Variedades

Quarta-Feira, 05 de Fevereiro de 2020, 19h:50 | Atualizado: 05/02/2020, 19h:54

Caso Gugu Liberato: juiz decide que Rose Miriam receba R$ 42,5 mil por mês

Francisco Cepeda e Thiago Duran/AgNews

Rose de Matteo

Rose Miriam di Matteo, mãe dos três filhos de Gugu, durante velório do apresentador

O juiz Galdino Toledo Júnior, do Tribunal de Justiça de São Paulo, determinou, nesta quarta (05), que Rose Miriam di Matteo receba o valor de US$ 10 mil (equivalente a R$ 42.500) por mês, valor que ganhava quando Gugu Liberato ainda estava vivo.

Na decisão, divulgada pelo colunista Erlan Bastos, o magistrado alega que “a autora [Rose] é médica formada, tem patrimônio próprio, sendo inclusive proprietária de um imóvel de alto padrão doado pelo falecido [Gugu], apto à elevada locação, o que afasta o quadro de necessidade da verba alimentar”. Assim, determinou somente a manutenção da pensão mensal paga anteriormente.

O juiz garantiu os U$ 10 mil mensais a Rose Miriam “sem prejuízo de igual continuidade do pagamento dos encargos assumidos com empregados, despesas com educação e lazer, além da saúde física, mental e dentária dos filhos”.

“Mesmo que a pretensão tenha por lastro suposta união estável entre as partes, tal fato não geraria, por si só, direito a receber pensão alimentícia”, acrescenta o juiz.

Toledo Júnior ainda comentou o contrato que Rose assinou com Gugu, o qual sugere que eles nunca foram um casal. “Importante notar que o documento não exsurge […] a existência de relação estável entre o de cujus e a recorrida, pois o contrato nele contido tem por escopo apenas uma união de propósitos com o gim de criarão de filhos comuns, sem coabitação e intenção pré-definida de conversão dessa união em casamento”, afirma.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • casa | Quinta-Feira, 06 de Fevereiro de 2020, 06h38
    4
    0

    casamento de rico é assim ''muito documento e pouco entretimento''.Já o de pobre é ''muito fornicamento e pouco documento''. sou mais o segundo......

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.