Variedades

Sexta-Feira, 22 de Março de 2013, 07h:59 | Atualizado: 22/03/2013, 11h:38

POLÊMICA

Segurança divide prefeitos; Piana ajuda e Percival culpa o Governo

Segurança divide prefeitos; Piana ajuda e Percival culpa Estado

-- Percival responsabiliza Governo do Estado  -- Piana quer reforçar segurança em PrimaveraO prefeito de Primavera do Leste Érico Piana (DEM) defende que o município precisa auxiliar o Estado no combate à criminalidade. Enquanto isso, em Rondonópolis, a situação da Secretaria de Apoio a Segurança Pública (Semasp), que tem o papel de ajudar no combate à violência, ainda está indefinida.

  A questão da segurança pública voltou a ser discutida recentemente em Rondonópolis entre vereadores, Prefeitura e Polícia Militar, mas ainda não houve uma definição para a volta ou não da secretaria. Mesmo tendo sido criada em período eleitoral e utilizada para angariar votos, a Semasp, que levou mais policiais para as ruas, conseguiu diminuir os índices de criminalidade no município.

  O comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar, major Sandro Barbosa, informou que, no período em que a Semasp ficou ativa, a criminalidade diminuiu consideravelmente na cidade. “Todos os números baixaram, tanto em relação aos crimes contra o patrimônio, trânsito, além de termos um aumento das apreensões de armas, drogas e prisões de pessoas. Agora que não estamos mais em período eleitoral, os trabalhos da Polícia Militar poderiam se intensificar ainda mais com a volta da secretaria”, disse.

  Alguns vereadores também já pediram ao prefeito Percival Muniz (PPS) que pense melhor sobre o assunto. Para o vereador Rodrigo da Zaeli (PSDB), a segurança pública é dever não somente do Estado, mas de todos. “Nós vamos lutar pela volta da secretaria de Segurança. Mas a idéia agora é mudar o formato dela e torná-la mais simples, até para tirarmos um pouco a vinculação que ela teve com a campanha eleitoral”, afirmou.

Percival declara que Ananias faz pirotecnia com Semasp
 

 -- Com Semasp, PM aponta redução da criminalidade Rodrigo destacou que os custos para o município serão reduzidos e que a secretaria seria uma parceria com a Prefeitura, na qual os policiais militares trabalhariam no período de descanso, recebendo R$ 13 por hora trabalhada e fariam serviços de responsabilidade da administração municipal, como o controle dos ambulantes, a preservação do patrimônio público, entre outras ações. “O custo para a Prefeitura será baixo, já que esses policiais são treinados para o serviço e não teríamos de capacitá-los”, explicou.

  Percival, entretanto, continua irredutível e diz que a prioridade por enquanto é outra. “Nossa prioridade agora é reorganizar a cidade e arrumar principalmente as ruas com buracos. A segurança continua sendo dever do Estado”, declarou.

    Primavera do Leste

   Enquanto isso, em Primavera do Leste, está sendo realizado o 1º Fórum Municipal de Segurança Pública e Cidadania. O evento quer discutir e apresentar propostas para o enfrentamento da criminalidade no município. A idéia de Piana é que o poder municipal também invista em mecanismos para prevenção da violência.

Percival vai "enterrar" secretaria de Segurança criada por Ananias

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Elizeu | Sexta-Feira, 22 de Março de 2013, 10h32
    0
    0

    De que adianta fazer audiencia pública sem tocar no assunto de salario da segurança pública? As audiencia é nada mais para aparecer na midia e enganar a população. Vcs acreditam que um Policial vai dar sua vida por R$ 1.700,00. Quando se fala em Ganhos não podemos comparar salaris dos Oficiais, pois quem esta nas ruas fazendo segurança para a população e inclusive para os oficiais, são os praças, alem de não ter efetivo. hoje 1 PM trabalha por 5, pois não há efetivo. O governo fala de investimento em segurança publica, inclusão de novos soldados, mas não fala quantos abandonaram a carreira e quantos ja se aposentaram.

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.