Variedades

Terça-Feira, 05 de Março de 2013, 20h:03 | Atualizado: 06/03/2013, 08h:46

RONDONÓPOLIS

Percival recua e entrega sede da Amaggi para instalar Grupo Assaí

Percival recua e vai entregar prédio da Amaggi para instalar Assaí

 -- Prefeito de Rondonópolis Percival Muniz, do PPS O Prefeito de Rondonópolis Percival Muniz (PPS) declarou nesta terça (5), por meio da assessoria de imprensa, que o impasse relacionado ao prédio onde ficava a empresa Amaggi não vai ser um empecilho para a vinda do Grupo Assaí à Rondonópolis. A polêmica começou quando o Grupo, que pretende instalar um supermercado na cidade, negociou com a empresa Unimed a compra do imóvel, localizado na Avenida Presidente Médice. Segundo o presidente da Unimed, Luiz Carlos Straliotto, a empresa de saúde já teria pago 50% do valor negociado há 3 anos e agora, os outro 50% da dívida seriam quitados pelo Assaí. O valor negociado é de R$ 17 milhões.

   No entanto, no último dia seis de fevereiro, o Prefeito enviou à Câmara Municipal de Rondonópolis, um Projeto de Lei pedindo a preempção do imóvel para o executivo, ou seja, a Prefeitura teria prioridade na compra do prédio. O projeto foi aprovado pelos vereadores por 16 votos a dois. O motivo seria que o local serviria como sede para as secretarias que hoje não cabem na prefeitura e estão em outros imóveis alugados.

-- Sede da Amaggi que será usada por Assaí. Investimento é de R$ 45 milhões   Com isso, o presidente do Grupo Assaí, Belmiro Dias, chegou a afirmar que se a prefeitura ficasse com o imóvel, os investimentos na cidade seriam adiados. “No terreno atual, Rondonópolis faz parte dos planos de forma imediata. Se isso for mudado, vamos dar prioridade para outras cidades, para podermos refazer o projeto de Rondonópolis”, disse.

  Atualmente, o grupo Assaí possui 63 redes em todo o Brasil. Os investimentos em Rondonópolis são de R$ 45 milhões e vão gerar cerca de 500 empregos diretos e indiretos.

   Agora, Percival recuou e afirma que, após um estudo da situação, o prédio da Amaggi não vai ser um empecilho para a vinda do Grupo Assaí. A ideia era oferecer outro terreno para o Grupo, mas ele afirmou que, se for preciso, a prefeitura vai "abrir mão" do imóvel.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.