Variedades

Domingo, 05 de Setembro de 2010, 12h:26 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:27

EM LEVERGER

Candidatos tentam mostrar simpatia para conquistar votos


Harrison Benedito, Glorinha Garcia e João Benedito percorrem locais de votação para abraçar e beijar eleitores
Fotos: Josinei Moreira  

   Os três candidatos a Prefeitura de Santo Antônio do Leverger, Harrison Benedito (PSDB), Glorinha Garcia (PP) e João Benedito (PRTB) já votaram e fazem uma espécie de “tour” pelos locais de votação. Como não podem pedir votos, apenas abraçam e beijam os eleitores. Os três demonstraram grande animação e acreditam na vitória. “Estamos bastante confiantes. Integramos um grupo político forte e temos muito serviço prestado à sociedade”, pontuou Glorinha, que já comandou a cidade. Harrison, que ocupa o cargo de prefeito tampão desde a cassação do mandato do prefeito eleito Faustino Dias Neto, ressaltou o fato da população enfim escolher o novo gestor. “Quem ganha com essa eleição é o povo. A população sofre com essa incerteza há dois anos e enfim vai poder escolher. Acredito na minha vitória”, afirmou o tucano.

   Os favoritos são Glorinha e Harisson, entretanto, João Benedito, corre por fora e bastante otimista prevê “abocanhar” 40% dos mais de 14 mil  votos. Segundo ele, seu foco são os eleitores revoltados com os grupos políticos que têm se alternado no poder. “Sei que estou sendo audacioso, mas mesmo tendo feito uma campanha simples tenho recebido muito apoio”, pontuou.

  Durante a manhã não houve o registro de nenhuma ocorrência policial. Fiscais, que representam os três candidatos, estão em todos os 36 locais de votação. O local mais vigiado, segundo João Benedito, é a aldeia Bahia São João, onde supostamente poderia haver irregularidades. “Na outra eleição uma candidata teve 99% dos 300 votos existentes. O cacique não nos deixou sequer para conversar com os índios, por isso, solicitamos ao TRE que uma guarnição da Polícia Federal acompanhe toda a votação”, afirmou Benedito. A única mulher a disputar o pleito em 2008 foi Glorinha.

  Conforme o juiz eleitoral da 38ª Zona Eleitoral, José Arimatéia, que acompanha a eleição, houveram algumas denúncias, que vão ser apuradas, mas até agora nenhuma prova concreta foi encontrada. Estão em jogo 14 mil votos, por isso, os fiscais de todos os candidatos estão atentos. Uma das maiores preocupações é com o transporte irregular de eleitores. Foi registrada, inclusive, uma denúncia junto a ouvidoria do TRE de que haveriam dois micro-ônibus transportando eleitores de forma irregular, mas os veículos não foram localizados pela Justiça Eleitoral.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • mario | Domingo, 05 de Setembro de 2010, 18h37
    0
    0

    agora que vi o rosto do outro candidato, agora qq esse......

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...