Variedades

Domingo, 17 de Janeiro de 2010, 19h:26 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Música

Em protesto, Caetano diz que Haiti é aqui

   Um dos ícones da MPB, Caetano Veloso gravou nos anos 1990 a canção Haiti, motivado por uma tragédia no Estado das Caraíbas para falar da miséria brasileira. A música é carregada de intervenção política e social sobre o Brasil numa época em que já se fazia campanha humanitária ao país caribenho, então atingido por um furacão. Duas décadas depois, um grande terremoto sacudiu o Haiti e destroçou sua capital Porto Príncipe, causando um número incalculável de mortos, inclusive de brasileiros. Com a força de 30 bombas atômicas, o terremoto deixou mais arrasado um país que já é paupérrimo.

   Baiano de Santo Amaro da Purificação, Caetano iniciou a carreira interpretando canções de bossa nova, sob influência de João Gilberto, um dos fundadores do movimento. Foi um dos responsáveis por deslocar a melodia pop na direção de um ativismo político e de conscientização social. O nome ficou então associado ao movimento hippie do final dos anos 1960 e às canções do movimento da Tropicália. É irmão de outra artista, a cantora Maria Bethânia. O primeiro trabalho musical foi uma trilha sonora para a peça teatral Boca de Ouro, do escritor Nelson Rodrigues, do qual Bethânia participou em 1963. Ainda nos anos 60 ingressou na Faculdade de Filosofia da Universidade Federal da Bahia.

    Desde o início da carreira, Caetano demonstrava uma posição política ativa mais de esquerda. Ganhou, por isso, a inimizade do regime militar instituído no Brasil durante 21 anos (64/85). Por esse motivo, as canções foram frequentemente censuradas neste período e algumas até banidas. Em 27 de dezembro de 1968, Caetano e o parceiro Gilberto Gil foram presos, acusados de terem desrespeitado o hino nacional e a bandeira brasileira. Foram levados para o quartel do Exército de Marechal Deodoro, no Rio, e tiveram suas cabeças raspadas. A liberdade veio em fevereiro de 1969. Depois, em Salvador, eles foram mantidos em regime de confinamento, sem aparecer e nem dar declarações em público. Acabou exilado na Inglaterra.

------------------
Clique aqui e ouça Haiti

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...