Variedades

Terça-Feira, 19 de Abril de 2011, 20h:54 | Atualizado: 20/04/2011, 08h:21

AGECOPA

Aprovado pela AL, Eder assume o cargo e quer "enxugar" Agecopa

Eder Moraes      Após mais de duas horas de sabatina, por unanimidade, os deputados estaduais aprovaram a ida do ex-secretário-chefe da Casa Civil Eder Moraes para a presidência da Agecopa. Durante este período, os parlamentares fizeram questionamentos, mas não houve nenhum momento tenso ou saia-justa. Desde modo, eles demonstraram que o nome de Eder foi bem aceito pelo Legislativo, que nos últimos dias teceu duras críticas à condução da agência, que estava sob Yênes Magalhães.

     O ex-secretário-chefe da Casa Civil assume o comando da agência querendo rever o quadro de funcionários e já promete até fazer “cortes”. Eder entende que é necessário impedir que a autarquia comece a atuar como espécie de mini-secretarias, replicando a estrutura do Estado. “Não adianta dar o passo maior que a perna. Não precisamos ter uma nova Sinfra, acho que tem que ser reduzido o número de servidores da Agecopa”, enfatizou. Hoje existem 120 funcionários.

     Eder também demonstrou preocupação com as questões técnicas que envolvem a agência, por isso, garantiu que vai se ater à legislação para que editais não sejam cancelados, protelando ainda mais a execução das obras em Cuiabá e Várzea Grande. Neste sentido, reforçou que vai executar tudo o que for possível para preparar as suas cidades.

     Ele reforçou que pretende manter diálogo com os prefeitos de Cuiabá Chico Galindo e de Várzea Grande Tião da Zaeli, assim como com os vereadores das duas cidades, em que ocorrerão as obras necessárias para preparar a Capital. Outro tema bastante debatido foi a escolha do novo modelo de transporte coletivo. Em meio aos questionamentos, Eder ponderou que se o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) for a melhor opção, ele não vê problemas em declinar da implementação do Bus Rapid Transit (BRT). “Não haverá paixão nesta escolha”, pontua.

Confira aqui como foi a sabatina de Eder na Assembleia

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • joao | Terça-Feira, 19 de Abril de 2011, 22h53
    0
    0

    Enxugar até a diretoria. Diretores voces eram felizes com Adilton e não sabiam.

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...