Últimas

Terça-Feira, 14 de Julho de 2009, 11h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

BRASÍLIA

Ziulkoski fala da crise; Pedro espera boa notícia de Lula

   Flávia Borges
   Enviada Especial a Brasília




Milhares de prefeitos se reúnem em Brasília; Paulo Ziulkoski é aplaudido ao cobrar soluções para crise econômica mundial; Pedro Ferreira faz reivindicações e aguarda "boas novidades" do presidente Lula
Fotos: Flávia Borges

   O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, realizou a abertura da XII Marcha em Defesa dos Municípios, nesta terça (14), com um discurso focado na crise econômica mundial. Segundo ele, nos três dias do evento, serão discutidos métodos e possibilidades de combater ou amenizar os efeitos do problema. "A crise e os municípios é o tema deste encontro. Será que a crise se resolve com aumento de 2% no repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM)? Será que se resolve com aumento de 5% na arrecadação?", questionou o presidente. Ziulkoski ressaltou a participação dos municípios brasileiros. "As prefeituras do Brasil, com raras exceções, fazem um trabalho gigantesco".

   Já o prefeito de Jauru e presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Pedro Ferreira (PP), destaca que a crise econômica não acontece só em Mato Grosso e que, como medida à prevenção e ao combate do problema, é necessário "colocar a casa em ordem". Assim, ele diz que tem orientado os prefeitos do Estado a enxugar a máquina, diminuindo gastos. "A crise existe, mas ela não vai durar para sempre. Nós vamos sair machucados, mas também vamos sair fortalecidos".

   Ferreira diz que os gestores de MT têm a expectativa de ouvirem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva uma "boa notícia", como algum pacote de benefícios aos municípios. A presença de Lula já está confirmada para a manhã desta quarta (15). Entre as reivindicações da Marcha está uma melhor divisão do bolo tributário. "Nós (prefeitos) muitas vezes arcamos com responsabilidades que não são nossas e sim do governo estadual", diz Ferreira.

   Para ele, uma outra questão importante é a regulamentação da chamada Emenda 29, que trata dos percentuais mínimos obrigatórios para Estados e municípios, de 12% e 15%, respectivamente para a área da saúde. Estes valores já foram regulamentados pela Emenda 29 e são mantidos na proposta. Porém, sem a definição de percentuais mínimos obrigatórios para a União, há uma sobrecarga nos cofres municipais para o financiamento da saúde.

   Até hoje, uma das principais conquistas da Marcha foi a consolidação do aumento de 1% na transferência do Imposto de Renda e do Imposto sobre Produtos Industrializados para o FPM. A elevação ocorreu no ano passado e trouxe mais fôlego aos municípios.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

Morre mais um pastor da Assembleia

pastor jose alves de jesus 400   A Covid-19 transforma mais um pastor da Igreja Assembleia de Deus em vítima fatal. Morreu nesta terça José Alves de Jesus (foto), que presidia há vários anos o Campo Eclesiástico Autônomo da Igreja de Primavera do Leste e região. Ele estava hospitalizado com o...

Mauro e os "cabeças chatas" do CE

mauro mendes 400   O governador Mauro Mendes está disposto a conhecer a experiência da  educação pública  do Ceará, que há anos apresenta os melhores índices no Ideb e é orgulho dos irmãos Ciro e Cid Gomes, ex-prefeitos de Sobral e ex-governadores. Até pretende...

Seduc e microônibus para municípios

alan porto 400 curtinha   A secretaria estadual de Educação, sob Alan Porto (foto), tem buscado parcerias com prefeituras para construir quadras poliesportivas, laboratórios de informática e escolas, além de ampliar salas de aula, adquirir ares condicionados e microônibus escolares, de modo a atender...

Emanuel é quem mais realizou obras

emanuel pinheiro 400 curtinha   Um levantamento da empresa Percent Pesquisa & Consultoria, feita em Cuiabá entre os últimos dias 13 e 14, destaca que, na percepção de 49% dos cuiabanos, o prefeito reeleito Emanuel Pinheiro (foto) foi o que mais fez obras e serviços. Em segundo lugar, com 19,8%, é citado...

Emendas ajudam Unemat de ROO

thiago silva 400 curtinha   Em reunião com o reitor da Unemat, Rodrigo Zanin, e com o pró-reitor Alexandre Porto, o deputado estadual Thiago Silva (foto) tratou da emenda de R$ 1 milhão para manter o curso de direito e abertura do de jornalismo em Rondonópolis neste ano. E, juntos, definiram o modelo de...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.