Variedades

Domingo, 09 de Fevereiro de 2014, 08h:00 | Atualizado: 09/02/2014, 08h:05

Energia

Sicme garante que setor energético não preocupa após "apagão" em MT

Reprodução

pch_1.jpg

Pequena Central Hidrelética (PCH) utilizada para o abastecimento de energia

Apesar do “apagão” ocorrido em 11 Estados na última terça (4), inclusive em Mato Grosso, o setor energético do Estado não é preocupante. Quem garante é o secretário-adjunto de Desenvolvimento de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme), Valério Golveia. “O setor vai bem, tanto que exporta energia”, explica. O secretário sustenta a informação com base nos dados de 2013, em que Mato Grosso produziu 12 mil gigawatt, destes consumiu 9 mil e exportou 3 mil. Valério, no entanto, admite que a região do Araguaia é a que mais necessita de cuidados.

Para fornecer energia ao Estado existem 158 empreendimentos, entre Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH), Central Geradora Hidrelétrica (CGH), Usinas Hidrelétricas (UHE) e Usinas Termelétricas (UTE), que produzem 2,8 milhões de kilowatt de potência. Nos próximos anos será acrescido mais 2,4 milhões de kW com a inauguração de 10 empresas do setor de energia, além de mais 16 após autorização para construção.

A Rede Cemat explica que para a compra de energia, o Governo Federal realiza leilão, para que as distribuidoras partilhem para os Estados. Esse procedimento é obrigatório depois que a legislação aprovou a nova comercialização de eletricidade. A empresa afirma também que é feito um estudo do crescimento da região a fim de saber a necessidade da compra de eletricidade. 

Os arremates de energia, segundo a Cemat, são feitos a longo prazo. Estes leilões são chamados de “menos cinco”, que significa o fornecimento de energia à determinada região daqui a 5 anos. O mesmo acontece nos leilões “menos três”. Isso faz com que os empreendimentos possam ser levantados para o abastecimento de energia. Quando existe a urgência do fornecimento são realizadas as chamadas públicas (licitação), no qual o processo é mais rápido.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Partidos com 2 ou mais pré ao Senado

margareth buzetti 400 curtinha   Dirigentes partidários estão passando apurado, nesta fase de pré-campanha, para conduzir o processo de escolha de candidatura ao Senado para a vaga de Selma Arruda, cassada por crimes eleitorais. Mesmo sabendo que as chances são remotíssimas de êxito nas urnas, alguns...

Muitos cuiabanos votam em Chapada

thelma de oliveira 400 curtinha   A ex-deputada federal Thelma de Oliveira (PSDB), que em 2016 transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para Chapada dos Guimaráes, já está trabalhando nos bastidores o projeto de reeleição. E, agindo nos bastidores e de forma estratégica, ela conseguiu um...

Câmara cassará 4º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o quarto vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.