Últimas

Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2009, 13h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

CÂMARA DE CUIABÁ

Vereadores querem reduzir para 5% orçamento flutuante

  O presidente da Comissão de Economia e Finanças da Câmara de Cuiabá, Ivan Evangelista (PPS), quer diminuir de 20% para 5% o chamado orçamento flutuante. Trata-se do percentual da fatia orçamentária de 2010 que pode ser remanejado conforme o interesse e/ou necessidade do prefeito  Wilson Santos. Segundo o socialista, o percentual é muito alto e demonstra a falta de planejamento sobre o orçamento. “Acho que 5% é um percentual razoável. O que não pode acontecer é o prefeito poder remanejar 20% do total”. O orçamento deste ano foi de R$ 1 bilhão e para 2010 estão previstos R$ 1,3 bilhão, ou seja, 30% a mais.

   Os recursos que não ficam “amarrados” na Lei Orçamentária aprovada anualmente são questionados todos os anos pelos parlamentares, que no final acabam cedendo a pressão do Palácio Alencastro e aprovam o projeto. Desta vez, apesar das criticas, nenhuma emenda para reduzir o índice foi apresentada até agora. “Vamos continuar insistindo no índice de 20% porque acreditamos que 5% é um valor muito restrito”, reage o líder do prefeito na Câmara, Paulo Borges (PSDB). Até agora, os 19 vereadores já apresentaram 60 emendas. Evangelista prevê uma sessão extraordinária, mas sem direito a jeton, para aprovar o orçamento geral.

   Para o vereador, o término dos trabalhos deve ocorrer mesmo em 20 de dezembro. A última audiência pública acontece na próxima segunda com representantes da Subsede do Sintep, que congrega os profissionais da educação. Vão discutir prioridades na área. A partir daí, o Legislativo encerra o cronograma de 8 reuniões sobre o orçamento.

   Além de Ivan, compõem a Comissão de Economia e Finanças Antônio Fernandes (PSDB) e Chico 2000 (PR), membro titular e relator, respectivamente. Entre os pedidos dos parlamentares está, por exemplo, a destinação de R$ 11 milhões para o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos médicos. De autoria da própria comissão de Finanças, a emenda busca contemplar investimentos na área da saúde. Há também emendas para a construção de centros comunitários, cuja maioria é destinada à área social e a obras e reformas.

  O orçamento da Comunicação Social está sendo questionado. Traz um aumento superior a 100%, de R$ 2,1 milhões neste ano para R$ 5,3 milhões. Já para a Educação, a previsão é de elevar de R$ 181,9 milhões para R$ 184,2 milhões. A Saúde vai contar com orçamento de R$ 275 milhões. A pasta de Assistência Social também terá maior fatia financeira, de R$ 22,8 milhões para R$ 24,1 milhões. (Patricia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • LUIZ MARIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esta faltando Orçamento da Auditoria e Contorle Inerno da PM.

  • WAGNER PORTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    essa faço questão de comentar, e gostaria q o MP ficasse atento com o uso da maquina plublica na campanha eleitoral.

    SEC. DE COMUNICAÇÃO> 2,1mi para 5,3mi...simplismente mais de 100%, so pq é ano eleitoral e ele é canditado...preste atenção MP.

    e o engajamento da prefeitura com a COPA DE 2014... na gorjeta de 4,3 mi...que vergonha sr wilson
    Precisa enchegar melhor o futuro de cuiaba depois dessa copa...

    preste atenção nesses numeros, é tipo de administrador que que fazer mundo e fundo no ano eleitoral...

    O POVO JA NÃO ESTA MAIS BESTA....

  • Pedro Paulo Barros Lima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    EU SÓ QUERO VER ESSA DOTAÇÃO DA COMUNICAÇÃO SER APROVADA,É NO MINIMO UM DESRESPEITO EM EPOCA DE ELEIÇÕES ESSE DESPUDORADO AUMENTO,EM VERBA DE PUBLICIDADE.

    O POVO QUER ATENDIMENTOP MÉDICO DIGNO,ESCOLA ENSINANDO CRIANÇAS COM MERENDAS DE BOA QUALIDADE,ILUMINAÇÃO PUBLICA,COLETA SELETIVA DE LIXO,E NÃO PROMOÇÃO PESSOAL DA DUPLA GALINHO E GALINDO.

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

Deputado agora pula de palanque

elizeu nascimento 400 curtinha   O ex-vereador e hoje deputado estadual Elizeu Nascimento (foto), que amargou a oitava colocação na disputa ao Senado na eleição suplementar do último dia 15, mudou de lado, como se troca de camisa. Em princípio, era apoiador do projeto de reeleição do prefeito...

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

MAIS LIDAS