Variedades

Segunda-Feira, 24 de Janeiro de 2011, 12h:18 | Atualizado: 24/01/2011, 18h:45

ANÁLISE

Voto ainda é moeda de troca

O jornalista Romilson Dourado comenta no RDTV desta 2ª sobre a importância do voto consciente. Segundo o jornalista, a compra de voto continua cada vez mais sofisticada e inovadora. Um exemplo é o fato de candidatos contratarem milhares de cabos eleitorais e, como moeda de troca, cobrar a votação dos familiares dessas pessoas. Ainda segundo Romilson Dourado, nenhum dos deputados eleitos, por exemplo, gastou menos de R$ 1 milhão na campanha do ano passado. Confira o comentário e dê sua opinião.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Augustus | Terça-Feira, 25 de Janeiro de 2011, 16h29
    0
    0

    Será mesmo que um candidato consegue, pelo número do título de eleitor, aferir se um eleitor votou mesmo nele? O fato de ter uma lista de eleitores, não significa compra de votos. Todo candidato precisa se relacionar com o eleitor e um cadastro é imprescindível para entabular esse relacionamento. A compra de votos existe e deve ser combatida, mas fazer uma matéria tão generalista é querer Ibope, eu penso.

  • Eduardo Manfrin | Terça-Feira, 25 de Janeiro de 2011, 16h11
    0
    0

    É por isso que se chama "Crime Organizado", afinal, qual a melhor maneira de ser eleito "lícitamente" em um país como o nosso?? Pincelando algo parecido com asfalto em ano de eleição, "doação" de combustivel, um cento de tijolhos ou bolsa família?? Hmm, acho que todos. Mas doque isso importa, afinal sempre foi assim, AINDA é, e vai ser pra sempre, SEMPRE! Não existe futuro social para o país se basearmos nossas esperanças em votos. Talvez (sim, eu escrevi "talvez") ainda exista a solidariedade, a confiança no proximo, o respeito (social, cultural, étnico), uma pontinha de justiça, o trabalho em equipe em prol de um bem maior. Mas votos.. Esqueça.

  • Maria | Terça-Feira, 25 de Janeiro de 2011, 11h11
    0
    0

    Parabéns.. Romilson meta a boca no trombone... enquanto houver esses "benditos" cabos eleitorais, essa sujeira toda nunca vai mudar... vai ser sempre isso.. Mudaaaaaaaa Mato Grosso que tem tudo p/a crescer e ser feliz

  • CARLOS | Terça-Feira, 25 de Janeiro de 2011, 09h18
    0
    0

    QUEM TEM DÚVIDA QUE OS VOTOS SÃO COMPRADOS NO MATO GROSSO! SÓ COM MUITA GRANA É QUE SE CONSEGUE SE ELEGER E É POR ISSO QUE VCS VERÃO SEMPRE OS MESMOS EM SUA GRANDE MAIORIA, POIS JÁ TEM OS ESQUEMAS COM OS GRANDES PATROCINADORES DE CAMPANHAS QUE DEPOIS TIRAM TUDO COM BONS LUCROS DOS BESTAS QUE SÃO ESTES VENDALHOES DE VOTOS. ETA POVINHO SEM VERGONHA ESTE NOSSO E O PIOR BUROOOOOOOOOOOOOOOOOOO

  • denir | Segunda-Feira, 24 de Janeiro de 2011, 23h05
    0
    0

    isso está mas que explicito em todas as campanhas eleitoriais,somente o TRE,não consegue enxegar ,pois essa bandalheira é notoria,mas par um orgão que espera que os politicos com irregularidade usufruir do mandato ,para depois cumprir com as leis eleitorais ,somente fazem somar para que tudo isso continue,equanto isso o nosso suado dinheiro sai pelo ralo , através destes politico que fazem de tudo para recuperar o investimento (?) de campanha, gostaria de saber da justiça eleitoral quando de fato vão deixar de fazer parte desta quadrilha,pois não consigo enxegar de outro modo, pois que se cala consente .

  • matilde | Segunda-Feira, 24 de Janeiro de 2011, 22h28
    0
    0

    E, quem não tem a moeda de troca nem deve entrar porque leva ferro. O povo está mal acostumado , o que nos envergonha.

Reunião pra complô desmoraliza Abílio

abilio 400 curtinha   A considerar as imagens de circuito interno de vídeo do hospital privado São Benedito, exibidas nesta quinta, durante sessão na Câmara de Cuiabá, a situação de Abílio Brunini (foto) se complica mais ainda. Investigado pela Comissão de Ética por reincidentes...

Contra mudar multas do Fundecontas

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro (foto) vetou a inclusão de um dispositivo no artigo 2º da lei de 2005 que criou o Fundo de Reaparelhamento e Modernização do TCE. Essa alteração foi aprovada pela Assembleia na sessão de 29 de outubro e, na prática, iria retirar e dar outro...

Ex-deputado quer comandar Chapada

roberto nunes 400   O ex-deputado Roberto Nunes (foto), que recebe dois vencimentos da Assembleia, um como aposentado e outro como beneficiário do extinto FAP, somando mais de R$ 30 mil mensais, está se articulando para encarar mesmo a disputa pela Prefeitura de Chapada dos Guimarães. Transferiu para lá o...

Contra regular as redes a magistrados

thiago amam 400 curtinha   O presidente da Associação Mato-Grossense de Magistrados, juiz Tiago Abreu (foto), vê com preocupação a proposta de resolução do CNJ que estabelece parâmetros quanto à utilização das redes sociais por magistrados. Enfatiza que a Amam...

Sem prefeitos, Sema cancela evento

mauren 400   Sob Mauren Lazzaretti (foto), a secretaria estadual de Meio Ambiente tinha programado um ato nesta quarta, às 16h, em sua sede, para entrega do chamado Kit Descentralização a 30 prefeitos. O governador Mauro participaria do evento. Mas os gestores não apareceram. Cinco mandaram representantes. Ao ser...

"Fogo amigo" no TCE e petição no STJ

E segue a guerra nos bastidores entre conselheiros substitutos e os titulares afastados. Os reservas que há dois anos compõem o Pleno torcem para Albano, Joaquim, Sérgio, Teis e Novelli não retornar à ativa tão cedo. E, segundo informações, dois deles têm agido de forma açodada no STJ, a quem cabe decidir pelo retorno ou não, em julgamento de um recurso na pauta para o próximo dia 18. Tentam tumultuar o processo,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.