apoio de alguns secretários e na Educação, onde já foi secretário na gestão Roberto França. Já fechou adesão à reeleição de 50 diretores de escolas. Também atua como professor no Cefet, de onde espera respaldo nas urnas.

 Lueci Ramos (PSDB) - Possui como padrinho político o ex-deputado estadual e agora conselheiro do Tribunal de Contas, Humberto Bosaipo. É assistente social, área que começou a buscar apoio em nome de um novo mandato. Também espera boa votação na região do CPA, onde reside.

 Ivan Evangelista  (PR) - Tem a mulher Ana Alencar, que trabalha na secretaria de Assistência Social de Desenvolvimento Humano como principal cabo eleitoral junto aos servidores da pasta. Também tem influência e apoio logístico do novo secretário de Trânsito e Transporte Urbano, Elismar Bezerra. "Loteou" a SMTU com vários cabos eleitorais.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Arcindino Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tudo bananinha de bulixo, nóis tem é que socá o pau no lombo desses cornos só prá vê eles corcoveá. Neste ano nois temo qui procurá uns povo novo prá nóis votá, porque esses qui tão aí, até agora num mostraru serviço. Nossas ruas tão iscura, apesar de pagarmos a TIP, tamén tão isburacada e cheia de tijuco, apesar de pagarmos o IPTU, No Pronto Socorro, Policlinicas e Postos de atendimento odontológico estão um verdadeiro cáos. O lixo se amontoa nas calçadas que estão cheia de capim, os meninos de rua continuam pedindo esmolas nas ruas e cometendo pequenos roubos enquanto as meninas se prostituem, pagamos o onibus mais caro do Brasil, nos bairros periféricos a droga rola solta e as crianças tão qua barriga cheia de lumbriga, por causa da água e falta de saneamento básico.
    Vasa cambada de froxo, as Cuiabanadas vai recicrá, háháháhá

  • medeiros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ELEITOREIRO

    (Glauco Matoso)

    Fulano é candidato e, na pesquisa,
    dispara feito um Senna, lá na frente.
    Sicrano também quer ser presidente,
    mas, como é governista, se narcisa.

    Fulano em bronca nada economiza.
    Sicrano, o branco, rindo, mostra o dente.
    Barbudo, diz Fulano que Ele mente!.
    Farsante, tem Sicrano a cara lisa.

    Por fora corre o cínico Beltrano,
    gozando, no debate, os dois primeiros:
    Aquele dá calote; este dá cano!

    Produto, todos três, dos marqueteiros,
    não têm ciência ou fé, projeto ou plano:
    iguais, de resto, aos outros brasileiros.

  • CARLOS ROBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    NÃO ADIANTA PEDIR A POPULAÇÃO PARA QUE USE O VOTO COMO INSTRUMENTO DE PROTESTO E DE MUDANÇA, EU APOSTO QUE A MAIORIA DESSES SENHORES E DÉSSAS SENHÓRAS CONTINUARÃO NA CÂMARA MUNICIPAL, COM SUAS ACUSAÇÕES MUTUAS, E SEM TER NENHUN COMPROMISSO COM O POVO, E SABE POR QUE?? POR QUE A MAIORIA ABSOLUTA SE VENDE POR MIGÁLHIAS.!!

  • Alex Vieira Passos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Otima matéria jornalistica, de forma objetiva caracterizou quem é quem na camara munipal , de suma importancia fazer tb Sr editor,matéria identica dos suplentes que assumiram o poder legislativo municipal , assim ficaria completa , podendo e leitor-eleitor analisar, mesmo que de forma subjetiva as virtudes e seus vicios politicos que ali nos representaram.PARÁBENS A EQUIPE JORNALISTICA RD NEWS

  • NICASSIO BARBOSA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilsom Parabens Pela Materia,Voce Deveria Fazer Uma Materia e Colocar Quem Sao os Postulante Que Poderá Chegar a Camara de Vereadores Como Por Exemplo JUCA DO GUARANA Que é Afiliado Politico do DEPUTADO ESTADUAL CAMPOS NETO,DEPUTADO ESTADUAL E CANDIDATO A PREFEITO DE CUIABÀ WALTER RABELLO, Vamos Fazer Um Quadro Quem Pode Chegar No Poder Legislativo.

  • Arcindino Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vereador tem que legislar e ser fiscal do povo. Esses que estão aí não servem mais, porque o Pronto Socorro as Policlinicas, os Postos de Atendimento Odontológico estão um verdadeiro cáos. O lixo esta amontoado nas calçadas cheia de capim, as ruas além de esburacadas, estão escuras, apesar de pagarmos a TIP e o IPTU, pagamos o onibus mais caro do Brasil, os meninos continuam nas ruas, comentendo pequenos delitos e as meninas se drogando e prostituindo, o rio Cuiabá tá só lixo, as crianças que moram nos bairros mais periféricos estão cheia de vermes, porque vivem com o pé no tijuco num lugar onde o saneamento básico ainda não chegou e a água não é tartada, e por vai. Então o que esses cornos tão fazemo lá, só entcheno linguiça? se passarem lá por casa pedino voto, vó manda sortá a catchorrada neles, porque tô puto no facão...

  • SILVIO G RODRIGUES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ENTENDO QUE AS CIFRAS COLOCADAS NA MATÉRIA É RESULTADO DA PÉSSIMA LEGISLATURA MUNICIPAL, NADA FOI FEITO PELO POVO CUIABANO NA CÂMARA E AGORA TERÃO QUE GASTRA MESMO, E SE O ELEITOR CAIR NESSE ESTELIONATO ELEITORAL NOVAMENTE, VAI FICAR MAIS 4 ANOS SEM ESPERANÇA...

    A MATÉRIA EXCELENTE DO RDNEWS RETRATA A CARA DO POLÍTIQUEIRO...

    VAMOS ANALISAR BEM OS NOMES QUE VEM POR AI, EXISTEM COM CERTEZA PESSOAS DE BOA FÉ, IDONEOS, HONESTOS E PRINCIPALMENTE COM VONTADE.

  • CIDADÃO DESESPERANÇADOc | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dos que estão ai não se aproveita nenhum, principalmente o luthero que durante as seções fica o tempo intero rindo,fazendo galhofas,piscando o olho p/ os seus pares, (talvez rindo da nossa cara) eu pensei que aquela cadeira de presidente era um lugar mais sério.

  • aledes gama | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O candidato a vereador com mandato já sai na corrida eleitoral em vantagem sobre os demais, segundo pesquisas o descontentamento com quadro de vereadores atuais é de 70%e a midia deveria dar mais espaço aos novos, que acredito ira trabalhar com mais interesse da comunidade,e a repetiçaõ de mandatos so poderia ser no maximo por duas veses,como governadores e outros. deveria fazer uma pesquisa com os novos pre-candidato de todos partidos.o poder aquisitivo peza muinto na campanha a favor do candidato com mandato.

  • isac alves de limal | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    parabenizamos por mais esta materia . salietamos tambem que existem muitas pessoas que sem toda esta estrutura ; vai dar muito trabalho para esses que ai estao.

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

Coordenador quer mostrar obras de EP

vanderlucio curtinha   Coordenador da campanha de Emanuel Pinheiro à reeleição, Vanderlúcio Rodrigues (foto) garante que o grupo vai focar na divulgação de propostas e não fará ataques pessoais aos 7 adversários. O ex-secretário de Obras Públicas avalia que o grupo...

Tucano ainda com sequelas da Covid

ricardo saad curtinha 400   O vereador cuiabano e presidente do PSDB na Capital, Ricardo Saad (foto), segue na luta para reverter as sequelas deixadas pela Covid-19. Mesmo Dois meses após ser infectado, diz que 53% do seu pulmão ainda está comprometido e que, por isso, sente muita falta de ar. Candidato à...

Tentando golpe político em Tangará

amauri 400 curtinha   O deputado estadual Paulo Araújo (PP) sofreu uma tentativa de golpe vinda de uma pessoa em quem ele confiava totalmente, o seu ex-assessor Amauri Paulo Cervo (foto). Até há poucos dias, Amauri estava lotado no gabinete do deputado, na AL, quando se licenciou com intenção de concorrer...

Regiões e representantes na disputa

nilson leitao curtinha   A maior parte das regiões está bem representada em relação aos cabeças de chapa que disputarão vaga no Senado. Pelo Nortão e Médio-Norte, encaram às urnas o ex-prefeito de Sinop Nilson Leitão (foto) e o senador tampão Carlos Fávaro (PSD). Na...

Candidatos e definição de suplentes

jos� medeiros curtinha 400   Alguns candidatos ao Senado estão batendo cabeça para compor suas suplências ou reedita-las, como é o caso de José Medeiros (foto), que, na primeira convenção (anulada), havia fechado chapa pura do Podemos com o vice-prefeito de Cuiabá Niuan...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.