Variedades

Sábado, 23 de Março de 2013, 20h:08 | Atualizado: 24/03/2013, 07h:29

POLÊMICA

Vuolo quebra silêncio e diz que renúncia de vice expôs Mauro

População dará a resposta para Malheiros, dispara Vuolo

-- Francisco Vuolo e João Malheiros (PR)   O secretário estadual de Logística Intermodal de Transportes Francisco Vuolo (sem partido), depois de quase três meses, rompeu o silêncio e criticou a renúncia do vice-prefeito eleito de Cuiabá João Malheiros (PR). Em sua avaliação, ele deixou Cuiabá órfã e expôs o prefeito Mauro Mendes (PSB) ao tomar a decisão de não assumir o cargo. “O João Malheiros deveria ser o braço direito do prefeito, mas preferiu renunciar. No momento certo (eleições 2014), a população dará a resposta”, acredita.

   Malheiros se tornou desafeto de Vuolo em junho do ano passado, quando na convenção do PR, deu uma rasteira no então correligionário e bancou o próprio nome como vice na chapa encabeçada por Mauro. Magoado com a manobra, Vuolo acabou aderindo à campanha do petista Lúdio Cabral e logo em seguida anunciou a desfiliação.

   Vuolo, que chegou a ser lançado pré-candidato a prefeito pelo PR, era considerado o representante natural dos republicanos na composição majoritária com PSB. Por isso, acreditando que seria candidato a vice na chapa de Mauro, se desincompatibilizou do cargo de secretário de Estado e perdeu o prazo legal para tentar a reeleição à Câmara.

   Com a rasteira de Malheiros e a derrota de Lúdio, Vuolo ficou sem cargo público durante alguns meses. Então, retornou ao secretariado do governador Silval Barbosa (PMDB) para a pasta que comandou antes da desincompatibilização.

   Antes de anunciar a renúncia, Malheiros tentou barganhar cargos e secretarias de “porteira fechada” no Paiaguás. Como Mauro não cedeu à pressão, optou pelo salário de R$ 20 mil, mais verba indenizatória de R$ 15 mil, e de gabinete na ordem de R$ 30 mil, que recebe como deputado estadual.

Renúncia de Malheiros foi 3 traições numa única pancada, avalia analista

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Filomeno | Segunda-Feira, 25 de Março de 2013, 11h48
    0
    0

    Chico Vuolo competente? Brincadeira tem hora...

  • Marcioney | Segunda-Feira, 25 de Março de 2013, 11h26
    0
    0

    2014 será o final do mundo. Riva já demarcou seu território para preparar o terreno sendo o governador eleito, pois de fato já o é. Riva manda na Assembléia, na Câmara dos vereadores, na AMM e notoriamente no governo do Silval. Malheiros se vendeu mas não foi por pouco e nem será desta vez que o caixão fechará as portas políticas para o Cuiabano esperto. A vida é essa, consciência tem preço.

  • manoel ribeiro | Domingo, 24 de Março de 2013, 17h36
    0
    0

    Pergunta que não quer calar: Mas o Malheiros tá fazendo falta? Se tá ninguém percebeu. A falta que faz o alívio encobre!

  • Dornele$ | Domingo, 24 de Março de 2013, 09h25
    0
    0

    Vocês estão por fora. Para João "Matreiro" é mais rentável ser um dos anões do Riva. O povo cuiabano que continuem a se danar!

  • Renato | Domingo, 24 de Março de 2013, 08h24
    0
    0

    ESSE MALHEIRO FEZ TUDO ISSO A MANDO DO RIVA, Para VCS VEREM QUEM É HJ O PRESIDENTE DA CÂMARA DE CUIABÁ? GENRO DO RIVA, Que SUBSTITUI O PREFEITO MAURO. CUIABANOS NUNCA MAIS MALHEIROS.

  • Gertrudes | Domingo, 24 de Março de 2013, 07h03
    0
    0

    Perguntar não ofende: o rapaz parou de bater ponto no TCE? Cla-te boca...

  • marcio | Sábado, 23 de Março de 2013, 22h10
    0
    0

    o malheiros vai dar com os burros nagua, era pra ser o vice, mas preferiu ficar na assembleia ajudando cuiaba, ajudando nada....quer mamata.....desde o governo blairo maggi só quis mamata....não ajudou nada cuiaba.

  • PEDRO | Sábado, 23 de Março de 2013, 21h48
    0
    0

    ESSE MALHEIRO SÓ ATRAPALHOU ESSE PROCESSO QUE COISA ELE O OLHO GRANDRE QUERIA 3 SECRETARIAS DE PORTEIRA FECHADA PARA CONTINUAR COMO VICE VELHACO NÉ.

  • Paulo | Sábado, 23 de Março de 2013, 21h18
    0
    0

    A situação é a seguinte: Um pé duro deu a rasteirs em dois caras com pedigree. Mas em 2014 quero ver o povo com a memória avivada e dar a rasteira nesse político de 5ª categoria que achou que deu uma tacada de mestre.

  • Cuiabano | Sábado, 23 de Março de 2013, 20h43
    0
    0

    Tá na razão o vuolo de dicar na bronca. O que malheiros fez representa a maior cagada política já vista nesta terra que chamamos de cuiabá. Passarão anos, e o palácio alencastro não verá um descaso absurdo com a população cuiabana como esse fato pregresso.

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.