Últimas

Quinta-Feira, 12 de Novembro de 2009, 22h:43 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

INVESTIGAÇÃO

Vuolo e Lúdio só dão relatório sobre Lutero na hora de votar

  Os vereadores Francisco Vuolo (PR) e Lúdio Cabral (PT), presidente e relator, respectivamente, da Comissão Processante que investiga Lutero Ponce (PMDB), decidiram, em comum acordo e nos bastidores, só apresentar o relatório na hora da votação, já no decorrer da sessão extraordinária a ser convocada pela Mesa Diretora para a próxima segunda (16), às 10h. A manobra é para convencer o presidente da Câmara de Cuiabá Deucimar Silva (PP) a considerar o critério de dois terços de votação, o que exigiriam mínimo de 13 dos 19 votos para levar o peemedebista à perda do mandato. Várias entidades já estão se organizando para lotar o plenário da Câmara na sessão da próxima segunda. A intenção é pressionar os vereadores para estes cassarem Lutero.

  Por mais que propaguem publicamente que se sentem "livres" para conduzir o trabalho investigativo contra Lutero, acusado de promover um rombo próximo de R$ 8 milhões nos dois anos em que foi presidente do Legislativo cuiabano (2007/2008), Vuolo e Lúdio se mostram preocupados com as pressões que vêm sofrendo da tropa de choque de Lutero. O grupo bate duro e lança todas as manobras possíveis para evitar a cassação. A estratégia encontrada foi apresentar relatório pela perda do mandato, mas desde já o grupo sabe que não se conseguirá os votos suficientes para tanto.

   O clima entre os vereadores é tenso. Deucimar e seu antecessor na Mesa Diretora Lutero se tornaram inimigos políticos. Eles trocam acusações durante as sessões ordinárias. Para intimidar o atual presidente, aprovou-se até uma CPI, sob argumento de que contra a Mesa pesa acusação de suposto faturamento de serviços gráficos.

   A assessoria jurídica da Câmara orientou Deucimar a adotar o critério de maioria simples para julgar o processo de Lutero, assim como aconteceu com Ralf Leite (PRTB), que foi cassado. Nesse caso, bastam 10 votos para tirar o mandato do vereador do PMDB. Perguntado nesta quinta à noite sobre quando vai receber o relatório da Comissão Processante, Deucimar informou que notificou o presidente Vuolo e este, em resposta oficial, assegurou que vai apresentá-lo nesta sexta, mas não estabeleceu horário.

   Sexta, 13

   Trata-se de uma Sexta-Feira 13. A superstição que ronda o número 13 é uma das mais populares.  Ora é tido como sinal de infortúnio, ora de bom agouro. Sua origem é pagã, e não cristã, como muitos pensam, e remonta a duas lendas da mitologia nórdica. De acordo com a primeira delas, houve no Valhalla, a morada dos deuses nórdicos, um banquete para o qual 12 divindades foram convidadas. Loki, deus do fogo, ficou enciumado por não ter sido chamado e armou uma cilada: ludibriou um deus cego para que este ferisse acidentalmente o deus solar Baldur, que era o favorito de seu pai, Odin, o deus dos deuses. Daí surgiu a idéia de que reunir 13 pessoas para um jantar era desgraça na certa. Vuolo anunciou o dia 13 como data para apresentar o relatório à presidência da Câmara. 

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Monica Maria da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ave Maria... ta cheirando pizza, estes vereadores da comissão parecem que estou envolvidos juntos.
    To esperando o voto certeiro do meu vereador Antôni Fernandes, pela cassação.
    Vai la Fernandinho, você é de rochamesmo e não deve ninguém..

  • joao | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    População de Cuiabá compareçam a câmara municipal para assistir a votação, onde será julgado o Lutero.

  • CLODOALDO ARRUDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSE TRIO DE PATETAS,XICO VUOLO,LUDIO FRANK E LUECI RAMOS DE TRANQUEIRA, DEVE TER O RABO PRESO COM O LUTERO,MAS A SOCIEDADE ESTÁ DE OLHO.

    ESTAREMOS HOJE - SEXTA FEIRA DE VIGILIA,PARA VER ESSA ARMAÇÃO DE ENTREGAR O RELATORIO SÓ NA SEGUNDA,SEM PASSAR PELA CCJ, E TENTAR LIVRAR O DON CORLEONE LUTERUS DA CASSAÇÃO.

    ELES SÓ ESTÃO ESQUECENDO DE UM PEQUENO DETALHE O ANO QUE VEM É ANO DE ELEIÇÃO,É AÍ É NÓS OS ELEITORES É QUE VAMOS DAR O TROCO.

  • Mossueto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • messias di caprio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    EU CONFIO NO PRESIDENTE DEUCIMAR E NO PRIMEIRO SECRETÁRIO POP, DOIS FUTUROS DEPUTADOS.

  • Lenine Póvoas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A população está completamente equivocada por acreditar que a verdadeira penalização para supostos devios de dinheiro público, compra de votos, de um modo geral, A SACANAGEM QUE FAZEM COM O POVO, seja somente a perda do mandato, não em referência somente ao caso Lutero (se este tiver culpa, que pague, se não tiver, que seja absolvido), estou me referindo a todos os poderes e outros membros inclusive da Câmara. Perda do mandato é o mínimo para não continuarem a pisar na cabeça do povo e a darem risadas dentro dos gabinetes da nossa cara, o que tem que acontecer é: perda do mandato; devolver o dinheiro; ser julgado, não pelos vizinhos de gabinete tão somente, mas sim pelo judiciário e aí sim começarem a ser penalizados, duramente, pelos seus atos de improbidade. Mas se é o legislativo quem formula as Leis, ninguém, sendo desviador, iria em sã consciência apresentar um projeto de Lei para que amanhã ou depois ele possa ser prejudicado, preso. Brasil é Brasil companheiro e aqui o Legislativo conhece bem aquele ditado ... o feitiço virou contra o feiticeiro, e por isso as Leis DURAS só são destinadas a quem vive as margens da sociedade, ACREDITEM.
    Sonho que um dia pessoas de caráter, comprometidas, tomem as rédias desse lugar conhecido como país, se é sério ou não é outra conversa, e as coisas comecem a funcionar sem hipocrisias...

  • Lourival Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quatro partidos políticos estão jogando pra platéia, contra o povo e a favor de Lutero Ponce.
    São eles: PR, PRTB, PMDB e PSDB. Eles estão dividindo seus votos de forma a anular o efeito de suas votações, fato que beneficia o réu Lutero Ponce.
    É triste ver o Vuolo jogando a história de seu pai no lixo fazendo de conta que é contra o réu quando na verdade o chico 2000 que é do PR esta votando a favor.
    O Povo não é besta e os candidatos destes partidos serão melhor avaliados nas proximas eleições.

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DEUCIMAR? RSRSSR! JÁ RODOU! É PF NA PARADA!

  • HUGO LEÃO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    COMENTA-SE NOS BASTIDORES DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA QUE ESSA É UMA ESTRATEGIA COMANDADA PELOS EX-PRESIDENTES JOÃO MALHEIROS,LUIZ MARINHO,WILSON DENTINHO,CARLOS BRITO,CHICA NUNES E ATÉ TOTOÓ PARENTE,PRA SALVAR O LUTERO,POIS ELE TERIA AMEAÇADO,NÃO VOU SOZINHO,LEVAREI COMIGO,SE NADA FOR FEITO,ALGUNS EX-PRESIDENTES

    E DE SOBRA,O TRIO DA COMISSÃO PROCESSANTE SEMPRE ESTIVERAM NA GAVETA DO LUTERO.

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...