Últimas

Sábado, 26 de Janeiro de 2008, 06h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

JUDICIÁRIO

Vivemos na base do retrocesso, reclama Karol

Chefe da Defensoria não consegue elevar orçamento para R$ 50 mi e ainda "briga" por novo concurso público para ampliar quadro de 118 para 160

   A Defensoria Pública do Estado recebeu 44 novos defensores, elevando o quadro para 118 e seu orçamento, que deveria superar a R$ 50 milhões, ficou em R$ 30 milhões para este ano. Teve uma elevação de R$ 5 milhões se comparado ao exercício de 2007. A defensora-geral Karol Rotini afirma que a instituição vive um retrocesso, pois o orçamento não aumentou como ela esperava. “Nós vivemos sempre na base do retrocesso. Precisamos mesmo é de R$ 50 milhões”.

    Ela também reclama por não ter sede própria e ainda reivindica novo concurso público. “A legislação prevê que são necessários ao menos 160 defensores. Temos apenas 118”, explicou. Segundo Karol, os trabalhos dos defensores estão acumulados, o que reduz o acesso à população a uma assistência jurídica gratuita. “Os defensores acumulam os trabalhos das comarcas”. As com maiores demandas são de Aripuanã e Colniza, motivadas pelos conflitos de terras.

   A defensora-geral também enumera dois pontos positivos. Um deles é a criação de 153 cargos efetivos para atender a área técnica, vinculado à estrutura do governo estadual. Também enaltece a criação dos Núcleos Estaduais de Regularização Fundiária, Direitos Coletivos, Mediação e Defensoria da Cidadania. Há núcleos especializados em Direitos Humanos, do Idoso (casos de maus tratos e violência), Defesa das Minorias e Indígenas, Assistência a Saúde, Consumidor. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Na verdade, a Defensoria está melhor que o esperado. Quando o Dante implantou a DPE tudo era pior, aliás, defender pobres e os que estão à margem da Sociedade significa falta de dinheiro e status social. Agora, vejam a situação dos advogados do Estado, os procuradores da PGE, não bastasse o salário e outros que tais esta semana consegui a famigerada "verba indenizatória". Quem começou com a história de "verba indenizatória" foram os agentes fazendários, que, para variar sempre foram bem remunerados. Entretanto, há uma enormidade de agentes fazendários que irão aposentar brevemente e, logo, não terão a tal verba. Curiosamente, o procurador da PGE João Virgílio disse que após 30 anos estão resolvendo o problema dos aposentados da Divisão MT/MS, estão todos morrendo, aí acaba o problema da PGE/MT.

  • Juliano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo com o Amado Amador. Mas também entendo que a população nem sabe que a defensoria existe e que ela é pública. Tem que fazer jus a acessibilidade

  • O Vigilante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse povo chora com a barriga cheia.
    Quando passaram no concurso público, ganhavam R$ 2000,00 por mês.
    Hoje, esses do primeiro concurso ganham R$ 16.000 por mês, tiveram os recursos da Defensoria multiplicados várias vezes e querem falar em "retrocesso"?!
    Fala sério... É brincar com a inteligência do povo matogrossense.

  • O Vigilante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aliás, que pena que o nosso Estado é uma terra de ninguém.
    O Ministério Público estadual deveria dar uma olhada no tanto de parente e ex-funcionários que andam passando nos concursos dessa instituição.

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.