Variedades

Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 11h:24 | Atualizado: 29/05/2020, 11h:28

Cantor Lucas Lucco detalha luta contra a depressão: "Estava no meu limite", veja


Quem

Reprodução

Lucas Lucco

Por telefone, Lucas Lucco  relembrou episódios marcantes dos 13 anos de sua carreira

Em uma hora de entrevista por telefone para a capa digital de Quem, Lucas Lucco  relembrou episódios marcantes dos 13 anos de sua carreira, falou sobre os momentos difíceis da luta contra a depressão e ressaltou a importância da filantropia em sua vida. O ensaio, produzido à distância conforme as orientações da OMS para combater o novo coronavírus, foi feito em uma chamada de vídeo pelo fotógrado Iude Richele, queridinho das celebridades.

O cantor de 29 anos de idade, que está passando a quarentena em casa, em Uberlândia, Minas Gerais, aproveitou a interrupção na agenda profissional para se dedicar, ainda mais, aos seus trabalhos sociais. Desde o começo do período de distanciamento social, ele tem focado em arrecadar doações para instituições beneficentes afetadas pela pandemia. Além das lives show – a próxima marcada para o dia 11 de junho no YouTube –, ele lançou o projeto #EmCasa, que são 30 músicas gravadas em vídeo e lançadas individualmente com um QR Code que possibilita a doação direta dos fãs.


“Desde quando a quarentena começou, o sentimento mais presente em mim é de ser útil, de servir. Este momento veio de maneira diferente para cada um de nós. Não senti medo nem fiquei assustado. Só procurei pensar positivo e em tudo que eu posso tirar de melhor desse caos todo”, diz Lucas, que, até o momento, já arrecadou mais de 10 toneladas em cestas básicas e quatro toneladas de ração para animais. Fora o montante em dinheiro que também foi destinado à caridade. Na live em comemoração de seu aniversário, no começo de abril, ele arrecadou mais de 200 mil reais.

O sertanejo, que estourou nacionalmente com o hit Princesinha em 2013, foi o primeiro artista a anunciar o cancelamento de toda a agenda de shows em 2020. A decisão foi tomada sabendo que o período de pandemia afetaria drasticamente a vida do público. “Tenho que fazer esse trabalho com responsabilidade. Creio que as pessoas não vão ter como ir nesses eventos [por motivos financeiros]. Quem for fazer eventos este ano, se possível, deve ser beneficente ou ter a entrada franca”, sugere.

Na vida pessoal, ele e a noiva, Lorena Carvalho, 28, também adiaram os planos de casamento. Mas ele conta que a convivência constante com a modelo melhorou a relação. “Conseguimos usar o isolamento para nos conhecermos melhor, mesmo depois de sete anos juntos. Estudar detalhes e coisas no relacionamento que, antes, por falta de tempo, a gente não conseguia olhar”.

A consciência e o desejo de Lucas em realizar ações sociais não é de agora. Aos 12 anos, ele começou a participar de grupos de jovens filantrópicos em sua cidade natal, Patrocínio, interior de Minas Gerais. Sua ligação com a religião também foi fator decisivo para formar uma personalidade altruísta. Desde então, o cantor dedica-se à causa animal, campanhas de arrecadação nas redes sociais e a ajudar entidades não só no estado, mas no Brasil inteiro.

“Não tem muita coisa para fazer lá [em Patrocínio] e coisas de graça menos ainda. Não vim de família rica. Eu trabalhava meio período e à noite, eu ia para as reuniões desses grupos. Todo meu tempo era ocupado com isso. A gente organizava eventos para arrecadar fundos e ajudar as instituições das cidades [próximas]. Eu participava de bazar, festival de sorvete, pizza, pastel… Quando não cantava, eu ajudava como garçom”, lembra.

Pergunto se a vontade de ajudar foi incentivo dos pais, Paulo e Karina, mas Lucas nega. “Partiu de mim! Foi inato! Tanto a música quanto essa vontade de poder servir”, explica ele, que no início da carreira, em 2007, ao integrar o trio Skypiras, fez questão de levantar a bandeira da filantropia.

Em 2014, três anos após decidir seguir solo, Lucas lançou o clipe de Mozão, no qual aborda o combate ao câncer de mama e a importância de se fazer o autoexame. Pouco tempo depois, o clipe de Quando Deus Quiser trazia uma deficiente física como protagonista. Os dois singles estão entre os maiores sucessos do cantor, que ainda inclui 11 Vidas, Batom Vermelho, É Treta, Vai Vendo, Posto 24h, Briguinha Boba, e muitos outros.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Corrida de Teis no noticiário nacional

waldir teis 400 curtinha   As imagens que mostram o conselheiro afastado do TCE Waldir Teis (foto) descendo em alta velocidade as escadas de um prédio para jogar no lixo vários cheques rasgados que somavam R$ 450 mil ganharam o noticiário nacional, com destaque neste domingo em veículos, como Folha de S. Paulo, G1 e IG....

Esforço de ex-senadora para eleger 2

rafael ranalli curtinha 400   Eleita no pleito de 2018 e cassada em definitivo em abril deste ano, a ex-senadora Selma Arruda, presidente do Podemos de Cuiabá, pode deixar o partido após o processo eleitoral deste ano. Segundo informações, a juíza aposentada se afastaria da política partidária para...

6 parlamentares já foram infectados

wilson santos 400 curtinha   Desde o início da pandemia, em março, seis dos 24 deputados estaduais já testaram positivo para Covid-19. O último foi Wilson Santos (foto). Ele disse que recebeu medicação e está em isolamento. Observa que a doença está no início e segue trabalhando...

Pedido para TSE definir data da eleição

sebastiao carlos 400 curtinha   Na última quarta (2), um dia após a Câmara aprovar a PEC que adia as eleições municipais para 15 de novembro, André de Albuquerque Teixeira, advogado de Sebastião Carlos, que concorreu ao Senado e um dos que denunciaram Selma Arruda por crimes eleitorais, já...

Uma das apostas do PP para vereador

alex rodrigues 400 curtinha   O PP já tem no rol de possíveis eleitos a vereador em Cuiabá o jovem Alex Rodrigues (foto), de 31 anos. Filho do empresário Valúcio Rodrigues e sobrinho do secretário de Obras Públicas da Capital, Wanderlúcio Rodrigues, Alex criou uma comunidade com mais de mil...

Prefeito, efeito pandemia e a reeleição

ze do patio 400 curtinha   Mesmo com o poderio da máquina, considerada preponderante para cooptar partidos e aliados por causa da oferta de cargos e do assistencialismo, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, terceira em população e segunda no ranking da economia estadual, terá muitos...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.