Variedades

Terça-Feira, 12 de Março de 2013, 14h:38 | Atualizado: 12/03/2013, 17h:30

Câmara de Cuiabá

Câmara vê uso de guinchos para elevar receita; prefeitura nega

Câmara vê uso de guinchos para elevar receita; prefeitura nega

Foto: Otmar de Oliveira -- Vereador Allan Kardec solicitou informações sobre guincho em Cuiabá   O vereador Allan Kardec (PT) apresentou requerimento, na sessão desta terça (12), solicitando à Prefeitura de Cuiabá informações sobre a empresa contratada para guinchar os veículos estacionados irregularmente. O petista questiona a realização do processo licitatório e os valores cobrados dos motoristas, que considera acima dos praticados pelo mercado.

   Kardec afirma que os proprietários dos veículos guinchados são obrigados a pagar multa de R$ 127, taxa de guincho no valor de R$ 130 e mais R$ 30 de estacionamento. Segundo o petista, a população está sendo penalizada porque um guincho particular cobra, em média R$ 90, pela remoção do automóvel.

   “Em Cuiabá não existem espaços públicos para a população estacionar. Enquanto isso, a prefeitura aproveita para guinchar nas imediações das universidades e shoppings", reclama. Cita como exemplo o fato de, ontem à noite, em frente à Unic, 11 carros terem sido removidos. "Não existe educação para o trânsito em Cuiabá. Por isso, quero saber onde o Executivo está aplicando esses valores”.

   Para o vereador Toninho de Souza (PSD), a prefeitura está aproveitando os problemas relacionados ao trânsito para criar uma “estrutura de arrecadação” por meio de multas e guincho. Além disso, afirma que o “endurecimento” da fiscalização é precipitada porque Cuiabá não dispõe de espaços de estacionamento. “De maneira nenhuma, defendo os infratores. Na minha opinião, antes de sair guinchando, é preciso envolver a secretária de Trânsito, os amarelinhos e as escolas", defende.

   O líder do Governo na Câmara Leonardo Oliveira (PTB) prometeu levar os questionamentos ao secretário de Trânsito Antenor Figueiredo (PR). O vereador, entretanto, acredita que os questionamentos existem porque os motoristas de Cuiabá ficaram muito tempo “à vontade” e precisam ser educados. “Reconheço que é necessário educar, senão não adianta multar. O problema é que os motoristas estão acostumados a estacionar nas calçadas e canteiros. Vamos receber a Copa do Mundo e isso precisa mudar. A fiscalização não existia, por isso o povo anda arrepiado. A prefeitura avisou 60 dias antes”, pondera.

   Os veículos estacionados irregularmente começaram a ser guinchados em 1º de março. O balanço divulgado na primeira semana da operação informa que 83 veículos, entre carros e motos foram removidos. Segundo Anternor, a medida atende ao Código Brasileiro de Trânsito. 

  A multa de natureza leve chega a R$ 54 reais. A média exige desembolso de R$ 84 reais. No caso de natureza grave, o valor é de R$ 127 reais. O veículo apreendido vai ser levado para o pátio de vistoria da SMTU. Em caso de pessoa física, para retirá-lo, o proprietário deve preencher formulário de requerimento de autorização para liberação e ainda anexar cópias dos documentos pessoais, como RG e CPF, comprovante de residência, documento do veículo e comprovante de pagamento de taxas e despesas com remoções e diária do carro no pátio.

   Se for veículo de empresa, são necessários cópia do contrato social ou certidão cadastral do ministério da Fazenda, RG e CPF do responsável, comprovante de residência, documentos do veículo, alvará de funcionamento da empresa concedido pela prefeitura e comprovante de pagamento de taxas e despesas com remoção e estada.

Veículo estacionado irregular será guinchado, inclusive da prefeitura

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Léo Kuiabano | Quarta-Feira, 13 de Março de 2013, 14h40
    0
    0

    Ahh se esse guincho e os tais dos amarelinhos tivessem coragem de dar uma passadinha lá pras bandas do Colégio São Gonçalo!!

  • Arisio | Terça-Feira, 12 de Março de 2013, 19h03
    0
    0

    Não terá seu carro rebocado, quem parar em local permitido. Não julgo ação arrecadadora rebocar carros parados nas vagas de deficientes, idosos, parados em locais proibidos impedindo um bom fluxo de veiculos. Falta é educação mesmo, falta civilidade, respeito ao próximo. Apóio essa ação da Prefeitura.

  • Mario LUis | Terça-Feira, 12 de Março de 2013, 19h00
    0
    0

    Parabens a atuação da prefeitura. Não há justificativa para estacionar em local proibido. O que é educação para o transito? Quando se é habilitado a dirigir o mototista não é avaliado se sabe onde pode ou não estacionar? Quanto a estacionamento, nós contribuintes não pedemos pagar para que os negocios privados oferecam conforto para os seus clientes (shoping, universidades, bares). Oferecer estacionamento tem que ser parte do negocio ou um negocio a parte (1hora de estacionamento no centro São Paulo pode chegar a R$ 20,00).

  • Lina | Terça-Feira, 12 de Março de 2013, 18h51
    0
    0

    Já estava na hora de colocarem ordem nesse trânsito, ainda mais neste período que todos precisam mostrar a sua educação. tenho visto caminhão estacionado na unica rua que da acesso da Av. Miguel Sutil/Jardim Leblon, para chegar ao centro, ficando o trânsito congestionado todos os dias nesse local por causa desses caminhões ali estacionado. Tenho visto com frequência pessoas jovens estacionando seus veículos em vagas de idosos e pessoas deficientes. Já estava na hora de alguém colocar ordem nesta cidade. Mais acho que tem que ter a presença dos amarelinhos nas ruas, e não ficarem esperando alguém ligar para reclamar que alguém esta atrapalhando o trânsito para eles estarem ali presente. Parabéns PREFEITO pela sua atitude. Quero ver onde será aplicado o dinheiro dessas multas.

  • Jão Cró | Terça-Feira, 12 de Março de 2013, 18h08
    0
    0

    Cobrar do prefeito locais para estacionar é correto, como tbém multar os imbecis q param em local proibido.

  • RENATA | Terça-Feira, 12 de Março de 2013, 17h25
    0
    0

    É ISSO AI VEREADOR ESTAMOS COM VC

  • marclo olviera | Terça-Feira, 12 de Março de 2013, 17h20
    0
    0

    isso é covardia o que o prefeito está fazendo. a propria secretaria de transito nao cumpre o seu papel de orientar e fiscalizar o transito e sai agora recolhendo veiculos é covardia sim. A medida é desproporcional, embora legal. primeiro campanha de educação pra transito. depois multa e terceiro guincho, credo.

  • Altair Brazzo | Terça-Feira, 12 de Março de 2013, 17h12
    0
    0

    Prezado Vereador, o transito de Cuiabá está um caos, sempre vejo carros em cima da calçada, parados em lugares proibidos e muito motorista sem nenhuma consideração para com o próximo. Essa sua queixa pra ganhar popularidade pode dar errado. PARABENS PREFEITO, CONTINUE ASSIM.

  • Rodrigo | Terça-Feira, 12 de Março de 2013, 17h04
    0
    0

    Este é um belo trabalho que a prefeitura de Cuiabá está fazendo. Não adianta o povo reclamar que não houve programa de conscientização por já tivemos vários. Trata-se de falta de educação e bons costumes de uma parte do povo cuiabano. Aqueles que não estacionam em calçada, vagas de idosos, lugares proibidos enfim..., está agradecendo e muito por essa "limpeza".

  • paulo | Terça-Feira, 12 de Março de 2013, 16h59
    0
    0

    parabens para smtu educação vem de berço quem não respeita as leis tem que ser punido ontem estacionarao um veiculo na entrada da minha garagem liguei na smtu reclamando e logo enviaram os amarelinhos e rebocaram o veiculo ora essa não é a primeira vez que aconteceu isso outro dia fiquei das 08:00 até as 11:00 preso dentro de casa por conta dessa situação chega de conversa fiada que tem que educar como já falei educação vem de berço tem é que fazer cumprir as leis só assim conseguiremos ter uma cidade descente!!!

Selo Amiga dos Animais pra empresas

misael galvao 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), vai conceder o selo Amiga dos Animais para 20 empresas. Até o final do ano será realizada uma sessão solene para condecorar representantes dessas empresas. E também estão previstos a entrega da Ordem do Mérito...

Fecomércio vai à AL por menos ICMS

jose wenceslau 400 curtinha   O presidente da Fecomércio, José Wenceslau Souza Junior (foto), revelou nesta quarta, numa live ao RDTV, tv web do portal Rdnews, que vai procurar os deputados para reabrir o debate sobre a pesada carga tributária praticada em MT. Ele recorda que no final de 2019, o governo estadual alardeava que...

Gestores multados por irregularidades

arivaldo 400 curtinha   Dezenas de prefeitos e ex-gestores estão sendo multados por não enviar ao TCE prestação de contas periódica, informações e documentos obrigatórios, o que é considerado falha grave. Arivaldo Medeiros de Santana (foto), prefeito de São José do Povo,...

O "pai" da destruição de documentos

jose riva 400 curtinha   Na sua delação premiada, o ex-presidente da AL, José Riva (foto), acusa o presidente do TCE, Guilherme Maluf, de ter sumido com provas que incriminavam deputados quanto ao uso de suprimentos de fundos e verba indenizatória. Só que para o MPE, foi o próprio Riva quem organizou um...

DEM dividido e quase no colo de EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   Num almoço na casa do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), nesta quarta, lideranças da alta cúpula do DEM de Cuiabá e Várzea Grande discutiram possível apoio à reeleição do emedebista. Essa aproximação fere de morte o Palácio...

PT, ensaio e chapa branca em Tangará

welton tangar� 400 curtinha   O PT, que já teve os vice-prefeitos José Jaconias e Zé Pequeno, estuda nem disputar a eleição majoritária em Tangará da Serra. Chegou a ensaiar uma pré-candidatura, mas parou no meio do caminho. Internamente, o partido discute lançar o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.