Últimas

Segunda-Feira, 03 de Março de 2008, 19h:02 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

INVESTIGAÇÃO

Vuolo, Levi e Mário Lúcio compõem CPI do Lixo

  O vereador Francisco Vuolo (PR) deve presidir a CPI do Lixo e terá como relator o ex-secretário de Meio Ambiente de Cuiabá, Levi de Andrade (PP). Essa composição tende a ser aprovada oficialmente na sessão ordinária desta terça da Câmara Municipal de Cuiabá. O peemedebista Mário Lúcio quer integrar a Comissão no papel de membro.

  A proposta de CPI foi apresentada semana passada por Vuolo e obteve aval de outros 8 vereadores. Agora, serão definidos seus 3 integrantes. O desafio será apurar denúncias de irregularidades, falhas e sugerir alternativas para melhoria dos serviços de coleta de lixo. Vários bairros reclamam desse atendimento. Dentro do cronograma de atuação da CPI deve ser aprovada uma agenda de visitas aos bairros e reuniões com dirigentes das associações de moradores.

   Mas o que pegará fogo mesmo nas investigações da CPI será a relação da Qualix com o Palácio Alencastro. Mesmo com a concessão vencida, a empresa continua explorando os serviços de colega de lixo. Fatura cerca de R$ 1,1milhão por mês com a retirada, em média, de 450 toneladas de lixo por dia (12,6 milhões de toneladas/mês) junto aos 180 bairros da Capital.

  Desde a gestão Roberto França (1997/2004) a Qualix presta serviços à prefeitura. Até 2004, cobrava R$ 64 por tonelada de lixo recolhida das ruas. Sob Wilson Santos, a partir de janeiro de 2005, o preço caiu para R$ 54 a t. e está hoje, após dois reajustes, em R$ 56/t, segundo garante o próprio prefeito. De duas uma: ou a gestão França mantinha preço superfaturado ou a atuação administração aceitou menor preço sem exigir atendimento de qualidade.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Sergio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é galinho só cego não ve que esta empresa fez doação para sua CAMPANHA para pagar o " favor o senhor prefeito contratou a mesma empresa que fez a doação. isso é brincar com nós cuiabano

  • MERCIO DANTAS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    UM TRABALHO SÉRIO DESSA COMISSÃO É FUNDAMENTAL PARA QUE SE ENTENDA OS GARGALOS DO SISTEMA. É CLARO QUE EM TODA A ADMINISTRAÇÃO ESSE PODE SER UM PONTO VULNERÁVEL, MAS QUEM CONVIVE NOS BAIRROS SABE QUE O SERVIÇO DEIXA A DESEJAR.

    CPA II

  • CLEIDE APARECIDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ACHO QUE A SOCIEDADE PRECISA DAR UM VOTO DE CONFIANÇA A ESSA CPI, QUE PARECE BEM INTENCIONADA E DE FATO EXISTE PROBLEMAS NA AREA DO LIXO. MAS SE COMEÇAR A PALHAÇADA ELEITORAL, AI É PAU NELES!!!

  • Evandro Mesquita | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Essa Qualix não é a mesma concessionária que doa recursos para campanha eleitorais de certos prefeituras. Pergunta do Zé Bedeu:" Ué concessionária pública pode fazer doação eleitoral". Ah bom, agora entendi. A doação foi para Prefeito de Nolva Iorqui, pensei que fosse no Brasil!! Ainda bem que aqui a Constituição proibi e todo mundo sabe que concessionária não pode doar dinheiro para campanha viu Romilson

  • Luiz Rondon A. Correa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É... mais uma vez os nossos vereadores encontram motivação para ir aos bairros e discutir com as associações de moradores, desta vez CPI do Lixo. Pena que este assunto de tamanha importancia tenha passado despercebido pelos nobres edis oposicionistas (alguns ex-governistas) por mais de 75% do tempo dos seus mandatos e agora, num toque de mágica, no apagar das luzes, vesperas das eleições eis que o assunto vem a tona. Da pra acreditar..., tomara.

  • valmir molina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Alô vereador Vuolo,se realmente o Sr.presidir a CPI do lixo investigue desde o tempo do Roberto França,compare os valores dos serviços e mostre para a sociedade onde estão as irregularidades.Mostra para o povo quanto o govereno passado ficou devendo as empresas,mesmo sem gastar com os salários dos funcionários públicos,já que deixou devendo três meses,mostra o preço por tonelada de cada um.mas seja imparcial,pois o Senhor foi secretário daquele governo.

  • Marcus Vinicius Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SUGIRO AO SR VUOLO, QUE ME PARECE UM POLITICO SÉRIO, QUE INCLUA MESMO A INVESTIGAÇÃO DA EPOCA DO FRANÇA, PRO SERVIÇO DA CPI FICAR COMPLETO E NINGUEM FALAR QUE TA ACOBERTANDO. QUEM NÃO DEVE NÃO TEME NÉ?

  • OSCAR | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    COMPARAR PREÇO DE TONELADA É JOGO DE NUMEROS.
    O PREÇO DA TONELADA É O RESULTADO DE TODO PROCESSO DE OBRIGAÇÕES DA EMPRESA QUE PRESTA O SERVIÇO.
    NÃO ADIANTA FICAR TENTANDO TAPAR O SOL COM A PENEIRA, POIS ESSA FALSA ECONOMIA NO PREÇO DA TONELADA, FEZ COM QUE A EMPRESA ABONDANASSE O ATERRO, CONTAMINASSE TODO O LENÇOL FREÁTICO, NÃO FEZ O INVESTIMENTO OBRIGATÓRIO NA RECUPERAÇÃO DA AREA DEGRADADA, TRABALHA COM CAMINHÕES SEM CONDIÇÕES, NÃO FAZ A COLETA REGULARMENTE, A USINA PRODUZ MENOS RESULTADO E O QUE É PIOR, COM TUDO ISSO, O VALOR DA FATURA HOJE É IGUAL AO DA ADMINISTRAÇÃO PASSADA.
    PORTANTO, PODE SE COMPARAR SEM MEDO UMA ADMINISTRAÇÃO COM A OUTRA, POIS A POSSÍVEL ECONOMIA DITA, PODE TER COLOCADO EM RISCO A VIDA DE VÁRIAS PESSOAS, SÓ COM A CONTAMINAÇÃO DA AREA, AGREDIU O MEIO AMBIENTE, INCLUSIVE, MISTURANDO LIXO HOSPITALAR COM O DOMÉSTICO E PELO QUE SABEMOS, VIDA NÃO TEM PREÇO.

  • Irineu - estudante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parece que o problema do "galinho" é o lixo mesmo, principalmente o que existe no Palácio Alencastro...

  • marcia regina pimentel de arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que falta na câmara municipal de cuiabá são políticos sérios e preparados. O que se pode esperar de uma CPI formada por francisco vuolo, aquele que secretário do frança e recentemente realizou uma audiência pública sobre o lixo na camâra que não deu em nada; leve levi, esse é oportunista de primeira, foi o pior secretário municipal de meio ambiente da história de cuiabá e até hoje ninguém sabe o que ele foi fazer lá, pois nada realizou; e mário lúcio (?), quem é mário lucio??? Esta na cara que estão tentando tirar proveito político da péssima gestão do lixo em cuiabá, que não é de hoje, isso vêm de muitos anos.

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.