Variedades

Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 14h:34 | Atualizado: 17/02/2020, 14h:49

Assessora e amiga do apresentador Gugu desabafa no Instagram: o justo será feito

Arquivo Pessoal

Esther Rocha e Gugu

Assessora de imprensa de Gugu e sua amiga pessoal há 20 anos, Esther Rocha

Assessora de imprensa de Gugu Liberato e sua amiga pessoal há duas décadas, Esther Rocha usou seu Instagram para falar sobre a saudade do apresentador, que morreu aos 60 anos de uma queda em casa, no ano passado e cuja herança de 1 bilhão está sendo disputada pela família e pela mãe de seus fillhos, Rose Miriam di Matteo. "Hey amigo/chefe, acordei com saudade de você... Acredite que as turbulências vão passar, o justo será feito e você poderá seguir seu caminho em paz. Receba daí meu abraço de gratidão e amizade sincera. Amizade pra valer, sem interesses ou falsos sorrisos", desabafou ela nesta segunda (17).

Esther continuou, alfinetando os "mal-intencionados". "Deus é justo e ninguém vai conseguir destruir tudo o que construiu. O mundo as vezes fica tão feio, hostil, injusto... Mas saiba que tem muita gente que te ama por aqui. Os mal intencionados passarão e você seguirá seu caminho em paz. Você faz falta por aqui, seus e-mails com respostas curtas, seu jeito 'rabugento' quando eu insistia em engatar uma D.R. com você... Tenho saudade até de ficar de mal...  Como as vezes acontecia. Ah, só pra lembrar... Obrigada por tudo, Tudo mesmo...#guguliberato", disse ela.

Gugu deixou uma herança de cerca de R$ 1 bilhão. Ele estipulouo em um testamento feito em 2011 que seu patrimônio seria dividido entre os três filhos, João Augusto, de 18 anos, e as gêmas Sofia e Marina, de 15, que ficariam com 75% dos bens, enquanto os outros 25% seriam divididos entre os cinco sobrinhos. Rose entrou na Justiça pedindo o reconhecimento de união estável com o apresentador, o que daria a ela direito à metade do patrimônio de Gugu.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

Políticos querem suspender eleição

Cresce o movimento entre políticos para adiar as eleições municipais de outubro. O argumento utilizado é o impacto que o coronavírus terá na economia, saúde e vida das pessoas. Isso porque, neste ano, uma vacina não deve ficar disponível ao mercado e os prejuízos causados pela Covid-19 ainda estão só começando. Entre os políticos de MT que defendem adiar o pleito para 2022, quando a...

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.