PARTIDO

Sexta-Feira, 31 de Janeiro de 2020, 16h:03 | Atualizado: 01/02/2020, 08h:50

SEGUNDA MAIOR SIGLA

Com Barbudo fora da presidência desde dezembro, PSL continua sem comando

JLSiqueira

Nelson Barbudo

Deputado Nelson Barbudo durante audiência pública na AL; federal deixou comando do PSL e espera criação de sigla

O deputado federal Nelson Barbudo deixou a presidência da Comissão Provisória do PSL em  Mato Grosso. Entretanto, refuta os boatos que foi expulso do cargo pela direção nacional do partido.

Em nota, Barbudo esclarece que não houve expulsão ou destituição da direção partidária. Ocorre que o prazo de seis meses de vigência da Comissão Provisória, venceu em 31 de dezembro, em Mato Grosso e diversos estados da federação.

 O Diretório Nacional do PSL promete fazer nomeação de novos dirigentes, mantendo a atual composição ou não, em breve. No entanto, as indefinições sobre os filiados que pretendem migrar para o Aliança pelo Brasil, novo partido conservador e de direita lançado pelo próprio presidente da República Jair Bolsonaro, o que inclui Barbudo e outros dirigentes da sigla, está adiando o processo.

“A situação é natural no processo democrático partidário. Por este motivo, rechaçamos as especulações aventadas nesta quarta. Por fim, Nelson Barbudo se coloca à disposição do partido para qualquer que seja a decisão”, diz a nota divulgada pelo parlamentar.

Aliança pelo Brasil

Enquanto o PSL mato-grossense segue sem comando, o Aliança pelo Brasil começa a se articular no Estado. O ativista Rafael Yonekubo, do movimento Direita MT, se desfiliou da sigla e pediu demissão da assessoria do deputado estadual Sílvio Fávero (PSL), para organizar os eventos do novo partido de Bolsonaro em Mato Grosso.

No próximo dia 09 de fevereiro, os apoiadores do Aliança pelo Brasil se reúnem no Hotel Fazenda Mato Grosso, a partir das 9h. E em 14 de fevereiro, a militância receberá em Cuiabá o vice-presidente nacional Luís Felipe Belmonte.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Prefeito de Sapezal e aditivo com 15%

valdecir casagrande 400 curtinha sapezal prefeito   O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande (foto), autorizou o quarto aditivo de um contrato sem licitação, firmado em 2019 entre o município e a Casa de Saúde Santa Marcelina. Chamam atenção o valor e o aumento. A continuidade do atendimento aos...

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

Sob recall e apoiamento de Bolsonaro

roberto franca 400 curtinha   Mesmo isolado e sem grupo político da época em que foi prefeito por duas vezes, Roberto França (foto), filiado ao nanico Patriota, não desiste da pré-candidatura em Cuiabá. E há um motivo forte que o deixa empolgado. Seu nome vem se consolidando como o segundo nas...

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.