Últimas

Segunda-Feira, 20 de Julho de 2009, 16h:14 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

EXPLICAÇÕES

Wellington busca apagar "incêndio" para assumir PR

   O deputado federal Wellington Fagundes, nome mais cotado para assumir a presidência regional do PR, se reuniu nesta segunda (20) com o atual presidente Moisés Sachetti e com o secretário-geral do partido Emanuel Pinheiro, para tentar desfazer o mal-estar gerado após anúncio de que a bancada republicana da Assembleia teria se reunido e pedido a nomeação imediata de Fagundes, não respeitando assim o prazo dado pelo próprio Sachetti para sua saída, prevista para 30 de julho. O deputado federal tem a intenção de fortalecer seu nome ao Senado, cargo que já confessou disputar em 2010.

   Wellington diz que não tem a intenção de "passar por cima" de Sachetti e que admira seu trabalho frente à legenda, mas que gostaria de cumprir a vontade da bancada da AL. O atual presidente disse recentemente que não aprovou a decisão dos seis membros da bancada, Sérgio Ricardo, Mauro Savi, Sebastião Rezende, Hermínio J. Barreto, João Malheiros e Wagner Ramos. Sachetti criticou o fato dos parlamentares terem endossado o nome de Fagundes e solicitado a saída imediata dele da presidência numa reunião que não contou com a presença dos demais membros da executiva estadual do PR.

   Sachetti e o ex-deputado Emanuel Pinheiro, vão deixar os cargos no diretório regional devido à regra estabelecida pela bancada de que tanto o presidente quanto o secretário-geral não podem concorrer a cargo proporcional para evitar o beneficiamento de candidaturas. Pinheiro é pré-candidato a uma das 24 cadeiras da Assembleia.

  Já Moisés Sachetti, que diz ter o desejo de disputar uma cadeira na Câmara Federal, se reúne ainda nesta segunda com o governador Blairo Maggi (PR) para tratar de sua saída da presidência, que deve ocorrer mesmo só na próxima semana.

  Apesar do impasse gerado com a decisão da bancada republicana, Sachetti reconhece que Fagundes é atualmente o melhor nome para assumir o comando da legenda. O PR é hoje a maior legenda do Estado, com 33 prefeitos, 17 vices, 227 vereadores, 5 deputados estaduais e 2 federais, mas tende a se tornar um partido com pouca representatividade e perder aliados exatamente por estar se tornando "inchado". (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Cidadão descontente. | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pare ser presidente do PR tem que ser deputado? Acho que não, porque conheço muitos presidentes de diversos partidos que não são deputados, senadores e nem tanpouco vereador.
    Porque no PR tem que ser?
    O PR en Rondonóplis está uma bagunça, largou sua militância as traças.
    Cadê Rubson, Cadê Maneco, cadê o João papudo, cadê Oswaldo Teodoro e por aí se vaí ...........................

  • Francisco | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Por isso que o PR está nesta situação, entram 4 numa sala fechada e resolvem tudo.
    Como agora o Welinto que a bancada de deputado estadual endossou seu nome para presidente do PR.
    Basta saber que a bancada do PR na Assembleía Legislativa não elege ele (Welinton), por isso que perde todas.
    Tem que ouvir a população se aceita ou não, WF na presidência isto tbém não aconteceu em Roo, viu o que deu?
    Faça uma reunião com os filiados de Roo e vamos decidir. Senão vai ser pau. vou adiantar aqui ninguém quer.

  • Roberto mello | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Calma ai Sr Francisco; vc tem sua opinião mais o melhor nome é de Welinton mesmo pois eu acho que é o deputado mais atuante que temos, e eu como filiado no PR tenho tambem o direito de querer o melhor para o meu partido e para o mato grosso, eu até acho que vc não é do PR, deve ser do PSDB, e fica plantando essas noticias ai .....Vamos pensar grande amigo, para o bem de todo o estado de mato grosso, não só da sua rua ai.

  • Pierre | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deixem o homem trabalhar!!!!!

  • Toninho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É assim que o Pr vai crescer mais, com Dep. Wellington Fagundes comandando, pois possui experiência ilibada e competencia para comandar o Partido.
    DEIXA O DEPUTADO TRABALHAR!!!!!!!!!!!!!!!!
    O futuro SENADOR.

  • Lara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deputado Campos Neto digo melhor Conselheiro, uso deste pseudonimo que vc conhece e sabe quem é, conheci sua história participei como poucos de suas derrotas e vitórias, aprendi algo muito importante em minha vida: juntei todas as pedras que me foram jogadas ao longo do caminho e construi um castelo de rocha com estas mesmas pedras que me atiraram, faça o mesmo e fique firme nesta Pedra Angular chamada Jesus, e ore por estas pessoas para que elas tenham o mesmo futuro brilhante que Vossa Excelência tem. Vou te lembrar de um único mandamento com promessa: Honre teus pais para que te prolonge seus dias na terra, eis aí o resultado de tudo isso as suas vitórias, que incomoda os pobres de espirito, mais que alegra o coração dos justos e a Deus que nos dá conforme a sua benevolência e sabia justiça, não aprendi e não vou constestar a dádivas divinas, mais tenho um certeza se Deus deu homem nenhum te tirá, siga em frente pois esta sua realização também é a minha lutamos muito por ela.

    Um abraço do Amigo,


    de Sempre: Lara .,

  • Eu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sr. Lara, acho que o mesmo errou o local do comentário, mas quero lhe dizer uma coisa: cuidado como envolve o nome de Deus.

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...

DEM, bate-cabeça e plano B frustrado

fabinho garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal e empresário Fábio Garcia (foto) acabou deixando o DEM órfão de candidatura a prefeito da Capital. Numa conversa com o governador Mauro, seu padrinho político, Fabinho o assegurou que iria sim disputar o Palácio Alencastro, mesmo pedindo trégua por...