Cidades

Quarta-Feira, 29 de Maio de 2019, 14h:59 | Atualizado: 29/05/2019, 20h:59

Educação

Casal de professores registra BO por não concordar com greve e protesta veja vídeo

Reprodução

Professora Rejane Maziero Orlando Andrade em escola no bairro Santa Amália

Professora Rejane Maziero Orlando Andrade. em escola no bairro Santa Amália, protesta

O casal de professores Rejane Maziero Orlando Andrade e Reginaldo Ferreira de Andrade registrou boletim de ocorrência por não concordar com a greve da rede estadual de educação e não conseguir entrar na Escola Estadual Marcelina de Campos, localizado no bairro Santa Amália, em Cuiabá.

Segundo os boletins de ocorrência, os professores não conseguiram entrar na escola para bater o ponto e trabalhar. O portão tinha sido fechado pela direção da escola. Os dois são casados e procuraram a Polícia Civil nesta segunda (27).

O casal chegou a fazer uma pequena manifestação na frente da escola em que trabalha, ao lado de alguns estudantes.

Pelas redes sociais, os dois tem se manifestado contra o movimento grevista. Alguns alunos da unidade, todos menores de idade,  também participaram do ato comandado pelos professores.

Rejane, Reginaldo e alunos fixaram alguns cartazes no portão em que pede respeito aos que não apoiam a greve, mas quase todos foram retirados nesta terça (28). Eles também fizeram um passeio pelo bairro para colher assinaturas contra o fechamento da escola.

Em vídeo, Rejane afirma que irão todos os dias na escola a espera que o portão se abra para trabalhar, enquanto a greve perdurar.

Nas redes sociais, Rejane e Reginaldo demostram que são ativistas. Nos perfis, há postagens sobre o ex-ministro da Educação Ricardo Véllez Rodriguez, demitido após uma série de polêmicas, e vários comentários contra o movimento grevista dos professores. 

Postar um novo comentário

Comentários (26)

  • cleiton rodolfo leite | Terça-Feira, 04 de Junho de 2019, 14h28
    0
    0

    quando conquistarem o aumento, em decorrência da luta dos coletas, tenham ética e vão na secretaria de educação pedir para que seja deduzidos dos vossos salários, porque além de não merecerem ainda foram contra! não estão cobrando ética? então deem exemplo.

  • alberto | Segunda-Feira, 03 de Junho de 2019, 11h58
    1
    0

    Professores pelegos , ainda está coagido os alunos menores de idade. Art 232 do ECA. Art. 232. Submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento. Vamos denunciar no M.P.

  • Ana | Domingo, 02 de Junho de 2019, 20h15
    0
    0

    Caraca Pedro Paulo, salário de 6.000,00, aqui em São Paulo tenho 25 anos de trabalho e recebo 3.000,00

  • Pedro | Domingo, 02 de Junho de 2019, 13h16
    1
    0

    Digite o texto aquiNo meu tempo isto era chamado de peleguismo. Vergonha por ter colegas deste jeito

  • Stella maris Amaral e silva | Domingo, 02 de Junho de 2019, 11h12
    1
    1

    Não esqueça de abrir mão dos direitos que conquistamos, tá?

  • Ademir | Domingo, 02 de Junho de 2019, 09h09
    3
    1

    Esse casal deveria rever sua postura de educadores: a escola não pode funcionar em partes! Ou funciona inteira ou não funciona! Eles não têm noção de coletividade e pelo visto carecem de ética profissional!

  • Vanessa Cristina de Miranda | Sábado, 01 de Junho de 2019, 17h29
    4
    1

    Honestamente, acho que cada um tem que lutar por aquilo que acredita. Por isso gostaria que a reforma da previdência fosse só para esses que acreditam.

  • Marilza | Sábado, 01 de Junho de 2019, 13h30
    9
    2

    Sugiro que passem na assessoria pedagógica do município e assinem um termo desistindo da RGA e da Lei 510/2013 para que esses reajustes sejam doados para escola na qual vocês trabalham! Vocês não são dignos de recebê-los!

  • Everaldo | Sábado, 01 de Junho de 2019, 13h17
    10
    1

    Que vergonha. Ainda bem que eu não pertenço a essa classe. Lutando contra os colegas? Precisa ter vergonha.

  • Carmelita Alves | Sábado, 01 de Junho de 2019, 12h22
    14
    1

    Deviam ter era vergonha de não ter consciência de classe, ficar defendendo esse governo ordinário e contra quem defende seus direitos inclusive os deles

Matéria(s) relacionada(s):

Fatura por média e multa à Energisa

thiago 400 ager curtinha   Após fiscalização no 2º semestre do ano passado, a Ager-MT multou em R$ 14,4 milhões a Energisa. Descobriu-se irregularidades na área comercial da concessionária de energia. Thiago Bernardes (foto), coordenador Regulador de Energia da Agência, explica que, no trabalho...

PS-VG e revolta por falta de médicos

marcondes curtinha 400   Principal calcanhar de Aquiles do 2º maior município do Estado, que registra hoje cerca de 200 mil habitantes, o Pronto Socorro de Várzea Grande não está recebendo pacientes ortopédicos e nem ginecológicos em sua porta de entrada. É que a unidade não tem...

Emanuel, feitos, paletó e a reeleição

emanuel pinheiro 400 curtinha   O núcleo de apoio estratégico do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) está empolgado com resultado de pesquisas realizadas tanto para avaliar como está indo a administração da Capital, pontuando pontos fracos e fortes, quanto sobre se há chance ou não de...

Deputada critica Bruno no Operário-VG

janaina riva 400 curtinha   Acostumada a enfrentar temas polêmicos, dentro e fora da seara política, Janaína Riva foi a única parlamentar a se manifestar publicamente sobre a decisão do Operário de Várzea Grande de contratar o goleiro Bruno, condenado a 20 anos por matar e ocultar o corpo da...

Espólio político de Selma que não virá

otaviano pivetta 400 curtinha   O vice-governador e pré-candidato ao Senado, Otaviano Pivetta (foto), tem encampado um equivocado entusiasmo sobre possível espólio político de Selma Arruda. Mas a tendência, se insistir nessa tese, é de amargar uma tremenda frustração. Pivetta tem dito aos...

Beto decide em maio quem vai apoiar

beto farias 400 curtinha   O prefeito barra-garcense e empresário Beto Farias (foto), que conclui neste ano o segundo mandato consecutivo, não sabe ainda quem apoiar à sucessão municipal. E só tomará uma decisão em maio, já faltando dois meses para as convenções. Até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.