Coronavírus

Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020, 18h:16 | Atualizado: 26/10/2020, 18h:28

LÚDIO PREVÊ

Atos de campanha podem trazer explosão de casos de Covid em MT, alerta deputado

Divulgação

Teste da Covid - saliva

As campanhas eleitorais para prefeito e vereador podem fazer "explodir" o número de casos de Covid-19 (a doença causada pelo coronavírus) na próximas semanas. A análise é do deputado estaudal e médico sanitarista Lúdio Cabral (PT). Com base nos dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES), ele observa, apesar da queda no número de mortes, aumento nas taxas de contágio e de novos casos no Estado.

Foram 4.460 novos casos de Covid na semana epidemiológica 43, entre 18 e 24 de outubro. Na semana anterior, Mato Grosso havia registrado 3.930 novos casos. “Os dados das duas últimas semanas lançam um alerta. Houve aumento de 18% no número de casos novos de Covid-19 notificados em Mato Grosso na última semana", analisa.

De acordo com Lúdio, a curva epidêmica reflete fatos ocorridos duas semanas antes. "Esse aumento coincide com o início da movimentação visando às eleições. Me preocupa a influência que as campanhas eleitorais possam ter nesse aumento", pontua.

Se os cuidados não forem tomados, pode haver uma explosão do número de casos de covid em função das campanhas eleitorais

Por outro lado, o número de mortes, também da semana epidemiológica 43, é a menor desde o início de junho. Foram 70 óbitos neste período de sete dias. Na 23º semana epidemiológica (entre 31 de maio e 6 de junho), foram 43 vítimas fatais da Covid-19. Dessa semana em diante, começa a explosão de infectados e mortes no Estado, conforme publicação (veja abaixo).

Os dados da semana epidemiológica em curso permitirão analisar o comportamento e a tendência da curva epidêmica. “Vou avaliar se o crescimento persiste. Então saberemos se esse aumento não tem significância estatística ou se é uma retomada da subida da taxa de contágio. E, se o aumento persistir, reforça a hipótese da relação com as campanhas eleitorais”, explicou Lúdio.

Se a tendência de aumento for confirmada na próxima semana, Lúdio vai requerer ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) a adoção de normas rigorosas de biossegurança para que as campanhas não sejam fator de propagação e disseminação do novo coronavírus. Ele reforçou a importância de manter os cuidados preventivos, como higiene das mãos com água e sabão ou álcool em gel, uso de máscaras e distanciamento, evitando aglomerações e ambientes fechados sem circulação de ar externo.

“Se os cuidados não forem tomados, pode haver uma explosão do número de casos de covid em função das campanhas eleitorais. Os candidatos precisam evitar aglomeração. Quem aglomera, além de dar mal exemplo, ainda propaga o vírus”, alertou Lúdio.

Ele destacou, ainda, que os números da pandemia continuam altos em Mato Grosso: mais de 250 pessoas seguem internadas em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e cerca de 600 novos casos da doença são registrados todos os dias. (Com assessoria)

Veja levantamento:

PageFlips: Dados SEMANA EPIDEMIOLOGICA 43 18/10/2020 a 2

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • JUSTO VERISSÍMO | Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020, 23h56
    0
    0

    Agora ja na reta final de campanha que esse deputado petista vem dar essa sugestão, porque nao deu essa sugestão no começo de campanha, nao era nem para twr eleições este ano.

  • marta | Terça-Feira, 27 de Outubro de 2020, 08h05
    0
    1

    tem um supermercado da --elite--na miguel sutil, que ja abriu ontem a sua segunda porta, preocupante, ta tudo liberado, por interesses politicos,

  • Gutemberg Abreu | Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020, 19h41
    3
    1

    concordo plenamente com o deputado, se não forem tomadas medidas de biossegurança, pode haver aumento sigficativo dos casos, aqui em Alto Garças o prefeito e candidato a reeleição ,Claudinei Singolano proibiu comícios, carreata e afins e o candidato de oposição quer derrubar o decreto e relaxar as medidas, a justiça eleitoral precisa estar atenta às medidas adotadas.

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...