Variedades

Sábado, 23 de Abril de 2011, 18h:00 | Atualizado: 23/04/2011, 17h:48

POLÊMICA

Aray proíbe os funcionários de debater privatização da Sanecap

     Numa espécie de retaliação à audiência pública que discutirá a privatização da Sanecap nesta segunda (25), o diretor da companhia Aray da Fonseca “vetou” a participação dos funcionários no encontro. Conforme o presidente do sindicato da categoria Ideueno Fernandes de Souza, foi solicitada a liberação de cinco servidores de cada setor. Eles apresentariam as demandas do sistema de saneamento e abastecimento na Capital. "Seriam cerca de 50 pessoas, mas o presidente não foi flexível", pontua o sindicalista.

     Aray teria alegado que não poderia liberar os funcionários porque a companhia ficaria parada e a população sem atendimento. Ideueno, por outro lado, argumenta que muitos servidores não tem condições de trabalho e que a ausência deles, portanto, não seria prejudicial. "Não pagam os fornecedores, faltam conexões de cano e não tem sequer papel sulfite para imprimir relatórios", reclama.

     A situação, segundo ele, é tão delicada que alguns vazamentos não são recuperados há mais de 30 dias por falta de retroescavadeiras. O sindicalista acusa Aray ainda de estar "desmontando" a Sanecap aos poucos para facilitar uma possível concessão. "Há um movimento para que ela fique inoperante", aponta.

     Na Câmara, o vereador Lúdio Cabral (PT) "engrossa o coro" do sindicato. Ele afirma que a falta de estrutura da companhia seria uma manobra política para facilitar a venda da Sanecap. "Eles deixam tudo sem funcionar e dizem para o povo que a única solução é a privatização. Isso é chantagem com o povo", ressalta. O parlamentar será o líder de uma manifestação contra a terceirização da companhia no mesmo dia da audiência, agendada para ter início às 15 horas, no auditório da sede do Legislativo.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Luis Antonio | Segunda-Feira, 25 de Abril de 2011, 01h22
    0
    0

    Como bem vem noticiando o Cuiabano nato Roberto Franca, tem muito interesse politico por tras. Até mesmo do atual prefeito que esta interessado a adquiri-la por meio de testa de ferro de presidente prudente, sua origem. Dar calote é a especialidade de Galindo. É so puxar sua capivara junto a Justica Estadual de P. Prudente/MT. Fiquem de olhos bem abertos politicos Cuiabanos. Estao detonando nossa cidade.

  • leo dallas | Domingo, 24 de Abril de 2011, 17h59
    0
    0

    uai ja vi este filme com a cemat, sucateia vende e depois aumenta o imposto e detona os que prescisa dos serviços e o povo nao faz nada vamos lutarrrrrrrrrr

  • Cristiano | Domingo, 24 de Abril de 2011, 11h59
    0
    0

    Agora a sanecap tem presidente,o dr aray ja esta fazendo pela sanecap em menos de um mes o que muitos nao fizeram em anos e ai nao interessa ao sindicato trabalhar

  • Jean M. Van Den Haute | Domingo, 24 de Abril de 2011, 11h17
    0
    0

    A Lei Complementar Estadual n°359/09 diz que o saneamento deve ser tratado á nível do Governo Metropolitano de Cuiabá. Onde está o Governo Metropolitano de Cuiabá ?????

  • Vanderlei Brhodher | Domingo, 24 de Abril de 2011, 10h34
    0
    0

    É esse tipo de Gestor que Cuiabá, está precisando? Truculencia, gestão unilateral e antidemocratica? Só isso que faltava, em pleno sec. 21 assistimos, pseudos Gestores encastelados de Fariseus Hipocritas,a mando dos desmandos, da Inoperancia, da falta de compromisso e respeito com nos cuiabanos, MT, tá pessimo de Gestores que tem compromisso e seriedade com a coisa publica.

  • José lito | Domingo, 24 de Abril de 2011, 10h21
    0
    0

    Quem foi que nomeou o dr Aray para gerenciar a Sanecap,só podia ser um despreparado para administrar Cuiabá. O que o dr Ary entende sobre os problemas que atinge a Sanecap, bulufas!

  • Mauro Figueiredo | Domingo, 24 de Abril de 2011, 09h49
    0
    0

    O WILSON SANTOS TAMBÉM APLICOU ESSA MODALIDADE DE "SE ESTÁ RUIM É PRÁ VENDER" E NÃO DEU CERTO, AGORA VEM ESSE TAL DE ARAY COM O MESMO LERO-LERO. NÃO ADIANTA, O POVO É INTELIGENTE E ESTÁ ATENTO. A POPULAÇÃO QUER É GESTÃO COMPETENTE O QUE INFELIZMENTE A NOSSA CAPITAL NÃO TEM. MAS A MUDANÇA JÁ ESTÁ CHEGANDO E ESSE PESSOAL VAI COMER GRAMA NAS URNAS. AO TENTAR PROIBIR INFORMAÇÕES NAS AUDIÊNCIAS, ESSE TAL DE ARAY ESTÁ PREJUDICANDO A POPULAÇAO E PIORANDO AINDA MAIS A IMAGEM DO PREFEITO GALINDO, QUE JÁ ESTÁ RUIM.

  • Teodoro da Silva Junior | Domingo, 24 de Abril de 2011, 08h53
    0
    0

    Caro Ideueno! Esta confissão absurda reforça o comentário que haviamos feito anteriormente. Nós, os consumidores dos serviços da Sanecap, estamos pagando alguns trabalhadores dessa empresa que não fazem nada e ainda procuram justificar a inoperância? Ainda querem afastar do serviço, no horário de expediente, 50 sindicalístas para participarem de manifestação política contra a privatização. Conclusão: se alguém tinha dúvida, aí está mais uma razão para privatizar os serviços da Sanecap, em benefício da população, de preferência acabando com a estabilidade de sindicalístas inoperantes. Com essa informação do Ideueno, cumprimentamos o Araí se o caminho for este. Lúdio! Se quer a manifestação desse povo, faça a audiência fora do horário de expediente, nós pagamos os empregados para trabalhar e não para agitar.

  • Camila | Sábado, 23 de Abril de 2011, 22h30
    0
    0

    Camila, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Sofia | Sábado, 23 de Abril de 2011, 20h55
    0
    0

    Isso é uma afronta à democracia!!! Sr. Aray faça-me o favor, seja mais coerente, afinal as eleições 2012 vem aí.......cuidado com suas ações, isso pode ser prejudicial para sua imagem!!!!!!rsrsr

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...